Dor e revolta

0

O País inteiro parou ontem diante dos aparelhos de TV para assistir o drama dos familiares das vítimas do atirador Wellington Menezes, que entrou numa escola no Rio de Janeiro, matou 12 adolescentes, feriu outros 12 e depois se suicidou. A dor e a revolta eram visíveis nos rostos de cada telespectador. Todos se perguntavam por que alguém comete tamanha barbaridade. Se queria chamar a atenção para si, Wellington conseguiu: todos os jornais do país publicam hoje a chacina como a principal manchete, as televisões e emissoras de rádio permanecem abrindo generosos espaços ao fato, que também foi notícia em todo o mundo. Tomara que a atitude monstruosa do atirador carioca não sirva de exemplo a outros jovens brasileiros para que não tenhamos que chorar por outros inocentes.

 

Biometria

 

E quem desembarca em Aracaju na próxima segunda-feira é o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Ricardo Lewandoviki. Vem discutir com os integrantes do Tribunal Regional Eleitoral a implantação do programa de biometria, que já deverá funcionar nas eleições do próximo ano. Depois da reunião, marcada às 9h, o ministro concederá entrevista à imprensa.

 

Deixou o muro

 

O empresário Augusto Franco Neto abandonou o muro tucano ontem ao se desfiliar oficialmente do PSDB, que em Sergipe é presidido por seu tio Albano Franco.  Augusto, que é superintendente do Sistema Atalaia de Comunicação, não deu explicações sobre a sua decisão de deixar o PSDB, mas nas rodas políticas comenta-se que ele vai ingressar em outro partido com o objetivo de disputar um cargo eletivo. Aguardemos, portanto!

 

Dia de Fórum

 

Perde tempo quem procurar hoje os prefeitos sergipanos em seus municípios. É que todos eles estão no Resort Dioro, na Barra dos Coqueiros, participando do I Fórum de Prefeitos de Sergipe. O evento será prestigiado pelo governador Marcelo Déda (PT), que deverá ouvir uma série de reivindicações. Apesar de alegarem dificuldades para administrar seus municípios, os prefeitos resolveram realizar o Fórum num hotel de luxo, talvez para imitar o governo estadual, que promoveu evento idêntico naquele Resort, contando com a presença da presidente Dilma e de vários ministros.

 

Sem rumo

 

Ao explicar porque está trocando o PV pelo embrionário PSD, o deputado estadual Gustinho Ribeiro respondeu que deseja participar de um partido que sabe o caminho a seguir. Nas entrelinhas, o parlamentar deu a entender que o PV é uma legenda sem rumo. Além de Gustinho, também devem se filiar ao PSD os deputados estaduais Luiz Mitidieri e Susana Azevedo, que deixarão, respectivamente, o PSDB e o PSC.

 

Turismo no café

 

O secretário estadual do Turismo, Elber Batalha, e o diretor presidente da Emsetur, José Roberto de Lima, são os convidados da primeira edição do Café com Negócios de 2011. Promovido pela Associação Comercial e Empresarial de Sergipe, o encontro acontece na manhã de hoje no Mercure Hotel. O tema em debate será “O Turismo em Sergipe: resultados e desafios”. Além de falar dos trabalhos, os dois palestrantes vão expôr os projetos elaborados para o próximo período de alta estação, com destaque para os festejos juninos.

 

Braços cruzados

Os professores da rede estadual farão uma paralisação de advertência na próxima quarta-feira, conforme ficou decidido ontem na assembléia da categoria. O objetivo é exigir o cumprimento da lei do piso no tocante ao reajuste anual. Hoje o valor do piso é de R$1.187. Durante a paralisação, vão acontecer atos públicos em Lagarto, Estância, Nossa Senhora da Glória, Neópolis e Itabaiana. Os professores das redes municipais das cinco regiões onde não houve revisão do piso também participaram dos atos.

Carira-Glória

 

O governador Marcelo Déda (PT) inaugura hoje à tarde a rodovia estadual Mário Jorge Motta Melo, que liga os municípios de Carira e Nossa Senhora da Glória e a ponte José Iran Dutra. A via possui uma extensão de 46 quilômetros, enquanto a ponte tem a extensão de 60 metros e 10,60 metros de largura. Além de ligar dois importantes pólos pecuários e agrícolas, facilitando o escoamento da produção, a rodovia facilitará o acesso aos povoados Lagoa Bonita, Aningas e Angico, todos em Nossa Senhora da Glória.

 

Faz dó

 

É lastimável a crise vivida pelo Clube Sportivo Sergipe. Ontem, em pleno Batistão, o time vermelhinho perdeu por 6 a 1 do River Plate e amarga a segunda pior colocação na tabela do campeonato sergipano de futebol. Nem preciso dizer que a torcida ficou rubra de raiva e deixou o estádio dizendo cobras e lagartos da direção e do time goleado. A continuar assim, o Sergipe corre o risco de cair para a segunda divisão. Que horror!

 

Do baú político

 

Quando era juiz eleitoral de Boquim, o magistrado Diógenes Barreto proibiu boca de urna e o uso de camisas e bonés com propaganda de candidatos, práticas comuns naquela época. Todas as lideranças políticas foram informadas da decisão e a Polícia orientada para prender quem tentasse desrespeitá-la. Mal começou a votação, o juiz foi informado pelo delegado sobre a prisão de uma liderança sindical. O moço não apenas vestiu uma camisa com propaganda de um candidato, como foi para a porta de uma sessão pedir votos escancaradamente. No meio da tarde, Diógenes pediu que levassem o infrator à sua sala para ouvi-lo e, se fosse o caso, liberá-lo para votar. Ficou surpreso com a explicação do líder sindical, que até agradeceu por ter sido mantido na delegacia até aquela hora: “Doutor, decidi fazer boca de urna porque sabia que seria preso. É que acertei apoiar três candidatos de partidos diferentes. Preso, não tive como ‘trabalhar’, o que significa que nenhum deles vai poder cobrar os votos prometidos por mim”.

 

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais