Arrumando a casa

0

Aos poucos, o governador Marcelo Déda (PT) vai arrumando a casa depois que o governo foi atingido pelo vendaval chamado reeleição da Mesa Diretora da Assembleia. Para facilitar as composições políticas que estão sendo feitas pelo petista, todos os secretários colocaram ontem seus cargos à disposição. “É um gesto cortês, solidário”, disse Déda sobre a revoada dos auxiliares. A confusão política criada pela antecipação em um ano da reeleição da Mesa Diretora do Legislativo precipitou a reforma administrativa que o governo pretendia fazer até o final de março. A expectativa, porém, é que boa parte dos ex-secretários seja renomeada, pois o governador se diz satisfeito com o trabalho de quase todos os auxiliares diretos.

Caiu no choro

Pela segunda vez em menos de uma semana a tribuna da Assembleia foi lavada de lágrimas. Agora foi a vez da própria presidente do Legislativo, deputada Angélica Guimarães (PSC), cair no choro ao discursar sobre a antecipação por um ano das eleições da Mesa Diretora, que a manterá na presidência até dezembro de 2014. Na semana passada e pelo mesmo motivo, a deputada Maria Mendonça (PSB) abriu o berreiro na tribuna. Quem será o próximo chorão?

Maioria

Há quem garanta que o governo já tem maioria simples na Assembleia. Ontem o governador Marcelo Déda se reuniu com o prefeito de Itabaiana, Luciano Bispo (PMDB), visando atrair para sua base o irmão do peemedebista, deputado estadual Arnaldo Bispo (DEM). O petista também tenta conquistar o apoio da deputada demista Goretti Reis. Os deputados Gilson Andrade e Mundinho da Comase também estão sendo “paquerados” pelo governo.

Engenharia

O deputado estadual Gilson Andrade (PTC) e o prefeito de Estância, Ivan Leite (PSD), permanecem lutando pela implantação do Campus de Engenharia da Universidade Federal de Sergipe naquele município. Neste sentido, o parlamentar já encaminhou ofícios solicitando apoio ao pleito dos estancianos para os oito deputados federais e os três senadores de Sergipe, além de uma Moção de apoio à presidente Dilma Rousseff (PT) e ao ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

Muita grana

A Petrobras vai investir este ano R$ 600 milhões na ampliação e modernização da produção de petróleo em Sergipe. O anúncio foi feito ontem pelo governador Marcelo Déda, durante entrevista coletiva da qual participou o novo diretor Corporativo e Serviços da Petrobras, José Eduardo Dutra. Déda também informou que em breve a presidente Dilma Rousseff (PT) virá a Sergipe participar da assinatura do contrato entre a Petrobras e a Vale para execução de um milionário projeto para produção de potássio.

Balanço

O presidente do Banese, Salmíneo Nascimento, concede entrevista coletiva daqui a pouco para apresentar os resultados financeiros do banco durante o exercício de 2011. No ano passado, a instituição financeira atingiu um lucro de R$ 91 milhões, superando em 67,0% o resultado do exercício anterior. O encontro de Salmíneo com os jornalista será no Centro Administrativo do Banese, durante um café da manhã.

Coletiva

E quem se encontra com a imprensa sergipana hoje cedo é o presidente da Chesf, João Bosco de Almeida. Ele falará sobre o papel da companhia no Nordeste, novos projetos e os investimentos previstos para este ano. A coletiva está marcada para as 9h30, no hotel Aquários, localizado na Orla de Atalaia.

Tarifa

Péssima notícia para o aracajuano que anda de ônibus: o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) anuncia daqui a pouco o índice de reajusta da passagem. Os empresários do setor solicitaram que o valor da tarifa aumente dos atuais R$ 2,25 para R$ 2,50, porém técnicos da Prefeitura apostam que o índice de reajuste não contemplará a reivindicação dos concessionários. Com o serviço de péssima qualidade prestado pelas empresas, o certo mesmo era a Prefeitura reduzir o valor da passagem.

Está em casa

A senadora Maria do Carmo Alves (DEM) foi liberada ontem pela equipe médica do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para passar a noite em casa. Ela foi levada de Brasília à capital paulista no último final de semana, após ter sofrido forte elevação da pressão arterial. Hoje, a senadora retorna ao hospital para novos exames. Só depois os médicos decidirão se ela será internada novamente ou continuará sendo medicada em sua residência.

Do baú político

A coluna pública hoje uma história política lembrada pelo experiente jornalista Luiz Eduardo Costa: “Luiz Garcia, quando governador, por conta de um piscar de olhos, transformou em vítimas quatro radialistas, que foram violentamente espancados pela Polícia. Ele estava no Palácio quando chegou um major do seu gabinete militar dizendo-se revoltado com os radialistas que faziam na rádio Jornal o programa Risolândia. No entender do PM, eles estavam achincalhando, insultando a pessoa do governador e por isso iria aplicar-lhes uma surra. Garcia o proibiu terminantemente, mas, quando o major se afastava decepcionado, vislumbrou o governador, que dava uma piscada de olhos. Logo interpretou o gesto como uma forma de desautorizar a proibição. Luiz tinha o sestro de piscar olhos, que transmitiu aos seus filhos”. Por conta da piscadela do governador, os quatro radialistas foram levados para a periferia de Aracaju e apanharam mais do que pandeiro em samba.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários