Assembleia parada

0

A Assembleia não votou este ano um único projeto de lei, nem há previsão para que isso aconteça. A crise política gerada pela eleição antecipada da Mesa Diretora do Legislativo, somada à movimentação dos deputados em torno da escolha dos candidatos a prefeito, causou uma paralisia no Parlamento. A tribuna é usada diariamente pelos parlamentares que comparecem às sessões, mas os discursos se resumem a críticas e defesas do governo. Em vez de se preocuparem com os projetos que dormem nas gavetas, os legisladores têm ido a Assembleia exclusivamente para fazer política partidária. Pior é que esse quadro deve piorar com a proximidade das convenções partidárias para escolher os prefeituráveis, e a campanha eleitoral em si. Portanto, mesmo muito bem pagos pelos contribuintes, dificilmente os deputados vão aprovar este ano projetos do interesse da sociedade. Uma lástima!

Dia do fico

A deputada estadual Goretti Reis (DEM) deixou a família a ver navios ao decidir permanecer na oposição. Para surpresa do irmão Jerônimo Reis, ela anunciou ontem que não vai aceitar integrar a base da situação, como pretendia o governador Marcelo Déda (PT). A decisão de Goretti, coerente, por sinal, irritou profundamente o sobrinho e ex-deputado federal Sérgio Reis. Ele postou no twiiter que a tia é ingrata e mentirosa. “Você pagou com traição a quem sempre lhe deu a mão”, escreveu Sérgio. Homem, vôte!

Candidatíssimo

Embora não assuma ainda oficialmente a candidatura a prefeito de Estância, o deputado estadual Gilson Andrade (PTC) deverá mesmo disputar a cadeira ocupada hoje pelo prefeito Ivan Leite (PSD). Além do apoio do amigo pessedista, o projeto de Gilson conta com a simpatia dos irmãos Edvan e Eduardo Amorim. Os três já tornaram público que o deputado só não disputa a Prefeitura se não quiser. Nem precisa dizer que a oposição em Estância está em polvorosa com a novidade.

Miserê

O baixo salário pago pelas empresas da construção civil de Sergipe é uma dos motivos da migração de profissionais para mercados que remuneram melhor, como a Bahia. “Mesmo com o recente reajuste que varia de 8,5% a 13,5%, o pessoal ainda está ganhando pouco. Além disso, nosso acordo coletivo é muito pobre, pois as vantagens garantidas no acordo coletivo são muito poucas. Em Alagoas, por exemplo, se paga triênio”, reclama o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil de Sergipe, Jaime Umbelino de Souza.

Novo dono

Decisão judicial torna o Banco do Estado de Sergipe (Banese) proprietário do inacabado hotel Brisa Mar, localizado na Orla de Atalaia. O empreendimento foi idealizado pelo advogado e empresário Viana de Assis, já falecido. Iniciada em 1986, a obra foi abandonada com 53% do seu cronograma executado. Segundo o site Atalaiaagora, ao todo foram aplicados R$ 7,1 milhões em recursos do próprio Viana, da Sudene e do Banese.

Indústria alemã

O governador Marcelo Déda (PT) recebeu ontem a visita do empresário alemão Peter Krauss, proprietário da Krauss Aviation Technologies, empresa especializada em manutenção aeronáutica e outras atividades de engenharia mecânica. Ele veio a Sergipe avaliar a possibilidade de instalar mais uma filial de sua empresa, que é sediada na Alemanha e que já possui unidades na China e na Malásia.

Com Rogério

Entrevistada ontem pela Rádio Comércio web, a deputada estadual Conceição Vieira (PT) declarou que na prévia do partido para escolher o prefeiturável votará no deputado federal Rogério Carvalho. “A deputada Ana Lúcia sabe que defendo o espaço da mulher, mas na prévia estarei com meu agrupamento político, que apoia o nome de Rogério”, disse Conceição. Então tá!

No lixo

Uma comissão de deputados estaduais visita hoje os lixões da Grande Aracaju e o local em Socorro onde a empresa Torre quer construir um aterro sanitário. A visita foi organizada pelo deputado Augusto Bezerra (DEM), que pretende ampliar o debate em torno do destino final do lixo da capital e dos municípios circunvizinhos.

Análise de rocha

Com objetivo de treinar seus empregados para a análise de rochas e microfósseis, a Petrobras inaugurou no Rio de Janeiro, o Laboratório Didático Multidisciplinar da Escola de Ciências e Tecnologias de Exploração e Produção. Presente ao ato, o diretor Corporativo e de Serviços da Companhia, Zé Eduardo Dutra, disse que com a iniciativa os novos geólogos vão conviver e aprender com rochas que têm importância decisiva no processo pelo qual a Companhia está passando, da descoberta e desenvolvimento do pré-sal.

Deputado virtual

O radialista Gilmar Carvalho (PR) ainda é deputado estadual. Pelo menos é o que informa o site da Assembleia Legislativa. Na sessão ‘Deputados da 17ª Legislatura’ aparece a fotografia de Gilmar com a informação que ele é deputado eleito com 19.750 votos. Estranhamente, o deputado estadual Zeca da Silva (PSC), que por algum tempo foi substituído pelo suplente Carvalho, não é sequer citado pelo site do Legislativo. Que confusão, sô!

Do baú político

Em 2007, a deputada estadual Goretti Reis (DEM) teve o mandato parlamentar mais curto da história do Legislativo sergipano. Primeira suplente do partido, ela foi empossada por volta das 17 horas, em sessão muito prestigiada por familiares e aliados políticos. Ocupou a vaga surgida com a cassação pelo Tribunal Regional Eleitoral do deputado estadual André Moura (DEM). Três horas depois, o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), José Delgado, concedeu liminar garantindo que André Moura fosse reconduzido à Assembléia. Goretti ficou sabendo que não era mais deputada durante a festa organizada em Lagarto por seu grupo político. Nas eleições de 2010, ela foi eleita com 23.157 votos para um mandato de quatro anos.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários