AL, TC e o jabuti da árvore

0

Este jornalista tenta ao máximo não entrar em mais polêmica envolvendo “colegas” de imprensa. Porém não tem jeito. No dia a dia, quem acompanha todos os jornais e veículos de comunicação e conhece os bastidores da política de Sergipe sabe quando alguns estão à serviço de um grupo para tentar modificar a realidade dos fatos.

 

Está ocorrendo agora com o caso Flávio Conceição e a proposta da deputada Ana Lúcia de anular a nomeação dele como conselheiro do Tribunal de Contas. Alguns articulistas querem passar a idéia de que Flávio Conceição não tem culpa de não ter apresentado a certidão negativa de processos, tanto civil, criminal e até eleitoral.  O último conselheiro aprovado pela AL, Clóvis Barbosa apresentou a certidão.

 

E mais do que isso. Tentam passar a imagem que Flávio Conceição é um homem do atual grupo político de situação. Esquecem de alguns detalhes: querem era o secretário da Casa Civil de João Alves Filho durante o processo eleitoral de 2006? Quem era o responsável pelas chamadas ajudas a pessoas físicas que causaram tantas polêmicas? E quem não se lembra da entrevista da senadora Maria do Carmo, após a eleição 2006, no jornal Cinform, onde jogou cobras e lagartos contra Flávio Conceição e o culpou pela derrota de João Alves? O governador de então, João Alves Filho, preferiu brigar com a esposa – e isso alguns articulistas faziam questão de publicar – mas manteve o amigo fiel no cargo.

 

Esse episódio de Flávio e a Assembléia remete bem a história do Jabuti, que muita gente conhece: Dois caipiras andavam pela estrada quando um deles avista em cima de uma árvore o casco manchado de um jabuti. Imediatamente, ele diz para o compadre: “Vamo’ arrancá’ o jabuti da árvore”! O outro, mais sábio, respondeu: “Compadre: jabuti não trepa em árvore! Alguém ponhô ele lá. É meió não mexê!!” Neste caso, ninguém melhor para tirar o Jabuti da árvore, diga-se, Flávio do TC, do que quem colocou lá: a própria AL.

 

Expostas as lembranças e a indignação para com aqueles que pensam que a memória de todos os sergipanos é fraca, resta lamentar que alguns articulistas colocam à frente do dever de informar. Só faltam agora escreverem que a apresentação da certidão prejudicará alguns deputados que desejam ser candidatos a conselheiros. Os amigos de verdade de Flávio desde o início deste episódio devem ter o alertado de que não é apenas um problema jurídico, mas moral. Ou seja, nenhum sergipano em sã consciência vê Flávio retornando ao pleno do TC…

 

Eleições na OAB

O advogado Genisson Silva, titular de um dos escritórios mais bem sucedidos do Estado, é até agora o único pré-candidato declarado à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil. O atual presidente Henry Clay Andrade, principal eleitor da entidade, não vai tentar a reeleição, mas terá candidato. Até mesmo o próprio Genisson, seu velho companheiro de grandes jornadas e que integra a atual diretoria da entidade.

 

Durma com um barulho desses

Enquanto a imprensa ontem, 09, noticiou os elogios do deputado do DEM, José Carlos Machado, ao trabalho de atendimento da Deso, no Correio de Sergipe (jornal da família do ex-governador JAF), uma matéria chamou a atenção: Gilmar Carvalho, deputado do PSB, tecendo duras criticas a Deso….

 

Estúdios Aperipê

Hoje, o governador Marcelo Déda vai até a Fundação Aperipê entregar os novos estúdios das rádios. Foram R$ 91.963,00 destinados para os estúdios da Aperipê AM e FM, além de salas de sonorização, masterização, gravação e produção, um novo projeto acústico dos espaços e aquisição de mobiliário.

 

Conferência

Durante a entrega, Déda também vai convocar oficialmente através de decreto a I Conferência Estadual de Comunicação (Conecom). A conferência acontece nos dias 5 e 6 de novembro, em consonância com a I Conferência Nacional de Comunicação (Confecom) convocada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 

Novos bombeiros militares

O governador Marcelo Déda participa às 8h desta quinta da solenidade de incorporação de 63 novos bombeiros militares e promoção de 21 oficiais do Corpo de Bombeiros de Sergipe. Na ocasião o governador vai entregar oficialmente vários equipamentos utilizados pelos bombeiros em operações diversas como incêndios, mergulhos e desencarcerarmento de veículos, num investimento de quase R$ 835 mil.

 

Novos equipamentos

O destaque fica por conta de um moderno bote inflável, no valor é de R$ 119.500,00. Também foram comprados capacetes, adaptadores de hidrante, equipamentos de proteção respiratória, mangueiras de combate a incêndio, rádios transmissores, câmeras fotográficas e outros instrumentos fundamentais para a atuação dos bombeiros militares.

 

Câmara aprova em 1º turno mais 7.709 vagas de vereador I

Deu na FSP, de hoje: “Em meio a muita polêmica e uma pressão nos corredores e gabinetes que durou semanas, a Câmara dos Deputados aprovou ontem à noite em primeiro turno a emenda à Constituição que pretende criar 7.709 novas vagas de vereadores no Brasil, elevando o atual tamanho das Câmaras Municipais em 14,8%.O texto foi aprovado por 370 votos a 32, com 2 abstenções, e ainda precisa passar por votação em segundo turno para ir à promulgação.

 

Câmara aprova em 1º turno mais 7.709 vagas de vereador II

A emenda redimensiona o tamanho da maioria das Câmaras, aumentando cadeiras principalmente em cidades entre 80 mil e 1 milhão de habitantes. Capitais como São Luís e Maceió, por exemplo, sairiam dos atuais 21 vereadores para 31. São Paulo permaneceria com 55 vereadores. A votação foi feita sob uma galeria lotada por centenas de suplentes de vereadores que há semanas pressionam os deputados na Câmara. A expectativa deles é que as Câmaras deem posse imediata aos suplentes assim que a emenda seja promulgada, já que o texto fala em eficácia imediata, sem retroatividade de salários e benefícios.

 

Homenagem a um empreendedor I

O leitor que acompanha este espaço há pouco tempo pode não saber, mas quem acompanha este espaço há pouco mais de três anos, quando surgiu hospedado no portal Infonet, sabe das dificuldades encontradas desde o início. Em 2006, este jornalista estaria fora da imprensa de Sergipe se não fosse o apoio de alguns amigos, entre eles, Luciano Barreto, que como empresário apostou desde o início no sucesso deste espaço. E a gratidão deste jornalista é eterna. Hoje, 10, Luciano Barreto completa 69 anos de vida. E ontem, 09, a ASSEOP reuniu amigos e familiares do empresário num almoço. Foi um momento de confraternização e de surpresa para Luciano Barreto que não sabia da homenagem.

 

Homenagem a um empreendedor II

Alguns amigos falaram na homenagem sobre a personalidade e o espírito empreendedor de Luciano Barreto. O governador Marcelo Déda fez questão de exaltar, como amigo, a trajetória de Luciano, que através do talento e da dedicação ao trabalho, venceu, tanto no campo empresarial como pessoal. Déda lembrou da liderança de Luciano a frente de entidades dos empresários e sua luta para pela valorização da construção civil. Revelou que Luciano jamais levou ao governo algum assunto de interesse de sua empresa, mesmo tendo contratos com o governo do estado.

 

Homenagem a um empreendedor III

Luciano Barreto é sem dúvida, não apenas um empresário, mas um inovador e um empreendedor que – como bem disse o governador – pensa além do seu tempo e uma prova disso é entrar agora no estado de São Paulo, através do programa de PPP`s, mostrando competitividade em nível nacional. O Instituto Luciano Barreto Junior que prepara anualmente cerca de mil jovens para o mercado de trabalho é uma iniciativa social que é exemplo para o país. “Sincero e transparente nos afetos, mas também sincero e transparente nas divergências”, disse Déda.

 

Coronel Ivanilton não cometeu irregularidade I

Em abril do ano passado este jornalista – com base em informações de uma fonte – divulgou que o veiculo locado pela SSP, a disposição do então subcomandante da PM, Ivanilton Campos de Santana tinha sido encontrado na beira do mar e o seguro não pagava o dano causado. A informação correta é que o veículo trafegava na Avenida Euclides Figueiredo, e, por conta das fortes chuvas, que inundaram a via pública, fez com que o motor do carro parasse de funcionar, tendo sido rebocado para a concessionária.

 

Coronel Ivanilton não cometeu irregularidade II

Por dever de justiça, da mesma forma que cobra e denuncia os erros cometidos por diversos membros do poder público, esclarece que neste episódio, o jornalista cometeu um erro, por não ter investigado a informação repassada por uma fonte (de uma empresa de locação), como sempre faz no dia a dia.

 

Reestruturação das defensorias I

Foi aprovado ontem na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado o Projeto de Lei Complementar 137, oriundo do Executivo, que prevê a reestruturação das Defensorias Públicas para melhor atender à demanda da população. Relator do projeto, o senador Antonio Carlos Valadares, líder do PSB no Senado, acatou várias emendas e saiu satisfeito com a aprovação da matéria, que deverá ser brevemente encaminhada ao plenário. “Não se pode entender cidadania sem Defensorias Públicas fortalecidas, que são de enorme importância social, voltadas para a população mais pobre e a garantia de seus direitos”, avaliou Valadares.

 

Reestruturação das defensorias II

Para o senador, a Defensoria Pública é ainda a instituição menos estruturada da Justiça e é dever dos legisladores corrigir essa distorção. O PLC 137/2009 já foi aprovado pela Câmara dos Deputados e agora pela CCJ do Senado, faltando apenas a votação no plenário desta Casa. “Acho que com esse trabalho estamos retribuindo ao Brasil o voto do eleitorado e ficando mais próximo da população, devido a importância da matéria para toda a sociedade, mas muito especialmente para as pessoas carentes, que, segundo o IBGE,  representam 78% dos brasileiros”, frisou Valadares

 

Votação da reforma eleitoral no Senado é adiada; texto-base é aprovado

Uol Notícias: A votação da reforma eleitoral no Senado foi adiada na noite de ontem, 09, e agendada para hoje, 10, às 9h da manhã. Os senadores já aprovaram, em plenário, o texto-base da reforma. Os pontos polêmicos, como as restrições à internet, serão votados em separado. A votação foi interrompida após discussão sobre a emenda proposta pelo senador Tasso Jereissatti (PSDB-CE). A emenda prevê novas eleições quando um prefeito, governador ou presidente for cassado junto com o seu vice. Após o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), protestar duas vezes contra a emenda, a sessão foi adiada. A Mesa Diretora alegou que não haveria quorum para votar os destaques. Tasso e Arthur Virgilio (PSDB-AM) atribuíram o adiamento ao senador Sarney. A sessão era presidida por Serys Slhessarenko (PT-MT).

 

Emenda vai contra entendimento do TSE

A emenda de Tasso Jereissatti vai contra o entendimento atual do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Como não há legislação sobre o assunto, o tribunal determina que o segundo colocado no pleito assuma quando o político cassado foi eleito no segundo turno. No caso de resultado em primeiro turno, o tribunal tem determinado a realização de eleições indiretas na assembléia legislativa do Estado para escolher o substituto do cassado. Entre outros casos, a filha de Sarney, Roseana Sarney (PMDB) assumiu o governo do Maranhão após Jackson Lago (PDT) ser cassado no dia 16 de abril deste ano. Após o adiamento, o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) afirmou que acha “impossível” a reforma eleitoral vigorar nas próximas eleições. “Será necessário um esforço herculiano da Câmara dos Deputados”.

 

Institutos de pesquisa devem usar IBGE I

Na noite de hoje, os senadores aprovaram também uma emenda ao projeto de lei eleitoral que obriga os institutos de pesquisa a usarem os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Pesquisa, Geografia e Estatística) na elaboração de levantamentos de intenção de voto.A emenda do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) à reforma eleitoral foi acatada no plenário da Casa na noite desta quarta-feira (9) durante a votação da reforma. O projeto ainda precisa ser votado novamente na Câmara dos Deputados, onde essa emenda sobre institutos de pesquisa pode ou não ser mantida.

 

Institutos de pesquisa devem usar IBGE II

Segundo o texto aprovado, os institutos de pesquisas terão de usar o “plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico” na mesma proporção da população fornecida pelo IBGE em suas estatísticas.Os institutos não terão mais liberdade para fazer entrevistas de acordo com os parâmetros que desejarem. Os pesquisadores, por exemplo, terão de entrevistar a mesma proporção de mulheres da população total em suas pesquisas -o que não ocorre necessariamente entre o número total de eleitores.Hoje, alguns institutos usam para produzir as suas amostragens também os dados fornecidos pela Justiça Eleitoral, que é o órgão oficial responsável pelo cadastramento dos eleitores no país.

 

Líder do governo no Senado defende internet livre nas eleições

Um grupo de senadores pretende resistir às restrições à internet nas eleições de 2010. Quatro senadores influentes de partidos distintos disseram que votarão pela liberdade total na internet: Aloizio Mercadante (PT-SP) e Arthur Virgílio (PSDB-AM), líderes dos seus partidos, Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo, e Marina Silva (PV-AC).Jucá disse que votará para derrubar as propostas restritivas. PT e PSDB não fecharam uma posição das legendas sobre o assunto, mas os líderes conversam com os senadores de suas respectivas legendas para manter a liberdade na rede. O desejo deles vai contra a proposta dos relatores da reforma eleitoral, Marco Maciel (DEM-PE) e Eduardo Azeredo (PSDB-MG).Os relatores mudaram as regras sobre a internet no relatório final, mas mantiveram a maioria das restrições.

 

Senadores querem derrubar restrições

Pela nova proposta, os sites terão de seguir as mesmas regras de debate aplicadas à TV e Rádio. Ou seja, terão de chamar ao menos dois terços dos candidatos e todos integrantes de partidos que tem ao menos 10 deputados federais.Sites também estarão proibidos de “dar tratamento privilegiado a candidato, partido ou coligação, sem motivo jornalístico que justifique”. Ou seja, estarão impedidos de declarar apoio a um ou outro candidato.O direito de resposta também estará previsto em qualquer blog de pessoa física, no Twitter e em redes sociais como Orkut e Facebook. Mercadante, Jucá e Álvaro Dias (PSDB-PR) apresentaram emendas que derrubam as restrições aos sites.Caso a proposta seja votada, as novas regras não entram imediatamente em vigor. Para ter validade nas eleições de 2010, o projeto precisa ser aprovado no plenário do Senado, voltar à Câmara dos Deputados, ser sancionado pelo presidente Lula e ser publicado no Diário Oficial até o dia 3 de outubro – exatamente um ano antes da próxima eleição.

 

Sobre o Autódromo de Itabaiana I

Do secretário de Comunicação de Itabaiana, Marcos Aurélio: Sobre a “hilária” história da construção do autódromo de Itabaiana, a qual o prefeito Luciano Bispo já contratou sim arquiteto Eduardo Carlomagno para elaborar o projeto inicial, gostaríamos de informar o seguinte: Não é o prefeito Luciano Bispo, como você afirma, que não tem jeito. A iniciativa de construir um autódromo na cidade de Itabaiana consta de um relatório, extraído das plenárias do Plano de Desenvolvimento Territorial Participativo, no item “Demandas das Conferências Municipais”, realizada pela Secretaria de Estado do Planejamento, do governo de Sergipe, cujo ano de execução, está lá escrito, era 2008. O número de ordem é o 458, no tema: Cultura, Esporte e Lazer.

 

Sobre o Autódromo de Itabaiana II

Continua Marcos Aurélio: Ao que nos consta, neste ano (2008) quem estava administrando a cidade, e portanto organizando as plenárias municipais, não era o prefeito Luciano Bispo, e sim, a ex-prefeita Maria Mendonça. Claro, aqui não vai nenhuma responsabilização a então gestora, até porque, esse item, a exemplo dos demais, saíram sim, da cabeça daqueles que participaram do evento, realizado pelo governo de Sergipe.Também consta no relatório, logo em seguida, o item 459, que aponta sabe pra que? Uma pista de MotoCross, praças e quadras na periferia e povoados, construção de um teatro, de um cinema, Bolsa-Salário para os grupos folclóricos, construção da casa da cultura, complexo esportivo com piscinas, ginásios, campo de futebol, quadras poliesportivas cobertas, parques infantis, pista de atletismo e pista de skate. Além do memorial da Igreja Velha, no povoado agrovila. Coincidentemente, tanto o autódromo, como a pista de MotoCross, estão previstos para serem construídos exatamente na área reservada ao Distrito Industrial.

 

Sobre o Autódromo de Itabaiana III

Acrescenta o secretário de Itabaiana: Ao contratar o projeto e alimentarmos a esperança de que o deputado federal Eduardo Amorim, juntamente com outros integrantes da Câmara Federal, José Carlos Machado, Albano Franco, Gerônimo Reis, Jackson Barreto, Valadares Filho, Iran Barbosa e Mendonça Prado, e dos três senadores sergipanos, Antônio Calos Valadares, Almeida Lima e Maria do Carmo, possam assegurar os recursos que viabilizarão a construção sim, de um sonho, não só dos itabaianenses, mas os quase 230 mil sergipanos que vivem na região do agreste, sem contar com os milhões de sergipanos que terão, no Estado, um referencia desse tipo de esporte aqui no nordeste.Ou será que a cidade de Itabaiana, com quase 100 mil habitantes, e as demais 14 cidades da região (no planejamento, a ação é considerada não de caráter municipal, e sim, estadual) não merecem um investimento dessa grandeza. Porque somente a capital, Aracaju, deve ser contemplada com projetos grandiosos? É preciso lembrarmos que uma das promessas que esse governo do PT fez durante a campanha era a de levar o desenvolvimento para as cidades do interior do Estado, e nós, entendemos que a construção de um autódromo representa sim, o desenvolvimento para o Estado de Sergipe.

 

Sobre o CEASA de Itabaiana e o descaso do Governo

Ainda do secretário de comunicação de Itabaiana, Marcos Aurélio: Sobre o alerta que você fez ao deputado federal Eduardo Amorim, para que o mesmo tenha cuidado para não entrar numa fria, devemos dizer que o povo de Itabaiana, e de toda a região do agreste, está muito “satisfeito” com o fato do governo do Estado, ter perdido uma emenda parlamentar, de autoria do próprio Eduardo Amorim, no valor de R$ 18 milhões, que serviria para a construção da Central de Abastecimento de Itabaiana, que hoje movimenta 3 milhões de quilos de alimentos por mês, e com a ampliação do local, passaria a movimentar o dobro, exatos 6 milhões de toneladas. Gostaríamos que você procurasse saber com o secretário de desenvolvimento econômico, etc. e tal, e inclusive o turismo, quanto o Estado deveria investir, na simples apresentação do projeto ao governo federal, a fim de garantir os R$ 18 milhões para a construção da Central de Abastecimento.

 

DO LEITOR

 

SMTT – Até quando…

Do leitor Matheus Gouveia : “Aracajuanos e Aracajuanas, realmente estou pasmo com tamanha qualidade do nosso trânsito, ou seja, com a atual gestão da SMTT. Realmente, lugar de médico é no trânsito! Observei nesta semana, através deste portal Infonet, uma justificativa bastante plausível do secretário de imprensa do órgão em destaque, informando que, no feriado de 07 de setembro, a cidade estava literalmente abandonada tendo em vista que a previsão do tempo, juntamente com o desfile cívico, foram os fatores MAIS QUE PREPONDERANTE para ocorrência de tal feito. Ora pessoal! Essa é a resposta que a sociedade merece? Sou funcionário da iniciativa privada, e se está chovendo, preciso ir trabalhar… O tempo não é fator para se ter dia de trabalho ou não. Sem comentar que o dia destacado foi totalmente ensolarado, ou seja, justificativa amplamente improcedente!Já em relação ao desfile cívico, realmente precisamos comemorar a INDEPENDÊNCIA DO BRASIL, data histórica que precisa ser enaltecida por todos. Todavia, deve ser relembrada com responsabilidade, pois não há de se falar em passado esquecendo-se do presente e do futuro. Ruas abandonadas podendo acontecer tragédias por negligência da administração pública, podendo comprometer o futuro de muitos aracajuanos. Outra pérola: Semana passada, um retorno na Avenida Beira Mar foi fechado, com a justificativa de melhorias no tráfego do trânsito. Qual o motivo de se abrir um retorno na Avenida Francisco Porto (em frente ao Hiper G Barbosa)? Um legítimo contra-senso, sendo que este último retorno, em horário de pico, disponibiliza muitos transtornos para quem trafega na área; em um lado da avenida, carros bloqueiam o acesso tendo em vista o retorno; do outro lado, existe um ponto de ônibus que bloqueia literalmente a avenida. E então SMTT? Como seria a solução deste CONTRA-SENSO??? Fica a pergunta SEM RESPOSTA que, por diversas vezes, solicitei a ilustre SMTT”.

 

Participe ou indique este blog para um amigo: 

claudionunes@infonet.com.br

 

Frase do Dia

“As pessoas felizes lembram o passado com gratidão, alegram-se com o presente e encaram o futuro sem medo”. Epicuro.

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários