Julho Laranja alerta sobre os cuidados com a saúde bucal das crianças

0
O objetivo da campanha é conscientizar a população para a necessidade de cuidar da saúde bucal desde criança  (Foto: Pixabay)

Julho é um mês dedicado a informar e sensibilizar a população para a necessidade de cuidados precoces e prevenção com a saúde bucal das crianças. Pesquisa realizada no Brasil aponta que 85% das crianças apresentam alterações oclusais (da mordida), problemas que poderiam ser evitados ou sanadas através de uma simples consulta com o ortodontista.

A campanha Julho Laranja de 2021 vem com tema “Cuidados precoces, sorrisos para toda a vida”, e a ideia da campanha é criar a consciência na população que a saúde bucal, assim como a saúde de modo geral, deve ser preventiva.

“Há aquela ideia errada de que as pessoas só devem começar a ir ao dentista quando estão com todos os dentes permanentes na boca. Mas na verdade o ideal é começar esse acompanhamento aos cinco anos de idade de maneira preventiva. Na primeira consulta o profissional é capaz de fazer uma investigação e identificar várias situações, que podem ser sanadas ou evitadas precocemente, evitando assim problemas futuros”, explica a ortodontista Luciana Leão.

Especialista explica que os consultas periódicas devem começar aos cinco anos (Foto: arquivo pessoal)

A especialista lembra que o principal objetivo da campanha é oferecer qualidade de vida as crianças. “Quando se detecta precocemente um problema, o tratamento é mais barato e mais eficaz, e evita problemas futuros, a exemplo de extrações, uso de aparelhos e até intervenções cirúrgicas. Através de uma consulta de rotina, muitas situações podem ser detectadas, por isso, a importância de entender que a ida periódica ao dentista é tão essencial como ir a qualquer outra especialidade médica”, afirma.

Cuidados

Luciana explica que os cuidados com a saúde bucal devem começar ainda durante a gestação. “As gestantes precisam procurar um odonto pediatra para ser orientada sobre a amamentação, hábitos saudáveis, a higiene bucal do bebê, e desde cedo a criança começar a ter esse acompanhamento, é estabelecida uma relação de confiança com o dentista e inclusive, não se cria esse medo de dentista que é muito comum entre as crianças”, aponta.

Ao contrário do que muitos pais e crianças pensam, a escovação dos dentes não deve acontecer apenas três vezes ao dia. “Essa escovação deve ser adequada a rotina alimentar da criança e a higiene deve ser feita todas as vezes que alimentos forem ingeridos. A escovação, uso de fio dental, mesmo em dentes de leite, e creme dental com flúor devem fazer parte da rotina de cuidados. Para as crianças que ainda não sabem cuspir, deve ser utilizada uma pequena quantidade de creme dental e o restante pode ser removido com a gaze”, orienta.

Por Karla Pinheiro

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais