Data Vênia Política

0
Georlize Teles: pronta para ser prefeita (foto: arquivo Portal Infonet)

ARACAJU. DELEPRÉCANDIDATAS. A “ronda” para capturar a chefia do executivo de Aracaju foi tema flagrante entre as delegadas Georlize Teles e Daniela Garcia que fizeram campanas nas emissoras de rádio. Daniela Garcia, pré-candidata do infante senador Alessandro Vieira, foi por deveras engolida pela genialidade do deputado/radialista Gilmar Carvalho, também pré-candidato, que em poucas interrogações engoliu a “bela” mostrando à sociedade que ser prefeito não é apenas investigar e sim ter o tino administrativo capaz de gerir às necessidades de quase 800 mil habitantes. Garcia quando colocada nos “termos de declaração” não conseguiu responder à pelo menos 80% das perguntas.

Daniela Garcia: candidata de Alexandro Vieira (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Pior ainda foi quando disse que tinha “informações”. Informações de que delegada? É preciso muita cautela nas colocações para que o uso do Estado não seja utilizado nas campanhas eleitorais. Contrário senso as entrevistas da delegada Georlize Teles (ex-Secretária de Segurança Pública do Estado). Centrada, pronta, experiente e serena respondeu com muita tranquilidade as perguntas a ela realizadas. Georlize transita como uma pluma entre os pares e se fosse a preferida do infante Alessandro teria mais sucesso. Enquanto isso haja procedimentos investigatórios eleitorais.

SOCORRO. PADRE INALDO X FH. O clima eleitoral em Socorro esquentou depois da festa de fevereiro. O padre Inaldo que vai para reeleição busca o apoio dos “chefes políticos” locais, mas sem muito sucesso. Enquanto isso Fábio Henrique desfila sua altura eleitoral pelos conjuntos e povoados da cidade de forma efetiva. Correndo por fora temos o deputado Samuel Carvalho que conta com o apoio evangélico e Kleverton Siqueira, ex-pupilo de FH, que acredita na extinta força do PT. Há também alguns candidatos nanicos, mas sem o repertório político. De longe, sempre bem-humorado, ex-prefeito Zé Franco, flerta com a política de help city, calculando onde deve por sua força política.

LAGARTO. A REELEIÇÃO DE HILDA RIBEIRO. A aniversariante da semana – Hilda – tem fortes chances de permanecer como prefeita de Lagarto. Inteligente e simpática trouxe uma gestão efetiva para o município, tendo o reconhecimento da população. Os Ribeiros e os Reis são verdadeiros amantes de política local e vão lutar com unhas e dentes nesse pleito, mas não devem esquecer do cabedal político de Valmir e Ibrain Monteiro. Pode-se dizer que esta eleição vai ser de “cobras e lagartos” e não de “Bole Bole e Saramandaia”.

SÃO CRISTÓVÃO. ADILSON JÚNIOR PRÉ. O vice-prefeito de São Cristóvão lançou sua candidatura a prefeito de São Cristóvão nesta semana, causando um frenesi na cidade e movimentação nos bastidores políticos. Por enquanto há três possíveis pleiteantes: Marcos Santana (reeleição), Armando Batalha e Adilson Júnior, podendo aparecer mais outros como o líder político Betão do Povo e a ex-prefeita e Batalha, Rivanda, que foi inocentada de todas as acusações referentes aos certames licitatórios.

FEIRA NOVA. PAINHO DESMOTIVADO. O atual prefeito de Feira Nova, popularmente conhecido como Painho, já comunicou às lideranças políticas locais que até presente data não tem interesse de ir à reeleição e apenas iria se houvesse união entre a situação e oposição. No mais, Painho nesses três anos à frente da prefeitura mostrou que é um excelente administrador e saneou muitas das dívidas do município.

BOQUIM. JÚNIOR FONTES QUER SER MAJORITÁRIO. O vereador Júnior Fontes tem apoio irrestrito do PDT para ser candidato majoritário em Boquim. Fontes hoje faz oposição ao prefeito Eraldo, conhecido como Liso, mas também não descarta a possibilidade de uma possível união com o grupo de Pedro Barbosa desde que esteja na chapa majoritária. Formado em direito e pós-graduado em Ambiental tem sido um dos mais atuantes vereadores de Boquim.

Henri Clay: estou pronto para governar Aracaju (Foto: Arquivo Portal Infonet)

ARACAJU. HENRI CLAY É PRÉCANDIDATO. O advogado Henry Clay Andrade também lançou sua pré-candidatura nas redes sociais e desde o fim do último pleito passado não parou. Visita comunidades, faz reuniões políticas, realiza encontros sociais e mantém contato com diversas lideranças. Henry Clay foi o segundo mais votado em Aracaju para o senado federal o que o capacita à disputa. Faltou-lhe apenas uma assessoria mais efetiva, pois trabalhou sua campanha em apenas três meses. Deve ter aprendido o múnus e vem com força total.

TOBIAS BARRETO. DILSON DE AGRIPINO É A SOLUÇÃO. A política de Tobias Barreto também está esquentando. O atual prefeito Diógenes não vem agradando os munícipes devido às ingerências familiares que acontecem no cotidiano tobiense. Isso fez como que diversas lideranças de TB migrassem para o grupo de Dilson de Agripino que quando prefeito fez um excelente trabalho calcado em muita ética e honestidade.

POÇO VERDE. ALEXANDRE FIGUEIREDO COM POSSIBILIDADES. O secretário do Transparência do Estado, o advogado Alexandre Figueiredo, está recebendo convites para se candidatar a prefeito da cidade de Poço Verde. Figueiredo que é o 2o. suplente de deputado federal não descarta a possibilidade, mas prefere aguardar os acordos políticos para não tomar uma decisão precipitada. Enquanto isso não acontece o advogado Milton Eduardo visita as comunidades em busca de apoio para o cargo majoritário.

JAPARATUBA. SIZE DA SAÚDE VAI PARA O PT. A vereadora Size da Saúde deve se filiar ao PT na abertura da janela com a finalidade de disputar a prefeitura de Japaratuba. Com cinco mandatos de vereadora, Size tem apoio de grande parte da oposição que já costura um grupo para o enfrentamento político contra os Mouras. Outro lugar que a política local vai pegar fogo, até porque, os históricos do município demonstram acirramentos e muitas representações eleitorais.

SANTANA DE SÃO FRANCISCO. BALAIO DE GATO. O presidente municipal do PSD, Robertinho, lançou a pré-candidatura da ex-prefeita Dona Preta pelo PSD. Acontece que o governador Belivaldo Chagas convidou Ricardo Roriz para ser o candidato a majoritário no município pelo PSD. E agora José? Quem vai? Dona Preta ou Roriz.? Um balaio de gato.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários