Da onda eleitoral do “já ganhou” a grande safra de kiwi

0

Quem já leu Montesquieu sabe como ele soube usar seus escritos para ironizar como ninguém o contexto político da sua época. Em um dos seus textos ele escreveu: “O calor do clima pode ser tão excessivo que o corpo perde todo o vigor. A prostração alcança, dessa maneira, até mesmo o espírito: nenhuma curiosidade ou nobreza de propósito, nenhum sentimento generoso. Todas as inclinações se tornam passivas, e a preguiça se confunde com a felicidade”.

 

Este pequeno texto cabe muito bem para o que está acontecendo atualmente na política de Sergipe. De um lado o atual governador, candidato à reeleição, com um percentual a frente de seu adversário principal, João Alves, nas pesquisas realizadas, mas que não dá motivos para cantar vitória antes do tempo.

 

Porém, alguns auxiliares e correligionários do atual governador estão agindo como se a eleição estivesse definida. Alguns ficam até com a raiva quando este jornalista analisa os fatos e diz que não há nenhuma garantia da vitória de Déda. Os mais afoitos e radicais ficam com raiva, mas a verdade é que alguns membros da situação estão na preguiça passiva (como definiu Montesquieu) confundido com a felicidade. A onda do já ganhou derrotou dezenas de políticos. A história está aí, para ninguém contestar.

 

Esquecem que do outro lado está nada mais, nada menos do que João Alves Filho. Político experiente que tem como meta nesta eleição visitar o máximo de povoados. João pode oferecer tudo às lideranças: de cargos a secretarias de Estado, passando a apoios políticos para 2012. Ele não é poder. E algumas lideranças, que hoje estão com Déda, não “engoliram” o estilo dele de fazer obras, na sua maioria esmagadora, diretamente pelo governo estadual, sem passar pelos cofres municipais. Aí o leitor já imagina como tem gente freqüentando dois palanques nesta campanha.

 

E enquanto vários assessores do governador sentam à mesa de restaurantes para discutir onde estarão no próximo ano, se em Sergipe ou em Brasília, João Alves caminha pelos povoados, não só comendo as famosas galinhas de capoeira, mas tendo como sobremesa uma fruta que começa a ser produzida no solo sergipano: o kiwi, que tem um marrom por fora, mas dentro é verdinha, verdinha.

 

Déda não tem garantia de vitória hoje, principalmente numa eleição que não terá 2º turno e qualquer braço cruzado será fatal. A produção de kiwi em Sergipe está crescendo assustadoramente este ano e já ameaça ultrapassar a safra da melancia de 2006.

 

Senado

Não é bom o clima na coligação governista na disputa pelo Senado. De um lado alguns reclamam que o candidato Amorim tem mais aliados adversários do governo que até “Deus duvida”. Do outro, alguns reclamam que o senador Valadares vem dando mais atenção aos candidatos a deputado estadual que apóiam Valadares Filho, dão como exemplo o caso de Aracaju. Enquanto isso, Machado e Albano “comem pelas beiradas”, como diz o sábio sertanejo.

 

Renunciou

E o advogado Evaldo Campos renunciou a candidatura já em fase de registro no TRE, a deputado federal. Ele era candidato pelo PV, na coligação com o PSDB.

 

Amanhã, coluna especial

Neste sábado, a coluna publica dois depoimentos de leitores sobre graves problemas que vivenciam diariamente em dois bairros importantes de Aracaju: Coroa do Meio e Atalaia. Vale a pena conferir.

 

SE será o 1º Estado com 100% de urnas biométricas em 2012

A convite do Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe, Des. Luiz Antônio Araújo Mendonça, estará visitando Aracaju hoje, 16, o ministro Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Ricardo Lewandowski. O Presidente do TSE chegará no início da tarde desta sexta-feira, no aeroporto de Aracaju, e seguirá direto para o Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe, onde visitará as instalações da sede e se reunirá com setores da administração a fim de tratar das eleições gerais de 2010. Em seguida, em sessão solene, com membros e servidores da corte do tribunal, firmará convênio no sentido de fazer com que Sergipe seja a primeira unidade da federação a usar 100% das urnas biométricas nas eleições de municipais de 2012.

 

Curso com empregado da VALE

No BGO do Comando do Corpo de Bombeiros do último dia 13, foi publicada a relação dos profissionais que estavam matriculados no no Curso de Resgate Técnico (CRT)  ministrado no QCG de 20 de junho a 10 de julho do corrente ano. Nada demais se na relação não constasse o nome de um empregado da VALE, empresa privada. Existe algum convênio entre o Corpo de Bombeiros e a empresa, formalizado como deve ser perante a lei? Se a VALE pode, todas as outras empresas privadas também podem.

 

IPM para apurar veracidade de prisão

A assessoria da PM de Sergipe informou que foi aberto um IPM para apurar a suposta prisão de um oficial da PM de Sergipe durante os festejos juninos na Bahia. Vão pedir informações a SSP da Bahia. Espera-se que tudo seja investigado e que as amizades (de lá e de cá) não prejudiquem a investigação. Aliás, se não aparecer nada o jeito é prender os profissionais da comunicação. Sai mais barato.

 

Afastamento do prefeito de Santo Amaro

Os advogados do Prefeito de Santo Amaro, Ivaldo Costa, entraram no último dia 13 medida cautelar contra a decisão judicial que pediu o afastamento do Prefeito e seu vice no dia 12/07. Dizia a conclusão do processo 507/2008 despachado pelo Exmo Juiz Eleitorial Dr. Pablo Moreno Carvalho da Luz: “”Postas as razões, julgo procedente a presente representação, aplicando aos representados as penas do art. 41-A da Lei 9.504/97, com a conseqüente cassação dos mandatos de Prefeito e Vice-Prefeito de Santo Amaro das Brotas conferidos aos representados José Ivaldo Costa e Genivaldo dos Santos, respectivamente, e a aplicação de multa de 10.000 (dez mil) UFIR em desfavor de cada um deles.”

 

Mais uma vitória à vista

A medida cautelar que tem numero 177854, foi distribuída e está nas mãos do juiz eleitoral Juvenal  Francisco da Rocha Neto, que, com certeza, deve dar ao caso e ao pleito a cara da Justiça Sergipana e a justiça que ele merece. O povo de Santo Amaro das Brotas espera ansioso, para mais uma vez comemorar a vitória da justiça contra o desmando, as tentativas de ameaças e o descaso com a coisa pública.

 

Banco é condenado por demora na fila em SE I

A 2a Câmara Cível do TJSE, em sessão ordinária, do dia 09.07, julgou o mérito da Apelação Civil 3015/2010, e condenou o Banco Bradesco S/A a pagar indenização por dano moral a cliente que ficou 46 minutos para ser atendido. Os desembargadores reformaram a decisão de 1º grau, que havia julgado improcedente o pedido.

 

Banco é condenado por demora na fila em SE II

O Relator, Juiz convocado, José dos Anjos, explicou em seu voto que o descumprimento da lei municipal que regula o tempo máximo de 15 minutos de espera em fila de banco e o desrespeito inequívoco que as instituições têm com o consumidor, por si só, gera o dever de indenizar. “Tais práticas adotadas pelas instituições financeiras no sentindo de, simplesmente, recusar a cumprir as medidas determinadas pela Lei Municipal 2.636, em pleno vigor desde 1998, frustram as disposições do art. 170, V da Constituição Federal – CF e do Código de Defesa do Consumidor”.

 

Tecnologia de SE no judiciário brasileiro I

Com a presença do desembargador federal Dr. Luiz Alberto Gurgel, presidente do Tribunal Regional Federal da 5a Região, com sede em Recife, foi lançado na manhã dessa quarta-feira o Sistema PJe – Processo Judicial Eletrônico, na seção da Justiça Federal em Sergipe. O sistema, que incorpora o estado da arte da tecnologia da informação, permite que os processos judiciais tramitem sem uso de papel, adotando o conceito “100% parperless”.

 

Tecnologia de SE no judiciário brasileiro II

Pelas suas características inovadoras e inéditas, o PJe está sendo recomendado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para todos o judiciário do país, incluindo os tribunais estaduais e a Justiça do Trabalho, muitos deles já tendo aderido a um amplo acordo de cooperação técnica liderado pelo próprio CNJ em torno da padronização do PJe. Um detalhe importante: esse sofisticado software foi desenvolvido integralmente por uma empresa sergipana, a INFOX Tecnologia da Informação, cujo corpo técnico é formado predominantemente por jovens sergipanos egressos da UFS e da UNIT. O fundador e sócio da empresa, para quem não sabe, é o secretário da Sedetec, Jorge Santana.

 

1º Debate público programático do PSOL

O partido Socialismo e Liberdade –  PSOL/SE realizará nesta noite, 16, o primeiro Debate Público Programático das candidaturas do partido para a disputa eleitoral 2010, com o tema “Avaliação do governo Déda”. O debate será realizado às 19hs no Sindicato dos Petroleiros de Sergipe – Sindipetro, localizado na Rua Siriri, n° 615, centro.

 

Saúde

O governador Marcelo Déda solicitou ao ministro da Saúde, José Gomes Temporão, o aumento do teto financeiro do estado. Com isto, o Governo do Estado pretende aumentar os recursos da União destinados ao custeio da saúde em Sergipe. O ministro prometeu avaliar a reivindicação.Entre as justificativas elencadas pelo governador destacam-se o volume de quase R$ 300 milhões de investimentos próprios que Sergipe alocou no orçamento estadual.

 

Hospital do Câncer

Na audiência, o governador inscreveu o projeto de construção do Hospital do Câncer de Sergipe no Fundo Nacional de Saúde. Com ele, o Governo pretende dispor de mais 164 leitos hospitalares para atendimento de pacientes, além de uma unidade de terapia intensiva, um hospital dia, urgência e emergência, entre outras conveniências.O governador solicitou, ainda, a mudança do porte das UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) Tipo III dos municípios de Porto da Folha, Simão Dias e Boquim, já que estas cidades já dispõem da capacidade instalada Tipo III.

 

CAPS Infantil em Socorro

O prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Fábio Henrique, inaugura nesta sexta-feira, às 11 horas, na avenida Perimetral C, S/N, o segundo Centro de Atendimento Psicossocial/Infantil (CAPS/Infantil) do Estado de Sergipe. A unidade, que vai receber o nome de CAPS São Domingos Sávio. O prefeito Fábio Henrique destacou a importância deste Centro de Atendimento para a população socorrense. “Esse é um marco para o município. O CAPS São Domingos Sávio vai trazer para crianças e jovens socorrenses uma perspectiva inovadora, com um atendimento moderno composto por dinâmicas e técnicas avançadas que serão empreendidas por nossos profissionais extremamente capacitados e preparados para realizar os atendimentos da melhor forma possível. Ou seja, teremos gente atendendo gente”, disse.

 

 

Nova desembargadora toma posse nessa sexta-feira

Acontece nessa sexta-feira, dia 16, às 10 horas, no Auditório do Pleno, no 8º andar do Palácio da Justiça a posse da Juíza Geni Silveira Schuster no cargo de desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe. Ela foi eleita por unanimidade, pelo Tribunal Pleno, mediante critério de antiguidade. A vaga que será ocupada pela juíza pertencia à Desembargadora Clara Leite de Rezende, que se aposentou compulsoriamente no mês de junho.

 

Comprometida e sensível

Segundo a Desª Corregedora, Aparecida Gama, a Dra. Geni Schuster sempre foi uma juíza comprometida e sensível em seus atos praticados no exercício da magistratura. Já para o Des. Netônio Machado, que relatou sua experiência como jurisdicionado, quando ainda atuava como advogado, a nova desembargadora, apesar de tímida, traz sempre reflexões importantes em seus julgamentos. “A Dra. Geni é uma juíza justa, eficiente, rápida e humana”, destacou o magistrado.

 

Advogada dos pobres

O Des. Edson Ulisses de Melo lembrou à época em que, ainda como funcionário do Banco do Nordeste, acompanhava o Tribunal do Júri, no qual atuava a Dra. Geni como defensora pública. “Ela atuava como advogada dos pobres quando a carreira não era nem remunerada”, explicou. O Des. Ricardo Múcio finalizou dizendo que apesar da promoção ser realizada pelo critério de antiguidade, a Dra. Geni cumpriria todos critérios subjetivos para assumir o cargo de desembargadora, caso a escolha fosse por merecimento.

 

Recorde na geração de empregos I

A economia sergipana foi responsável pela geração de 6.167 empregos com carteira assinada no primeiro semestre deste ano. Os números divulgados nesta quinta-feira, 15, pelo Ministério do Trabalho, com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), revelam que esse foi o melhor resultado para o período desde que o órgão começou a  realizar o levantamento. Somente em junho foram criadas 2.041 novas vagas, o que sinaliza  também um novo recorde para o mês.

 

Recorde na geração de empregos II

Para se ter idéia da importância desses números, no primeiro semestre de 2009, período marcado por grandes turbulências devido à crise econômica mundial, foi registrado o fechamento de 1.435 postos de trabalho. Em junho de 2009 o Ministério apontava a criação de 730 empregos em Sergipe. Nos últimos 12 meses já foram gerados 18.860 novos empregos,  um aumento de 8,4% em relação aos 12 meses anteriores. Desde janeiro de 2007 já foram  abertos 37.188 postos de trabalho.

