Abordagem Ética à Proteção Ambiental

0

 

 

Neste final de semana uma mensagem do Dalai Lama para reflexão de todos: A paz e a vida na Terra estão ameaçadas por atividades humanas não compromissadas com valores humanitários. A destruição da natureza e seus recursos são resultado da ignorância, da cobiça e da falta de respeito pelos seres vivos, incluindo nossos próprios descendentes. As gerações futuras herdarão um planeta extremamente degradado, caso a paz mundial não se efetive e a destruição da natureza continue nesse ritmo. Nossos ancestrais viam a Terra como rica e generosa, o que ela realmente é. Muita gente no passado também via a natureza como inexaurivelmente sustentável. Está comprovado que caso cuidemos bem da Terra, ela pode ser efetivamente uma fonte inesgotável de recursos.

 

Não é difícil perdoar a destruição causada à Terra no passado, fruto da ignorância. Hoje, contudo, temos fácil acesso a todo o tipo de informação e é essencial que examinemos eticamente o que herdamos, quais são nossas responsabilidades e o que passaremos para as gerações vindouras. Muitas dessas gerações poderão não conhecer hábitats, animais, plantas, insetos e microorganismos da Terra. Temos a capacidade e a obrigação de agir e devemos faze-lo antes que seja tarde demais. O mesmo cuidado que temos em cultivar relações pacíficas com nossos semelhantes, deve ser estendido ao meio ambiente.

 

E não apenas por uma questão moral ou ética, mas pela nossa própria sobrevivência. Para a geração presente e para as futuras, o meio ambiente é fundamental. Se o explorarmos exaustivamente, podemos receber algum benefício hoje, mas, em longo prazo, sofreremos as conseqüências. Quando o meio ambiente se altera, as condições climáticas também se alteram e, por conseguinte, nossa saúde está sendo muito afetada. Repetindo, a conservação não é meramente uma questão moral, mas sim da nossa própria sobrevivência.

Portanto, para conseguirmos proteção e conservações ambientais mais eficazes, é essencial que o ser humano desenvolva um equilíbrio interno. O desconhecimento em relação à importância da preservação do meio ambiente causou graves danos à humanidade. Precisamos agora ajudar as pessoas a compreenderem a necessidade urgente da proteção ambiental para a nossa sobrevivência.

 

Se você quer ser egoísta, então seja sábio e não mesquinho em seu egoísmo. A chave está no nosso senso de responsabilidade universal. Essa é a verdadeira fonte de luz, a verdadeira fonte de felicidade. Se esgotarmos tudo o que estiver disponível na Natureza, como árvores, água e sais minerais, e não fizermos um planejamento adequado para as próximas gerações, para o futuro, certamente estaremos em falta. Entretanto, se tivermos um verdadeiro senso de responsabilidade universal como força motriz, nossas relações com o meio ambiente e com nossos vizinhos serão bem mais equilibradas.

 

Por último, a decisão de salvar o meio ambiente deve brotar do coração do homem. Clamemos a todos para que desenvolvam um senso de responsabilidade universal fundamentado no amor, na compaixão e na clareza de consciência.Minha mensagem é a prática do amor, da compaixão e da bondade. Estas qualidades são muito úteis para vivermos nosso cotidiano mais harmoniosamente, e também muito importantes para a sociedade humana como um todo.Uma profunda compaixão é a raiz de todas as formas de adoração. Onde quer que eu vá, sempre aconselho as pessoas a serem altruístas e bondosas. Tento concentrar toda a minha energia e força espiritual na disseminação da bondade. É o que há de mais essencial.

 

A bondade é o que realmente importa. A bondade, o amor e a compaixão combinados são sentimentos que levam à essência da fraternidade. São os alicerces da paz interior. Com sentimentos de ódio e rancor, é muito difícil alcançar a paz interior. Neste sentido, as religiões e crenças são convergentes. Em todas as grandes religiões do mundo, a ênfase é no espírito de fraternidade.

 

São os inimigos que verdadeiramente nos ensinam a vivenciar sentimentos de compaixão e tolerância. As guerras surgem porque não há compreensão do lado humano das pessoas. Ao invés de conferências e encontros políticos, por que não convocar as famílias a fazerem um piquenique para que se conheçam mutuamente, enquanto suas crianças brincam juntas?

 

Nos tempos antigos, quando havia uma guerra, o embate era corpo a corpo. O vitorioso entrava em contato direto com o sangue e o sofrimento do inimigo durante a batalha. Hoje, as guerras adquiriram uma proporção muito mais horrenda. Um homem, sentado em uma sala, aperta um botão e mata milhões de pessoas instantaneamente, sem ao menos ver o sofrimento humano que infligiu. A mecanização da guerra e a automação dos conflitos humanos são, cada vez mais, uma ameaça à paz mundial. (Dalai Lama).

 

Ceac móvel

O governador Marcelo Déda vai lançar oficialmente na próxima segunda-feira, 14, a unidade móvel do Ceac. A unidade, que está em fase experimental desde o dia 12 de junho, já percorreu 16 cidades e realizou quase 30 mil atendimentos. O Ceac Móvel possui 14 órgãos parceiros e oferece cerca de 80 serviços diferentes para os cidadãos. O lançamento acontece às 8h30 no Bairro América.

 

Praça da Liberdade

Ainda na manhã da segunda-feira, 14, Déda vai autorizar a construção da Praça da Liberdade, localizada em frente à antiga penitenciária de Aracaju. Serão aplicados R$ 640 mil aplicados em uma quadra de esportes com arquibancada, palco coberto, parque infantil, guarita, quiosques, área com aparelhos para ginástica e bancos. O local será pavimentado com pedras portuguesas, completamente arborizado e com estacionamento para motos e 22 carros.

 

SergipeTec

O governador Marcelo Déda assina na próxima segunda-feira, 14, um convênio de repasse de R$ 10,8 milhões do Orçamento Geral da União para obras de infraestrutura do SergipeTec. A solenidade, que terá a presença do ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, será realizada às 16h no Centro de Convenções de Sergipe.

 

Balanço

Depois da assinatura, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia e do Turismo vai apresentar as parcerias que vêm beneficiando Sergipe. Também ocorrerá o lançamento da versão impressa do Plano Estadual de Ciência e Tecnologia e de editais da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica de Sergipe (Fapitec/SE). Será assinada ainda a mensagem que encaminha o projeto da Lei de Inovação estadual à Assembléia Legislativa.

 

 

Produtividade dos poços de Piranema I

 Encerra-se  neste sábado, 12, a operação de interligação de poços no Campo de Piranema, efetuada pelo navio Lochnagar. Na operação, foram interligados os poços  PRM-4(Piranema 4), produtor, e o PRM-8, injetor de gás. Além destes poços ainda será conectado o PRM-2, injetor de gás.  Desde o dia 09 deste mês, o PRM-4 está produzindo cerca 10.000 barris de petróleo por dia, com a produção total do Campo devendo atingir 14.000 barris/dia até o final do mês de setembro. Até o momento, todos os poços perfurados em Piranema, além de confirmarem a presença de petróleo e gás conduziram à descoberta de novos reservatórios.

 

Produtividade dos poços de Piranema II

O entendimento do modelo geológico do Campo de Piranema, permitiu o mapeamento de diversas oportunidades em águas profundas no litoral sergipano, cujas campanhas de perfuração estão previstas para iniciar em 2010. Nos próximos dois anos deverão ser perfurados quatro novos poços no Campo de Piranema, com investimentos já garantidos pela Companhia, alongando a vida produtiva do Campo. Os resultados comprovam que estudos elaborados para o Campo de Piranema pelos técnicos da Petrobras estavam corretos, indicando desde o início a presença de hidrocarbonetos, a possibilidade de ampliação do campo e a existência de oportunidades em áreas próximas à Piranema.

 

Projovem Ubano

A assessoria Secretaria de Estado da Educação está em dia com o pagamento das bolsas e do salário dos professores do Projovem Urbano. A secretaria reconhece que houve um atraso no pagamento, mas todos os problemas foram sanados e a efetivação da remuneração está ocorrendo normalmente. A assessoria esclareceu que o programa teve início em abril e não em fevereiro, e os certificados de conclusão de curso da formação inicial dos professores selecionados estão sendo distribuídos pelos coordenadores executivos do programa.

 

Alapada Programa do Jô, nesta segunda-feira, dia 14

Na última terça-feira, a banda sergipana de pop rock esteve na sede da Rede Globo, em São Paulo, para gravar o programa do Jô, gentilmente convidada pela direção. Foi um dia muito bacana para a Alapada, que pôde apresentar, em um belo cenário montado, especialmente para o quadro “Canja do Jô”, uma música do segundo álbum “Deixando Saudade”. A platéia respondeu com muita animação à apresentação. Depois, o grupo teve a honra de, na abertura, interagir com o comunicador e humorista Jô Soares, que apresentou o Alapada ao Brasil, mostrou o CD, agradeceu, falou a agenda de shows e brincou com os integrantes.  Para a banda Alapada, uma experiência importante em um dia marcado por grandes e amistosos encontros, principalmente, nos bastidores das gravações com o sexteto, convidados e os próprios funcionários da emissora.

 

Movimento quilombola realiza dia de luta em Aracaju I

Na próxima segunda-feira, 14, o Movimento Quilombola em Sergipe realiza um ‘Dia de Luta pela Titulação das Terras dos Quilombos de Sergipe’. A concentração será na Praça da Bandeira, a partir das 8h30. Hoje, no Brasil, das cerca  de 3 mil comunidades remanescentes de quilombos, apenas 102 são tituladas. Em Sergipe, a situação não é diferente. Das 15 comunidades reconhecidas pela Fundação Cultural Palmares, apenas uma foi titulada.

 

Movimento quilombola realiza dia de luta em Aracaju II

Multiplicam-se os conflitos de quilombolas com fazendeiros. As ameaças de morte marcam o cotidiano dos quilombos e, evidentemente, o latifúndio se mantém cada vez mais forte. Enquanto isso, os processos se arrastam de gabinete em gabinete e vários processos concluídos ficam engavetados em Brasília. De acordo com o Instituto de Estudos Socioeconômicos – Inesc -, entre 2004 e 2006, o governo federal deixou de investir cerca de R$ 100,62 milhões na promoção dos direitos das comunidades quilombolas e afrodescendentes. Estavam autorizados no orçamento R$ 202,5 milhões. Não é por acaso que os recursos previstos nos orçamentos anuais não tem sido efetivamente utilizados.

 

Servidores do TJ decretam greve a partir do dia 21

Os servidores do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ/SE) decidiram em assembléia realizada na tarde da última sexta-feira, 11, que irão paralisar as atividades por tempo indeterminado a partir do próximo dia 21. A categoria não ficou satisfeita com a proposta de reajuste de 12% em novembro deste ano e mais 5,5% em janeiro de 2010, apresentada pelo presidente do TJ, o desembargador Roberto Porto.De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Sergipe (Sindiserj), Hélcio Albuquerque, a proposta apresentada não agradou a categoria. Os servidores pedem um reajuste imediato de 26% e recuperação de perdas salariais de forma escalonada até 2011. “Além disso, nós não recebemos o documento referente ao impacto na folha da nossa proposta nem os dados que solicitamos sobre o pagamento dos cargos comissionados”, explica Hélcio.

 

 

Lei será reapreciada pelo pleno do TJ I

 Ao apreciar a Ação Rescisória nº 0052/2005, proposta pela Procuradoria-Geral do Estado, o Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe determinou que o processo que analisa a executoriedade da Lei Estadual nº 2.890/90, que criou supersalários para os servidores do Poder Judiciário, volte a ser apreciada pelo Pleno do TJSE. A Lei Estadual nº 2.890/90, que reestruturou a carreira dos servidores da justiça estadual, editada em pleno período de altas taxas de inflação, instituiu os chamados interníveis para os servidores daquele Poder, garantindo-lhes, além do pagamento de 1% ao ano por tempo de serviço, também o pagamento e a incorporação de 6% sobre o salário, a cada dois anos.

 

Lei será reapreciada pelo pleno do TJ II

Acontece que o próprio Poder Judiciário sergipano, três anos após, editou outras leis que revogaram os interníveis, o que gerou uma demanda judicial intentada pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (SINDISERJ) contra o Estado de Sergipe. Os Procuradores do Estado Pedro Dias e Vladmir Macedo, que vêm acompanhando a demanda em defesa do Estado, informaram que a Ação Judicial intentada pelo SINDISERJ em 1995 obteve êxito na 1ª e 2ª instâncias. Em 2004, o SINDISERJ ingressou com a execução da decisão judicial, onde restou detectado que os salários dos servidores seriam mais de 50% superiores ao teto constitucional da época (hoje alçado no valor de R$ 24.500,00), o que criaria supersalários dentro do Poder Judiciário e inviabilizaria a sua folha de pagamentos, além de ultrapassar, extravagantemente, os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal.

 

Lei será reapreciada pelo pleno do TJ III

A perícia judicial realizada no mesmo ano, para se conhecer o passivo a ser pago pelo Estado, encontrou o valor de cerca de R$ 700.000.00,00 (setecentos milhões de reais), o que, em valores atuais, chegaria ao patamar de 1,4 bilhão de reais, ou cerca de 3 bilhões de reais, em cinco anos – prazo de pagamento dos precatórios a serem honrados pelos cofres públicos.  Segundo Pedro Dias, na verdade, a decisão judicial que determinou  a aplicação da Lei Estadual nº 2.890/90, editada em pleno período inflacionário e transposta para um período de estabilidade econômica, além do fato de ter sido revogada por leis posteriores, criou um escalonamento de salários incompatível com a Constituição, resultando em supersalários, ultrapassando, inclusive, o teto estabelecido pela Constituição Federal, o que inviabilizaria o funcionamento do próprio Tribunal de Justiça, cujo orçamento, previsto em lei, não suportaria os gastos com pessoal.

 

Salários chegaram a R$ 40 mil

Para se ter uma idéia, hoje, caso a tabela salarial prevista pela Lei Estadual nº 2.890/90 estivesse em execução, um Oficial de Justiça que ingressou na carreira em 1990 estaria percebendo mensalmente cerca de R$ 40 mil mensais.Com a decisão do Desembargador-Relator José Alves Neto, foi desconstituído o trânsito em julgado da ação movida pelo SINDISERJ, devendo a causa retornar ao Pleno do Tribunal de Justiça para julgar a constitucionalidade das leis posteriores que revogaram os interníveis. Com isso, a execução bilionária movida contra o Estado de Sergipe em 2004 será, obrigatoriamente, arquivada.

 

Presidente do Banese participa de curso nos Estados Unidos

O presidente do Banco do Estado de Sergipe (Banese), Saumíneo Nascimento, viaja neste final de semana para Washington, onde participará, de segunda-feira, 14, a sexta-feira, 18, de um curso no Institute of Brazilian Issues da George Washington University. O curso visa a capacitação de servidores públicos na área de planejamento regional. Dentro dos objetivos da capacitação, os participantes assistirão a palestras na Universidade George Washington e realizarão visitas técnicas a várias agências de governo, companhias privadas e outras instituições em Washington, Charlottesville e Baltimore.

 

Sudene bancou 15 brasileiros

Saumíneo Nascimento vai participar do curso a convite da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), que está bancando os custos da inscrição de 15 brasileiros no programa. O Institute of Brazilian Business and Management Issues (IBI) foi criado em 1990 para fortalecer as relações entre os Estados Unidos e o Brasil no ambiente de constantes mudanças da ordem internacional. A organização promove a convergência de pontos de vista e interesses das duas nações por meio de estudos acadêmicos e eventos como seminários e programas de capacitação. “Esse curso para mim é uma oportunidade importante, porque além da capacitação procurarei como presidente do Banese e representante do Governo de Sergipe estabelecer laços de cooperação com os órgãos americanos que possam fortalecer ações de desenvolvimento econômico no nosso Estado”, disse Saumíneo.

 

Cptran divulga relatório I

A Companhia de Polícia de Trânsito (CPTran) divulgou o relatório estatístico do Serviço de Atendimento a Acidentes de Trânsito (SAAT). De acordo com o SAAT, no período de 1º a 7 de setembro, a CPTran registrou 46 acidentes, sendo que 21 deles resultaram em vítimas, num total de 27 pessoas feridas. Outros 25 acidentes atendidos não resultaram em vítimas. Também não houve registro de morte no período em questão, segundo o estudo do SAAT. Se comparado ao mesmo período em 2008, o Serviço de Atendimento a Acidentes de Trânsito da CPTran registrou um aumento de cinco casos em relação ao ano passado. De 1º a 7 de setembro de 2008 foram computados 41 incidentes de trânsito, sendo 35 vítimas com ferimentos e uma morte.

 

Cptran divulga relatório II

A CPTran, atualmente comandada pelo capitão Gilmar Santos Santana, tem trabalhado diuturnamente para garantir a segurança de motoristas e pedestres que transitam pelas vias de trânsito urbanas, através de ações ostensivas preventivas. No último dia 4 de setembro, por exemplo, a CPTran realizou uma ação em conjunto com o Grupamento Especial Tático de Motos (GETAM), que resultou na apreensão de 30 veículos em situação irregular. A ação consistiu no reforço do policiamento ostensivo e fiscalização de condutores, a fim de coibir crimes e infrações penais, como o porte ilegal de arma de fogo na área da Grande Aracaju. 

