Primeira suspeita de coronavírus é investigada em Aracaju

0

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) confirmou a internação de uma mulher de 37 anos, que figura como suspeita do primeiro caso de coronavírus em Sergipe. Ela está internada em um hospital particular de Aracaju desde a manhã desta quinta-feira, 27, quando a SMS foi notificada do caso.

A informação da secretaria é  que a paciente chegou de viagem da Itália há oito dias e que há três dias iniciou um quadro sintomático de gripe, apresentando febre e tosse.  Para a confirmação da doença serão necessários testes específicos. Uma amostra será encaminhada para o Lacen e outra pra o Instituto Adolfo Lutz, em SP, para fazer o teste do reagente ao coronavírus.

Além dessa mulher, a SMS está monitorando  oito pessoas de três famílias diferentes que residiam na China e retornaram a Aracaju no início do mês de fevereiro. Elas não são tratadas como suspeitas de contrair o coronavírus, mas a monitoria existe com o intuito de descartar a hipótese de transmissão da doença em solo sergipano.

Dicas do Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde indica alguns procedimentos para que ajudem a proliferar a doença:

Higienize as mãos – Lave suas mãos frequentemente com água e sabão ou com uma solução de álcool em gel.

Mantenha distância social – Mantenha pelo menos um metro de distância de pessoas que apresentam tosse ou espirros constantes.

Evite tocar os olhos, o nariz e a boca –Evite coçar, esfregar ou ter qualquer tipo de contato com as mucosas. Essas áreas têm contato direto com a corrente sanguínea e são mais sensíveis à presença de agentes de contaminação

Pratique higiene respiratória – Isso significa cobrir a boca e o nariz com o braço curvado ou com um lenço de tecido ou papel ao tossir e espirrar. Descarte ou higienize o material usado imediatamente.

Febre –Em caso de febre ou dificuldade respiratória, busque ajuda médica rapidamente. Não saia de casa se estiver com febre. Se os sintomas persistirem e, caso haja dificuldade respiratória, busque atenção especializada imediatamente.

Uso de máscaras –Pessoas saudáveis, sem sintomas como febre, tosse ou espirros não precisam usar máscaras

por Raquel Almeida

Comentários