 

Rali pelas ruas do povoado Areia Branca

A polícia de Sergipe fez ontem, 15, pela manhã, uma mega operação no Mosqueiro, mas precisamente no povoado Areia Branca para prender alguns assaltantes. A polícia pode perceber a situação delicada que passa os moradores, com ruas alagadas, cheias de buracos. Um verdadeiro rali, com água por todo lado.

 

Brega Night, dia 31, no Iate Clube

Vem aí uma festa que vai balançar a cidade. Dia 31 de julho, no Iate Clube, Brega Night, numa organização da turma de Nutrição da UFS e Dois A Formaturas. Prepara-se para dançar muito e abalar os corações ao som de Los Borrachos Enamorados, Rojão Diferente e Taty, a Loirinha do Arrocha.  Ingressos ao preço de R$ 15,00 a venda na Dois A Formaturas (rua N.S. do Socorro, 256, B. São José), Pizzaria Forno a Lenha (R. Niceu Dantas, 435, Atalaia) e loja Stalker no shopping Jardins.

 

Do leitor

Amanhã, 17, o blog retorna com o espaço do leitor.

 

ARTIGO

 

Carta aos comandantes da TV Sergipe – Cláudio Nunes

 

Não é necessário escrever sobre o básico da administração, onde toda empresa privada vive dos lucros. Porém a teoria não pode desprezar em hipótese alguma, o ser humano, suas experiências e conquistas, principalmente numa empresa que não tem déficit financeiro. Pode ter problemas de administração e até mesmo entre os sócios, mas nenhum sergipano, pensar que a TV Sergipe é deficitária. E não é. Pode necessitar de ajustes, mas que não sejam realizados de maneira cartesiana, descartando seres humanos como fator determinante e fundamental para o sucesso da empresa.

 

Este jornalista não deveria “meter o bico” num problema interno, mas a partir do momento que torna-se público, com diversos funcionários, ou melhor, na linguagem gerencial moderna, “colaboradores”, externam suas preocupações para amigos e familiares, começando a afetar não só o desempenho profissional, mas a qualidade do trabalho realizado para milhares de sergipanos é necessário que os acionistas deste empresa revejam urgentemente a forma como estão implantando novos conceitos administrativos na empresa que é referencia para Sergipe.

 

Como profissional da comunicação tive o prazer de trabalhar alguns meses na TV Sergipe, na produção do Bom Dia, num período de mudanças no telejornalismo com a chegada de José Carlos Andrade, irmão do então diretor geral de jornalismo da Rede Globo, Evandro de Andrade. De algumas semanas para cá, o relato de alguns colegas da TV Sergipe, de todas as áreas, é de o clima que chega à beira do “terrorismo” (como citou dois deles).  Tudo por conta de uma intervenção na parte administrativa que transformou o jornalismo na área principal, cortando gastos sem a menor preocupação com a qualidade, sem falar das demissões.

 

Fala-se que o interventor pretende implantar o modelo de que o cinegrafista é também o motorista. Não dá certo, é um risco além da perda da qualidade. A TV Sergipe tem em seus quadros não só profissionais qualificados, mas dedicados ao extremo. Como jornalista, sei disso e poderia relatar aqui os nomes de vários deles, não só colegas de profissão, mas da área técnica e administrativa.  O interventor acabou até mesmo com a tradição de 38 anos da empresa de pagar por quinzena. Nada ilegal, mas que deveria ser implantado previamente, para preparar os funcionários para a nova realidade. Sem falar em alguns funcionários que perderam gratificações e tiveram seus salários achatados.

 

O apelo aqui não é protecionismo, mas de um profissional da comunicação que sabe o que é labutar diariamente para sobreviver.  Que os acionistas sejam sensíveis para que a TV Sergipe não passe a retroceder no cenário do telejornalismo sergipano.

 

Que os acionistas da TV Sergipe não tomem este modesto texto como uma denúncia ou afronta as suas determinações. Tomem apenas como um apelo ao bom senso, após ouvir relatos de grandes profissionais com lágrimas descendo dos seus rostos. 

 

Que seja feita uma reflexão em nome de todos que fazem a TV Sergipe, de seus acionistas, do funcionário que faz o serviço geral, lembrando dos ensinamentos do seu fundador, Augusto Franco, um exemplo de dedicação e de um empresário de sucesso que jamais deixou de ser sensível com seus funcionários. Saúde e paz para todos.

 

Blog no twitter: www.twitter.com/blogclaudionun

Frase do Dia

“Quem entra no conclave como papa, acaba saindo como cardeal”. Juro que o blog não sabe o autor, mas que existe, existe.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários