A relutância de João

0

Embora diga publicamente que se for convocado pelos aliados disputará a Prefeitura de Aracaju em 2012, o ex-governador João Alves Filho (DEM) tem ponderado dentro do partido que para enfrentar o desafio precisa antes saber se o Executivo aracajuano é auto-suficiente. Ele argumenta que se a Prefeitura não tiver condições de andar com as próprias pernas, a sua candidatura poderia ser um tiro no pé. João sabe que, no caso de ser eleito, não encontrará boa vontade do governador Marcelo Déda (PT) e da presidente Dilma Rousseff (PT) para a sua administração. Isso significa passar pelo menos dois anos a pão e água, o que seria um desastre não apenas para ele como para todo o seu grupo político. Diante disso, o ex-governador pretende encomendar um diagnóstico sobre a real situação da Prefeitura para, com base no resultado, decidir se disputará ou não as eleições ano que vem.

Clima tenso

Assessores do governador Marcelo Déda (PT) não escondem a contrariedade com a presidente do Sindicato dos Professores, Ângela Melo. Tudo porque a moça considerou propaganda enganosa o comercial informando que o governo já paga o piso salarial ao Magistério. Pelo visto, o clima vai ficar ainda mais tenso, pois os educadores prometem rechaçar toda tentativa do governo de desgastá-los junto aos sergipanos.

Biriteiros

Jovens entre 18 e 24 anos são os que mais consomem álcool. Estudo da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas revela que 9% dessa população bebem mais de cinco doses de álcool em menos de duas horas. Entre os universitários, o consumo é mais intenso. Nos últimos 12 meses, 76% dos estudantes de ensino superior consumiram bebidas alcoólicas e, nos últimos 30 dias, esse percentual chega a 60%. Ic!

Aperta o cerco

Depois de Brejo Grande, onde foram detectadas fraudes em licitações, chegou a vez de Aquidabã e Malhada dos Bois. Na tentativa de comprovar práticas fraudulentas em processos licitatórios, a Polícia Federal apreendeu documentos nas prefeituras destes dois municípios. Ao tomar conhecimento da ação, o Tribunal de Contas do Estado colocou os serviços de seus técnicos à disposição da PF. Sabe-se que outras prefeituras sergipanas estão na mira do judiciário.

Cantinho da Arte
 
A coluna comeu mosca ao informar que seria na sexta-feira a abertura da edição junina do Cantinho da Arte, promovido pela Unimed. O evento acontecerá às 18h da próxima segunda-feira, no Centro Assistencial da Cooperativa, na rua Dom Bosco, 499 – Bairro Cirurgia. Estão previstos a demonstração do “Barco de Fogo” de Estância, a apresentação da Quadrilha Século XX e os shows de Joseane Dy Josa e Lourinho do Acordeon.

PV explica

O vice-presidente estadual do PV, Antônio Leite, disse não haver nada de estranho na ausência do deputado estadual Gustinho Ribeiro no programa político do partido. “O parlamentar já assinou ficha de filiação no PSD. Portanto, não faz sentido ele participar do horário gratuito eleitoral do PV”, explica Leite. O vice-presidente informou também os verdes aproveitaram o espaço no rádio e na televisão para divulgar a campanha de filiação iniciada em Sergipe pelo Partido Verde.

Compromisso

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, se comprometeu ontem com o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) a fazer um reestudo para a atualização dos valores pagos em Aracaju pela atenção de média e alta complexidade na prestação de serviços do SUS.  O comunista também ficou satisfeito com a recepção de Padilha a outras duas reivindicações: a mudança de nomenclatura dos Hospitais Nestor Piva (zona norte) e Fernando Franco (zona sul) para Unidades de Pronto Atendimento e a inclusão no PAC-2 de 12 reformas de unidades básicas de saúde.

Novas regras

Entraram em vigor nesta quarta-feira as novas regras que padronizam o uso do cartão de crédito. A quantidade de tarifas cobradas caiu de aproximadamente 80 para 5, no caso de cartões novos. Agora, além da anuidade, só poderão ser cobradas tarifas pelo fornecimento de segunda via do cartão, pela retirada de dinheiro na função saque, pelo pagamento de contas e pela avaliação emergencial de limite de crédito pelo cliente. Outra mudança foi o percentual da parcela mínima mensal para pagamento do cartão, que passa a ser 15%.

Fique rico

Quer ser um milionário? É fácil, basta acertar as seis dezenas da Mega-Sena desta quarta-feira. Quem conseguir tal proeza pode levar pra casa R$ 43 milhões. Essa ninharia permite comprar mais de 1,7 mil carros populares, ou ainda 8,6 mil motos de 125cc. Aplicado na poupança, o prêmio renderia, mensalmente, cerca de R$ 280 mil, ou cerca de R$ 9 mil por dia. Outra possibilidade seria, simplesmente, sacar mensalmente R$ 50 mil, sem fazer nenhum tipo de investimento, o que levaria mais de 71 anos para consumir todo o prêmio. Homem, vôte!

Do baú político

Muita gente se surpreendeu com o nu fotográfico do poeta Araripe Coutinho, mas quem o conhece sabe que ele sempre foi um, digamos assim, agitador. Em 2008, o poeta candidatou-se pelo PSDB a vereador por Aracaju. Seu slogan de campanha era “vota,vota,vota toda.” Ao insinuar ser o candidato dos gays, foi duramente criticado por Wellington Andrade, fundador do Dialogay: “Quem já viu esta pessoa nas ruas levantando ao menos uma das mãos, braços, voz ou mesmo a bandeira do arco-íris?”, reagiu Wellington. Em resposta, o poeta disse que seria vereador de todos: “Não preciso ter segurado bandeira em passeata para defender os gays. Já levanto bandeira sendo quem sou diariamente”. Porém, o que mais surpreendeu o eleitorado foi a aparição de Coutinho no horário político prometendo que se fosse eleito iria defender que o prédio da Câmara de Vereadores fosse totalmente pintado de rosa choque. A proposta não encontrou simpatia dos eleitores e Araripe perdeu a eleição, para “azar” da sede do Legislativo, que permanece com aquela insossa cor bege.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais