Café Pequeno

0

O rio de janeiro continua lindo…. 

 

Recentemente estive no Rio e posso afirmar que a cidade maravilhosa continua linda, e nem de perto se parece com aquele Rio que toda noite assistimos no Jornal Nacional.

 

Mas, acostumados que somos a enxergar a periferia só à distância, já podemos ver de longe o irrefreável avanço das favelas cariocas, que de tão grandes, se encontram em abraços nos morros.

 

Os entendidos do assunto consideram o problema urbano das mega cidades brasileiras insolúvel. De fato havemos de concordar. É difícil imaginar solução para tal imbróglio.

 

Por isso, nós que ainda não chegamos lá, podemos optar por modelos de desenvolvimento mais avançados, e evitar repetir exemplos falidos que geraram  cidades impossíveis de administrar.Que tal olharmos um pouco o modelo europeu, cidades menores com edifícios mais baixos e alta qualidade de vida?

 

Devemos, também, ficar alertas para a revisão do Plano Diretor e de olho vivo na atuação dos nossos vereadores.A princípio parece chato, ou bicho de sete cabeças, mas não é não. E é a Lei que poderá redefinir o modelo de crescimento que queremos para a nossa cidade ou não.

 

E por falar em Aracaju encontramos na sua parte mais antiga e esquecida uma linda paisagem ribeirinha. Uma cidade bucólica com resquícios de “Bolo de Noiva”, como diria Mário de Andrade.  A Aracaju da Rua da Frente, do Bairro Industrial, da Colina do Santo Antonio… do domingo na Praça e Natal no Parque. Deliciosa para se viver.
Praias do aracaju-Redescobrindo Sergipe-foto Ana Libório

Comentários