Funcionários do Hospital São João de Deus entram em greve

0
Segundo o presidente do Sintasa, durante a greve 30% dos funcionários continuarão trabalhando no atendimento da urgência (Foto: Ascom-HMSJD)

Os funcionários do Hospital e Maternidade São João de Deus, que fica o município de Laranjeiras, continuam sem receber o pagamento referente ao mês de março. A situação gerou uma paralisação no último dia 15 e, de acordo com o presidente do Sindicato de Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa), Augusto Couto, parte dos servidores entram em greve a partir de amanhã.

Augusto afirma que, segundo a gestão administrativa do hospital, todos os documentos necessários para o repasse do pagamento estão regularizados, mas que a prefeitura justifica o atraso com a pendência na documentação. O líder do sindicato reforça que tem enviado ofícios frequentemente para conseguir uma reunião com o prefeito mas que, devido à falta do retorno, continua fazendo a solicitação.

De acordo com a assessoria do hospital o Termo de Ajustamento de Conduta foi assinado no dia 22 de novembro de 2018 no Ministério Público Estadual de Laranjeiras e ficou estabelecido que a prefeitura deve quitar o pagamento dos funcionários até o dia 10 de cada mês com o valor mensal pelos serviços do mês anterior. Além da falta do pagamento do mês de março, a assessoria acrescenta ainda que não é a primeira vez que a Prefeitura de Laranjeiras descumpre um TAC firmado pelo MPE.

Já a assessoria de comunicação de Laranjeiras informa que na última quarta-feira, 17, a associação beneficente que administra o hospital entregou a documentação exigida e que assim que a Secretária da Saúde efetuou a análise informou que haviam documentos pendentes. Devido à pendência, mesmo com o prefeito tendo autorizado o pagamento, o valor só pode ser liberado com a entrega da documentação completa, assim como ficou estabelecido no TAC. Ainda segundo a assessoria, os documentos pendentes são notas fiscais pagas com o recurso recebido pela prefeitura e a confirmação do pagamento do INSS, referentes ao mês de fevereiro de 2019.

Sobre a comunicação entre a prefeitura e os funcionários do hospital, a assessoria de Laranjeiras afirma que amanhã, 23, será realizada uma reunião entre o prefeito e a direção da associação para solucionar a situação.

por Juliana Melo
Com informações da Ascom/HMSJD

Comentários