UFS inicia testes rápidos em drive thru para servidores públicos

0
Foto: Josafá Neto

A Universidade Federal de Sergipe (UFS) iniciou nesta segunda-feira, 01, no campus São Cristovão, a segunda etapa do projeto de testes rápidos de anticorpos do novo coronavírus. Sessenta profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) realizaram o teste sorológico. O intuito dessa nova fase é testar cerca de dois mil trabalhadores de serviços públicos considerados essenciais, com a realização das testagens no sistema drive thru até o final de junho.

Na área da saúde, a força-tarefa de alunos, professores e técnicos da universidade também realizará os testes rápidos da covid-19 em profissionais da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes e seis hospitais da rede pública do estado: Hospital de Urgência de Sergipe, Hospital Universitário de Aracaju, Hospital Universitário de Lagarto, Hospital Regional de Itabaiana, Hospital Regional de Estância e Hospital de Cirurgia.

Já na área da segurança pública, a ação será voltada para identificar a prevalência da doença em policiais e bombeiros militares, policiais civis, guardas municipais e agentes de trânsito. Haverá também a testagem de profissionais do setor de limpeza urbana.

O coordenador do Laboratório de Bioquímica Clínica da UFS, professor Lysandro Borges, lidera o projeto de testagem e explica que o teste sorológico não detecta o coronavírus, mas sim os anticorpos que a pessoa produz ao ter contato com o vírus.

“O diagnóstico só é feito pelo médico com mais exames adicionais. Nosso inquérito é um inquérito de soroprevalência. Estamos tentando identificar o anticorpo IgG e IgM para SARS-COV-2. E não necessariamente o paciente que tem essa sorologia, tem que ser investigado a presença do vírus com métodos, como a biologia molecular, o RT-PCR, que é o método padrão ouro. E com o médico chegar ao diagnóstico”, ressalta.

por Juliana Melo e

Com informações da Universidade Federal de Sergipe 

Comentários