Ciclistas esquecidos

0

Com mais de 50 quilômetros de ciclovias, Aracaju poderia ser um exemplo para o Brasil. Não é porque, além das obras físicas, não implantou uma política de proteção aos milhares de ciclistas que arriscam as vidas ao pedalarem no meio de um trânsito violento. O transporte muito mais sustentável, eficiente, limpo e não violento é marginalizado em nossa capital. Alguém já viu em Aracaju uma única campanha educativa sobre o uso da bicicleta? De que adiantam as ciclovias se o ciclista não é orientado a usá-las e se os deseducados motoristas não respeitam esse importante meio de transporte? Diariamente, são registrados acidentes contra os corajosos usuários de bicicletas, mas as mortes destes não passam de frias estatísticas policiais. Pior é que essa triste realidade vai perdurar enquanto as autoridades de trânsito, especialmente a SMTT, não atentarem que a violência e o descaso contra o ciclista são uma questão social.

Não gostou

O candidato a governador Jackson Barreto (PMDB) não gostou nadica de nada da forma como foi conduzida a entrevista concedida por ele à TV Sergipe: “Ao invés de abordar as propostas de governo, principalmente quando se trata de um candidato à reeleição, a TV preferiu relembrar assuntos que aconteceram há mais de 30 anos, de processos que já nem respondo, porque fui absolvido em todos”, reagiu Jackson após a sabatina.

Não apareceu

Com o título acima, a coluna Periscópio do Jornal da Cidade publica hoje a seguinte nota: “O deputado federal Mendonça Prado (DEM) não apareceu ontem no programa eleitoral. A coluna apurou que ele gravou o comercial, mas foi vetado pela coligação por não ter pedido voto para Eduardo Amorim. Resta saber se Mendonça ficará fora do ar durante todo o período da propaganda eleitoral”. É, só Jesus na causa!

Candidato fujão

Aquele que foi eleito
Já vai logo viajando
E o povo procurando
Assim que termina o pleito.
Procuram de todo jeito
Mas ninguém acha o fujão
E assim vem a frustração
De cada um militante.
Mas isso é fato constante
Quando acaba a apuração.

O cordel acima é do poeta nordestino Mundim do Vale.

Uso da máquina

Deputados da oposição denunciaram ontem na Assembleia uma suposta distribuição de carteiras de motoristas no interior de Sergipe. Gilmar Carvalho (SDD) chegou a afirmar que possui gravações de pessoas beneficiadas pelo esquema que visa beneficiar candidatos a cargos eletivos. Tanto ele, quanto os deputado Augusto Bezerra (DEM) e Venâncio Fonseca (PP) prometeram pedir providência à Justiça Eleitoral contra o que chamam de uso político eleitoreiro do Detran.

Maldade

O vereador Emmanuel Nascimento (PT) está tiririca com o prefeito João Alves Filho (DEM), que revogou uma lei de autoria do petista que isentava os servidores da Prefeitura de Aracaju do pagamento do ITBI. Aprovada em 1989, a lei foi eliminada por outra aprovada quase na calada da noite pela Câmara de Vereadores junto com aquele pacote de 17 projetos do Executivo. “A Prefeitura apunhalou com força os servidores, que agora terão de pagar o Imposto de Transmissão de Bens e Imóveis”, reclama Nascimento.

Borrachudos

Sergipe é o 3º do país no ranking de cheques sem fundo. Levantamento da Serasa mostra que nos primeiros sete meses deste ano 10,10% de todos os cheques passados no Estado não tinham provisão de saldo. Sergipe só fica atrás de Roraima (12,13%) e do Amapá (10,52%). Por sua vez, o Amazonas registrou no período o menor percentual de ‘borrachudos’: 1,15%.

Trânsito louco

A vereadora governista Daniela Fortes (PR) pediu ontem providências à Prefeitura para melhorar o confuso trânsito de Aracaju: “Falar de mobilidade urbana é falar de teste de paciência. Nosso trânsito tem se tornado um dos grandes problemas da cidade”, frisou. Esperançosa, Daniela disse esperar que o prefeito João Alves Filho (DEM) implante logo o prometido BRT (Bus Rapid Transit – Transporte Rápido por Ônibus). Será que sai?

Dados eleitorais

Visando disponibilizar a pesquisadores e demais interessados dados brutos e detalhados das eleições realizadas em todo o país, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) criou o Projeto Memória Eleitoral. A iniciativa possibilita obter resultados das eleições de 1945 a 2012; e dados dos candidatos de 1945 a 2014. Em resumo, o projeto abrange 17 eleições, mais de 83 mil candidatos, 69 partidos políticos e nove cargos (apenas não estão os cargos das eleições municipais, isto é, os de prefeito e vereador).

Os diferentes

Entre os candidatos a deputado estadual por Sergipe existem aqueles que vão chamar sua atenção no horário eleitoral gratuito pelos apelidos registrados no TRE. Conheça algumas das alcunhas cujos donos estão de olho em seu voto: Cabeça, Babí, Baiano, Blackmalê, Danilo Astral, Dedé das Domésticas, Dentinho, Dois Anjos, Edmilson do Pastel, Empreguete, Grilo, Lobo, Papai Noel, Popai Eventos, Rolinha, Zacão do Povo, Shaullin e Tiririca de Aracaju. Tens preferência por algum?

Na terrinha

E quem está hoje em Aracaju é o candidato a presidente da República Mário Iasi (PCB). Vem conversar com os comunistas sergipanos sobre a campanha eleitoral e fazer corpo a corpo em alguns pontos da capital, como o mercado central. Dentre as propostas de campanha do presidenciável comunista destaca-se a extinção da Polícia Militar que, segundo ele, “produz um genocídio, principalmente de pretos e pobres”.

Recorte de jornal

Publicado no Correio de Aracaju em 6 de janeiro de 1911

Resumo dos Jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais