Emsurb retira ambulantes da área externa do Huse

0
Ambulantes tiveram que deixar a área externa do Huse (Foto: Portal Infonet)

Os ambulantes que ocupavam a área externa do Hospital de Urgências de Sergipe (Huse), no bairro Capucho, em Aracaju, foram obrigados pela Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) a deixar o local na manhã desta terça-feira, 21.

Um funcionário do Huse, que preferiu não se identificar, contou que a operação de retirada dos ambulantes ocorreu nas primeiras horas da manhã, com a presença da Guarda Municipal e da Polícia Militar. De acordo com ele, a medida não agradou a funcionários, paciente e visitantes do hospital, já que para comprar alimentos ou bebidas, será preciso se deslocar até a Rodoviária Nova ou o Terminal da Zona Oeste.

O chefe da Procuradoria Jurídica da Emsurb, Cauê Rezende, explicou que os ambulantes já haviam sido retirados do local no mês de abril, mas que foi necessária uma operação para remoção daqueles que retornaram e insistiram em atuar de maneira irregular. Ele explicou que a atividade não é permitida porque a área é uma calçada e não tem as condições de higiene adequadas.

Cauê esclareceu também que a retirada dos ambulantes não viola a liminar que permitiu a permanência deles em frente ao Huse. “A liminar dizia que eles não poderiam ser retirados até a finalização do processo administrativo, que é a resposta da Emsurb dizendo se eles poderiam ou não ficar lá. Nós finalizamos o processo e todos foram notificados da proibição da venda naquele local”, detalha.

A orientação da Emsurb é  que os ambulantes se cadastrem junto ao órgão para que sejam remanejados em outros espaços de Aracaju. 

A polêmica relacionada à retirada dos ambulantes das imediações do Huse se arrasta desde agosto de 2017. De lá pra cá, a Emsurb também retirou ambulantes da área lateral do Ipesaude e fez mudanças na área dos mercados. Essas alterações também deixaram os ambulantes insatisfeitos.

por Verlane Estácio

 

 

 

Comentários