Divulgado resultado do chamamento para credenciamento de oficineiros

0
O edital é um programa de formação que lança luz sobre a Escola de Artes Valdice Teles (Foto: divulgação)

O resultado do edital de ‘Chamamento para Credenciamento de Oficineiros’ foi divulgado nesta segunda-feira, 17, e está disponível no Mapa Cultural de Aracaju . O edital é mais uma etapa da política da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju) que busca cada vez mais fomentar as atividades artísticas e culturais no município.

“É um momento muito importante para a Fundação em promover atividades de formação artística e cultural na nossa cidade. Mas, como o edital deixa bem claro, o fato destas propostas estarem habilitadas, não necessariamente quer dizer que serão contratadas, vai depender das nossas disponibilidades orçamentárias e do interesse dessas comunidades em receber essas linguagens”, explicou o diretor de Arte e Cultura da Funcaju, Nino Karvan.
O edital é um programa de formação que lança luz sobre a Escola de Artes Valdice Teles, com intuito de ampliar as atividades artísticas e culturais para as novas unidades dos bairros Olaria e 17 de Março.
HABILITADOS
Artes Visuais:
Eduardo Fabião – Paisagismo Sergipano;
Davi de Souza Cavalcanti – Fotografia Mobile;
Fábio Campos Salmeron – Que documentário é esse? O olhar e a escrita audiovisual no documentário;
Fernando Barbosa Oliveira Correia – Grafando Espaço: Fotografia descomplicada;
Igor Leonardo de Oliveira; Chiara Menezes Donadio – A arte de recriar a natureza em espaços urbanos;
Pablo Hagenbeck Carranza – Quadrinhos e auto publicação;
Ravi Aynore Andrade Leão – Capacitação e inserção em comerciais de TV.
Circo:
Kassem Afif Aboul Hosn – Palhaçaria e Comicidade.
Cultura Tradicional:
Daniela Macedo Lima – Maracatu e Samba Reggae.
Dança:
Alef da Trindade – Alegria de Dançar Breaking;
Ariane Passos – Dance quebrada;
Vanessa Carranza – Meu corpo minha expressão no mundo.
Elaboração de Projetos:
Lailla Nayara Alves de Brito Soares – Projetos Culturais.
Hip-Hop:
Anderson Cleiton Passos – Unir-versos (DJ);
Luis César Brito Santos – Unir-versos (RIMA/MC);
Paulo Cesar Ferreira de Andrade – Proposta de dança.
Literatura:
Amanda Nascimento Reis – Poesia de Mascates: a vida em versos;
Fábio Salmeron – Escrita criativa e literatura reflexiva;
Francisco Passos Santos – Oficina de Literatura de Cordel.
Multimídia:
Nilton Alex Fernandes Ribeiro – Fotografia e Edição de Vídeo.
Música:
Jorge Roberto dos Santos – Oficina de violão;
Teatro:
Amadeu Neto – Iniciação Teatral;
Bruno Dyego de Lima – Criatividade e improviso teatral;
Luan Vinícius Carvalho de Almeida – Corpo e voz para o teatro essencial;
Maria Tereza Xavier Ferreira – Teatro;
Mirna Rolim Oliveira – Contar histórias deixar-se ser em palavras;
Tinho Torquato – Teatro livre;
Tinho Torquato – Teatro Funcional;
Wellington Gomes – Articulando um novo ser;
Técnicas Manuais:
João Lucas da Silva Lisboa – Oficina de Palha de Coqueiro;
João Lucas da Silva Lisboa – Oficina de Reciclagem de jornal.

 

Fonte: AAN  

Comentários