Mães e profissionais debatem a importância da amamentação em Aracaju

0
Mães e profissionais da saúde debatem a amamentação na SMS (Foto: Portal Infonet)

Dando prosseguimento às atividades do Agosto Dourado, mês alusivo à importância do aleitamento materno, a Secretaria da Saúde de Aracaju promove na manhã desta sexta-feira, 9, o 5º Fórum Perinatal de Aracaju. O evento carrega o tema “Empoderar mães e pais – Favorecer a Amamentação”.

Ana Elisabete atua como responsável técnica do Programa da Criança. (Foto: Portal Infonet)

A responsável técnica do Programa da Criança, Ana Elisabete, ressalta que o mês de agosto possui uma agenda intensa em torno do assunto, mas que a relevância do tema deve ser tratada diariamente pela sociedade. “O agosto dourado é um mês em que intensificamos nossas ações. Para este ano, escolhemos o tema empoderamento porque entendemos que, a mãe, o pai e a sociedade se atentando à importância do aleitamento materno, quem ganhará é a criança.”, explica.

Segundo Ana Elisabete, a amamentação fortalece o vínculo familiar, além de ser responsável por transmitir vacinas naturais para a criança. “O leite materno transfere nutrientes e imunidade passiva. A criança ganha vacinas que não poderá receber nos primeiros meses de vida, já que parte delas só pode ser aplicada a partir do primeiro ano”, argumenta.

Kamila Mendonça foi mãe aos 29 anos de idade. (Foto: Portal Infonet)

Kamila de Mendonça, 30, se tornou mãe há um ano e conta que passou por um período turbulento durante o aleitamento. “Antes do filho nascer a gente idealiza um monte de coisa, pensa que vai ser tudo como se dá na teoria, mas, na prática, é muito diferente. Tive ferimentos no mamilo e mastite, que é um acúmulo de leite nos seios. Cheguei a ter calafrios e muita dor”, diz.

Durante o período, Kamila precisou contratar uma consultora de amamentação que a auxiliou no processo para evitar que a alimentação do filho não fosse alterada. “Ela me ajudava fazendo a ordenha, desempedrava o peito com massagem manual e eu conseguia colocá-lo para mamar de novo.”, explica Kamila.

A programação segue com palestras e eventos durante todo o mês. Ainda nesta sexta haverá debates em torno de dados nacionais, além das falas de mães, que trarão suas experiências acerca da fase de aleitamento.

por Daniel Rezende

Comentários