 

 

Quebrada tradição: Glória não teve desfile

Deu no site soudegloria: “Nossa Senhora da Glória Não teve desfile de 7 de Setembro. A Pátria é a nossa mãe, nosso pai, nossa família. O servidor público tem por obrigação dar exemplo de patriotismo, principalmente o servidor eleito democraticamente. Nada justifica a não contribuição para realização de uma data tão importante para o País. Quem exerce ou ta exercendo um cargo majoritário em seu município tem obrigação moral de mostrar o seu patriotismo para a sua municipalidade. O 7 de setembro na cabeça de qualquer cidadão Brasileiro significa liberdade; principalmente, fim de uma colonização da Historia do Brasil. D. Pedro deu o seu grito de Independência, cabe a cada Brasileiro (a) criança ou adulto dar o seu e comemorar. Um administrador municipal é um exemplo a ser seguido, se ele der bons exemplos toda a sua municipalidade lhe seguirá, se der o inverso da mesma forma. Em Nossa Senhora da Glória, a data sempre foi comemorada com muita alegria, destacando culturas, raízes etc. É lamentável ver uma cidade como a nossa não realizar uma data de importância nacional. Fica a impressão que certos administradores não dão importância a Liberdade. Vai ficar para a História de Nossa Senhora da Glória a “QUEBRA” de uma seqüência de respeito com o nosso País. São vários anos consecutivos de realização onde atraía milhares de pessoas à Avenida Lourival Batista no centro da cidade. O mais importante no desfile de 7 de setembro era o trabalho que as escolas faziam com seus alunos. Elas os levavam para rua e trabalhavam a história com essas crianças. Muita gente era mobilizada e os ensinamentos eram passados de alguma forma. Que a Prefeitura no próximo ano mude de comportamento, corte gastos desnecessários, e realize o 7 de Setembro. Além de realizar um ato patriótico estará ajudando a cidade a manter uma tradição que sempre foi respeitada, ganha ate o comércio que vende, ganha as futuras gerações com bons exemplos”.

 

Sem 7 de Setembro, mas com bandas caras de forró

O que mais deixou o povo de Glória revoltado é que na mesma ocasião foi anunciada a programação do Carnaforró 2009, com a banda Aviões do forró e mais outras bandas de nível nacional, onde, numa festa fora dos padrões financeiros para o município que vive em dificuldade. Cadê o Ministério Público para fiscalizar esse descaso com o erário?

 

Futebol sindical

Começa neste sábado, 12, no Complexo Desportivo da UFS, o 11º Campeonato de Futebol Integração do Sintufs. Duas pelejas fazem a abertura do certame: às 13h45, o “clássico dos réis” Corinthians versus São Paulo e, às 15h45, o embate será entre o Botafogo versus Verona. O evento congrega técnicos administrativos, docentes e terceirizados da UFS, envolvendo 5 equipes e 100 atletas. Com previsão de encerramento no início de dezembro, trata-se da maior competição de futebol sindical no estado de Sergipe.

 

 

DO LEITOR

 

O paladino do “Velho Chico”

E-mail do leitor Edilson: “Quando vejo o eterno “perseguido” ex-governador João Alves, discursar e se autoproclamar defensor do Rio São Francisco, fico a me perguntar como um defensor tão ardoroso do “Velho Chico”, conseguiu passar 12 anos como governador, em três mandatos, e não realizar uma única obra de preservação em benefício do Rio São Francisco ou de qualquer outro que banhe o estado de Sergipe? Esta contradição confere um tom oportunista a qualquer discurso de quem, quando pôde, nada fez em defesa da bacia hidrográfica do estado”.

 

Resposta ao vereador Carlos Vilão

Do leitor Cleverton Costa Silva: “Hoje (11-9-2009), São Cristóvão recebeu a reunião das Câmaras Municipais da Grande Aracaju no auditório do Museu de Arte Sacra de São Cristóvão. Com a presença de alguns vereadores de São Cristóvão, Aracaju, Barra dos Coqueiros, Itaporanga D’Ajuda, Nossa Senhora do Socorro e Maruim, além de cidadãos convidados e representantes da Secretaria de Estado da Saúde e Emsetur, além de Bosco Mendonça, ex-Secretário da extinta SETRAM, foram discutidos 3 temas: a Influenza A(H1N1), as informações e políticas públicas de promoção do turismo em Sergipe e a questão dos transportes metropolitanos no tocante à cobrança de tarifa pelas empresas.A discussão foi bastante salutar e o evento possibilitou aos vereadores levantar as demandas da população e os problemas enfrentados por seus municípios. Porém eu, que sou cidadão sancristovense e fui convidado para prestigiar o evento, destaco infelizes declarações do Vereador Carlos Vilão, que se pronunciou após as palestras dos convidados e afirmou que o Governador Marcelo Déda e o Governo do Estado não estão trabalhando por São Cristóvão, e isso sem tecer uma crítica sequer ao Executivo Municipal, comandado por Alex Rocha. É muito estranha a declaração do Vereador, já que quem percorre o município vê uma série de obras do Governo de Sergipe em andamento ou terminadas, além de ter conhecimento de outras em processo de licitação.O site do Deputado Wanderlê Correia registra mais de 30 obras do governo estadual em São Cristóvão, muitas delas que a população está acompanhando com atenção, a exemplo da duplicação de um trecho da Rod. João Bebe Água e recapeamento do Conj. Eduardo Gomes, a execução do projeto luminotécnico da Praça São Francisco, a reforma do Museu Histórico de Sergipe e reparos no Lar Imaculada Conceição, entre outras. No caminho inverso, a Prefeitura de São Cristóvão, em sua sofrível gestão e numa vergonhosa crise, talvez nem chegue ao número de obras que o Governo de Sergipe vem executando no município.O Governo do Estado, que está empenhado na luta para que a UNESCO torne São Cristóvão Patrimônio da Humanidade, que criou a Sub-Secretaria do Patrimônio Histórico e Cultural, sob o comando de Luiz Alberto Santos, que vem acompanhando o andamento das obras na praça e as outras providências para a obtenção do título, comprova o compromisso com esta causa. Enquanto isso, a gestão municipal nem sequer coloca a SMTT de São Cristóvão para orientar o transito de veículos no meio da Praça São Francisco, para não permitir que carros e motocicletas invadam o local que é dos pedestres. Comprovo este fato por meio de uma fotografia, que tirei no dia 28 de agosto deste ano, em pleno dia em que grupos folclóricos se apresentavam na praça.Ainda pior, o município, que precisa tributar, arrecadar recursos para superar a “crise financeira” que atravessamos, não está arrecadando o Imposto Sobre Serviço-ISS. Estive na Secretaria de Finanças há pouco mais de um mês para pagar o ISS e não pude porque “o município não definiu a forma de cobrar esse tributo”, questão que se arrasta há um bom tempo, segundo um servidor desta secretaria.Em relação ao turismo, enquanto a Emsetur se empenha para divulgar São Cristóvão e outros municípios no Brasil e exterior, muitos grupos de turistas voltam decepcionados do passeio, pois encontram os museus fechados. Culpa do Estado? Que se responsabiliza por ações em vários municípios? Negativo! Isso acontece porque a Secretaria de Cultura e Turismo do município não se comunica com os comerciantes, com os administradores de museus e igrejas, com o Trade, com a comunidade e nem se preocupa em organizar e disseminar as informações necessárias para que a cadeia do turismo opere com um mínimo de organização.Eu poderia escrever mais e mais linhas para apontar os problemas que assolam a população de São Cristóvão, mas fugiria do foco. Então, o que quero mesmo é pedir que os vereadores de São Cristóvão ponderem muito bem antes de fazer declarações como a do Vereador Carlos Vilão, que demonstrem mais autonomia e cobrem também do Prefeito Alex Rocha uma administração responsável, eficiente e pró-ativa em prol da população, que sua administração saia às ruas e trabalhe pelo povo pelo qual é responsável. Que faça vigorar o Plano Diretor da cidade, que cuide do nosso patrimônio, que trabalhe com mais respeito por nosso município!”. Cleverton Costa Silva – Cidadão de São Cristóvão e Tecnólogo em Gestão de Turismo pelo IFS (ex-CEFET-SE).

 

Participe ou indique este blog para um amigo: 

claudionunes@infonet.com.br

 

Frase do Dia

“Determinação coragem e auto confiança são fatores decisivos para o sucesso. Se estamos possuídos por uma inabalável determinação conseguiremos superá-los. Independentemente das circunstâncias,devemos ser sempre humildes,recatados e despidos de orgulho”. Dalai Lama.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários