Triplo homicídio: quatro suspeitos morrem em confronto com policiais

0
Quatro suspeitos morreram durante a operação (Foto: Grupo WhatsApp JP&Ana)

Uma operação realizada pela polícia durante toda esta segunda-feira,16, em Cristinápolis, resultou em três prisões e quatro pessoas mortas em confronto com a polícia. Todos são acusados de envolvimento no triplo homicídio registrado no último fim de semana.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE), informações anônimas repassadas para a polícia davam conta de que homens envolvidos com o triplo homicídio estariam escondidos em um matagal no bairro Manoel Jardim. Foram feitas várias incursões por policiais da Força Tática e do Companhia Integrada de Operações em Área de Caatinga (Ciopac).

Ainda segundo a SSP, foram visualizados quatro homens na região, que reagiram ao receber voz de prisão. Houve intensa troca de tiros. Todos foram conduzidos para o hospital, mas morreram. Segundo a PM, todos fazem parte de uma organização criminosa com forte atuação em Cristinápolis. A briga entre os grupos têm como foco a disputa pelo território do tráfico de drogas na cidade.

Prisões

A polícia teve informações que um quinto homem, identificado como Kel, que estaria no Hospital logo após a ocorrência do triplo homicídio. Ele foi identificado pelos policiais e está custodiado, à disposição da polícia. No período da manhã de hoje, também foram presos Lucas Pinheiro, Alessandro Pinheiro e Queila Sales da Silva.

Os policiais permanecem na operação realizando novas diligências. O coronel Fábio Rolemberg, comandante do policiamento do interior da PM, concederá informações para a imprensa às 9h desta terça-feira (17), na sede do Quartel do Comando Geral (QCG).

Com informações da SSP/SE

Comentários