Carnaval com diversão e consciência

0

Temos algumas considerações para poder cair na folia nesses dias de folga. Aracaju é uma cidade tranquila e hospitaleira para aproveitar os dias de carnaval, ora descansando ora curtindo essa celebração popular. A chuva também chegou com os feriados e espero não desanimar os foliões.

Já é Carnaval. Estamos num período de festa com danças e manifestações de alegria. Os festejos populares por serem de grande proporção, há aglomerações de pessoas e dependendo da conduta do povo esse período tanto pode ser benéfico como desagradável. Cada cidade tem o seu modo de festejar, de acordo com os seus costumes, mas quem deseja se divertir no carnaval, tem de ser consequente e usar o bom senso para não prejudicar a sua vida e nem a das outras pessoas, que também desejam se divertir.

Muitas pessoas são discriminadas por não desejarem cair na folia. Quem pensa assim, lembre-se que temos os mesmos direitos e deveres.

O primeiro é respeitar quem deseja descansar, por isso, deve ser evitada a poluição sonora. O vizinho deve lembrar que não é o único nessa festa e baixar o volume do aparelho de som.

Uma maneira de se divertir é se fantasiando. O que vale é a criatividade e a curtição de se vestir da maneira que desejar, encarando personagens famosos, de filmes, novelas, desenhos animados, super-heróis e de profissões.                                                                                                                                                           

Encontramos nas lojas muitas perucas e máscaras e óculos originais e divertidos. Neste ano os que mais se destacaram foram as máscaras da dupla de grande sucesso do Zorra Total na TV, Valéria e Janete.

Jamais pegue no volante bêbado. Se beber não dirija, vá e volte de carona ou taxi. Todos os dias vêem tragédias com pessoas inconsequentes que utilizam bebidas alcoólicas e dirigiem desgovernadamente seus carros.

Não compre bebidas que estejam danificadas, sem o lacre de segurança e também não receba bebidas de estranhos. Evite o excesso de bebida, você sabe quando começa a se sentir mal, esse é o momento de tomar água para poder ficar sóbrio. Coma moderadamente produtos saudáveis.

Durante o período de carnaval, muitas pessoas consomem bebidas alcoólicas exageradamente e fazem das ruas e calçadas de banheiro. Os banheiros públicos disponíveis parecem que não dão conta do recado ou a pessoa tem preguiça de chegar até o local destinado para as necessidades fisiológicas.

Existem pessoas de má fé que aproveitam essa ocasião para cometerem infrações de conduta. Uma delas é o roubo, utilizando armas de fogo e facas. Esperamos contar com o nosso policiamento militar. Aracaju tem um grande esquema de policiamento, segundo o Comando do Policiamento Militar da Capital, conforme divulga em seu site. Irão existir policiais militares atendendo as demandas do carnaval da capital e interior e um reforço especial para o tradicional Rasgadinho. Veja os telefones disponibilizados no portal da PM: Coronel Enilson Aragão, Comandante do Policiamento Militar da Capital: (79) 8816-6001.Tenente Coronel Adolfo Menezes, comandante do 8º Batalhão de Polícia Comunitária: (79) 8816-6013 [sobre o bloco Rasgadinho].

Deixe as jóias em casa, use somente bijuterias. Os ladrões ficam encantados com óculos e carteiras e ainda aparelhos eletrônicos. Leve somente um documento original ou cópia xerográfica da carteira de identidade e algum dinheiro.

Para quem vai viajar, deve pegar a estrada com muita atenção e cautela para não causar danos irreparáveis. A Polícia Rodoviária Federal lançou uma ação educativa para a Operação Carnaval 2012 para  conscientizar os condutores que atitudes imprudentes como desrespeito à sinalização, excesso de velocidade, ultrapassagens indevidas e a mistura álcool e direção, tem o potencial ofensivo tão perigoso quanto o de uma arma de fogo. Eles estão atentos educando e fiscalizando. Temos que lembrar que as nossas transgressões atingem também a terceiros. Os telefones da Polícia Militar rodoviária para comunicação de urgências ou emergências são 190 ou 198.

Para quem deseja ter relacionamento amoroso, meu querido professor e atual Coordenador do Programa Estadual de DST/Aids, Dr. Almir Santana, ensina que leve seu preservativo com você e não abra mão dele, porque poderá se envolver em situações de risco que trarão sérias conseqüências, como gravidez indesejada (os chamados “filhos do carnaval”), infecção pelo HIV (vírus da AIDS), infecção pelo HPV (vírus causador de verrugas genitais e até câncer), hepatites virais, sífilis e outras Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST). Ele enfatiza que as pessoas que exageram na bebida e utilizam outras drogas mudam seu comportamento e devem priorizar as medidas de prevenção tendo sempre a camisinha.

Um alerta aos foliões para não usarem o lança perfume e o cheirinho de loló (usadas através de inalação pelo nariz e boca ), pois são substâncias químicas tóxicas e trazem conseqüências como perturbação (falha auditiva e visual), depressão cerebral, inconsciência, queda de pressão, convulsões,  taquicardia, coma, podendo causar até a morte. O usuário pode ser também apenado em seis a dois anos de detenção.

A estrela do nosso carnaval é o Bloco Rasgadinho, criado por Leopoldo dos Santos em 1962. Hoje ele tem 50 anos de existência. Atualmente Robson Viana resgatou o Rasgadinho organizando uma festa de maior proporção e trazendo grandes atrações como Moraes Moreira e artista da terra como Naurêa. Podemos ver bandinhas de frevo, marchas carnavalescas, grandes bonecos, pessoas fantasiadas, arrastando foliões pelos bairros Cirurgia, Getúlio Vargas e Centro. Com o grande apoio da Prefeitura Municipal, o desfile do Rasgadinho atrai os sergipanos e turistas para a nossa cidade que desejam curtir as marchinhas dos antigos carnavais com animação e tranqüilidade.

O Barco do Forró vai virar Barco do Carnaval neste período com dois horários de saída nas águas do rio Sergipe no Píer do Crase, às  10h e às 15h, levando muito frevo aos turistas.

Os blocos de rua estão animando toda a cidade. Existem os blocos da Liga Oficial como Mão Terra e Colombinas; Os Blocos Independentes, como Afoxé Akuerany e Antônio Meu Santo; das associações de Bloco como, Os Indomáveis e Abusadinho.
Eles fazem a alegria das pessoas que os assistem e participam dessa comemoração carnavalesca. Paulo Roberto do Nascimento é um folião animado, de bem com a vida, que valoriza as tradições. Ele já desfilou nas escolas de Samba da época de 1960: Escola de Samba Império Serrano do bairro cirurgia, Acadêmicos do samba do bairro industrial, Bloco Rebu e foi passista com muita honra. Ele diz que as torcidas vibravam e jogavam muitos confetes e serpentinas nas escolas de samba preferidas.

cheekyDesejo um período de paz e muita alegria pra todos e curtam o carnaval de forma consciente! 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais