Café Pequeno-Não é mais segredo

0

Morei anos no Rio e nunca me animei a ir assistir um desfile na  Marquês de Sapucaí. Todo carnaval geralmente viajávamos para acampar ou estava de férias em Sergipe.

 

Mas a recusa em assistir ao grandioso espetáculo tinha, também, um quê de contestação e atitude. Estudantes de arquitetura, achávamos que Niemayer e Darcy Ribeiro haviam enquadrado o samba com a criação do Sambódromo.

 

Também nunca tive paciência de encarar, noite adentro, o desfile pela TV. Achava tudo igual e maçante. Sempre preferi o ritmo e a espontaneidade do carnaval de rua de Olinda.

 

Mas eis que esse ano, por acaso, me detive e por sorte assisti ao desfile da Unidos da Tijuca e choquei. Nunca vi nada igual àquela mágica comissão de frente.

 

Realmente não à toa o desfile das escolas de samba cariocas é considerado um dos maiores espetáculos da terra, fora a poderosa indústria artesanal que movimenta.

 

Pena que o Fantástico, com a sua histórica mania de Mister M, tratou de desvendar o encanto da magia e entregou o segredo.

 

Mas o grande segredo foi mesmo revelado pelo carnavalesco Paulo Barros ao assumir a parceria com um menino de 15 anos, através da Orkut, na inspiração do enredo.

 

É, realmente não podemos subestimar o poder da web na revelação de talentos precoces e ficar atentos às oportunidades que podem surgir como num passe de mágica.

 

Aeroporto Santos Dumont – Rio – Foto Ana Libório

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários