INSS/SE vai precisar de seis meses para regularizar fila da perícia

0
INSS tem capacidade de realizar até 126 perícias médicas por dia (Foto: Portal Infonet)

A procura pelo serviço de agendamento das perícias médicas nas duas agências do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) em Aracaju, que era pequena até a semana passada, voltou ao normal. De acordo com a gerência do INSS em Sergipe, as agendas diárias dos médicos peritos estão tendo todas as vagas preenchidas. A demanda reprimida de perícias médicas no Estado só deverá ser normalizada daqui a seis meses.

Raimundo Britto, gerente executivo do INSS em Sergipe, explica que cada médico perito tem a capacidade de atender até 14 pacientes por dia, o que totaliza uma média diária de 126 perícias médicas nas duas agências de Aracaju. “Temos seis médicos na agência Siqueira Campos e três na Ivo do Prado. cada médico perito atende de 12 a 14 pessoas por dia. Os agendamentos estão normais com agenda lotada todos os dias”, afirma.

Por conta da pandemia do Covid-19, que deixou as agências do INSS com atendimento suspenso por quase seis meses, cerca de 24 mil pessoas aguardam em Sergipe por uma perícia médica. De acordo com a gerência do INSS, desde que as perícias foram retomadas, no final de setembro, 900 perícias já foram realizadas.

Em Sergipe, 23 médicos peritos atuam nas duas agências do INSS em Aracaju, mas, por conta da pandemia, apenas nove médicos peritos estão aptos a realizar os atendimentos presenciais nas duas unidades.

“Com o retorno do atendimento presencial nas agências, nove peritos retornaram ao trabalho. Um médico perito está de licença médica, não sei quando retorna ao trabalho, e os demais se enquadram no grupo de risco. Então, só poderão voltar a atender quando saírem do grupo de risco ou quando acabar a pandemia”, explica.

Por Karla Pinheiro

Comentários