Vacinação contra Covid-19: idosos acamados devem se cadastrar na UBS

0
Idosos acamados, contemplados na 2ª fase da vacinação, devem se cadastrar na UBS (Foto: André Moreira)

Antes mesmo da pandemia por conta do coronavírus, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), já realizava atendimento domiciliar aos usuários idosos acamados, mediante cadastro realizado junto à Unidade Básica de Saúde à qual esse usuário é vinculado. Com o início da campanha de imunização contra a covid-19, na capital sergipana, que categoriza a população por grupos prioritários, o público de idosos acamados também está incluído nas próximas fases.

De acordo com o Plano Municipal de Imunização contra a covid-19, logo após a primeira fase, ainda em vigência, na segunda fase serão vacinados idosos a partir de 60 anos e pessoas acamadas nessa mesma faixa etária. Entretanto, para que essas pessoas idosas que se encontram acamadas sejam imunizadas, é necessário cadastramento prévio junto ao Sistema Único de Saúde.

“Já realizamos esse serviço para idosos acamados, fornecendo insumos através da Equipe de Saúde da Família. São usuários que não têm condições de saúde para se deslocar até a Unidade Básica, e a ideia do cadastro é de que todas essas pessoas, mesmo as que não usam a UBS para receber insumos, estejam cadastradas na Unidade Básica, para que no momento em que a vacinação desse grupo for iniciada, já se tenha essas informações junto à UBS”, explica a coordenadora do Serviço Social da Rede de Atenção Primária da SMS, Sindaya Belfort.

Para cadastrar um idoso acamado, o familiar ou responsável por ele deve se dirigir à Unidade Básica de Saúde de referência apresentando um documento de identificação com foto e CPF, e um comprovante de residência do acamado. São considerados comprovantes de faturas de água, energia ou internet fixa em nome do usuário acamado ou seu responsável legal.

Após o cadastramento, cada Unidade Básica de Saúde traça sua logística para a realização dos atendimentos domiciliares. No caso das campanhas de vacinação, incluindo a imunização contra a covid-19, planeja-se que cada UBS seja responsável por organizar o cronograma de imunização, assim que a fase desse grupo prioritário iniciar.

O idoso acamado cadastrado na unidade tem acesso à equipe multidisciplinar que acompanha todos residentes no território que apresentam essa condição de saúde. “Nesse momento, muitas pessoas podem realizar o cadastro pensando na vacina, sem a intenção de utilizar outro serviço da Unidade. Mas se a partir do cadastro, o familiar ou responsável desejar algum outro acompanhamento da UBS, ele também já pode sinalizar para a equipe de Saúde da Família, para ser avaliado”, ressalta a coordenadora.

Sindaya salienta que esse vínculo com a UBS é essencial para que o cidadão receba não apenas a vacina contra a covid-19, mas tenha acesso às demais campanhas de imunização, bem como todos os serviços ofertados pelo SUS, em Aracaju.

“O cadastro dá a garantia de que o acompanhamento, enquanto Atenção Primária, pode ser feito pela equipe multidisciplinar que está na Unidade de Saúde. Fazendo o cadastro, ele não terá acesso apenas à vacinação de covid, mas a todas as outras ofertas da Rede de Atenção Primária (Reap)”, reforça.

Fonte: AAN 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais