Dos avexados e a candidatura “na vera” de Albano

0

 

Quem teve a sorte de ter uma infância na rua, jogando bola, pião e disputando bola de gude (bola de marraio), sabe que no Nordeste, as crianças (infelizmente, tinham) uma expressão bastante utilizada nas brincadeiras: “agora é na vera”. Ou seja, agora o jogo é prá valer. Ninguém de um lado e de outro e parte da imprensa (inclusive este jornalista que chegou a abrir apostas com os leitores, ainda bem que ninguém quis apostar) acreditava numa candidatura de Albano ao Senado Federal.

Vários analistas já escreveram sobre a entrada de Albano Franco na disputa para o Senado Federal, sobre diversos pontos de vistas, mas esqueceram de um detalhe importante: desde 2006, Albano Franco vem sendo estimulado para ser candidato ao Senado Federal pelo atual grupo da situação, comandado pelo governador Marcelo Déda. Quem lembra que às vésperas das decisões das convenções partidárias em 2006, lideranças da então oposição, comandadas por Déda, esperavam uma candidatura de Albano independente ao Senado? O blog não esquece que um dia de domingo, na fazenda de Luiz Eduardo Costa, em Canindé, Albano Franco foi comunicar a Déda e Cia, que não poderia ser candidato ao Senado e marcharia com João Alves Filho, sendo candidato a Câmara dos Deputados. Aquela decisão de Albano, rachou o PSDB e ele perdeu aliados de longas décadas, como Jorge Araújo, Bosco Costa e Ulices Andrade.

Por esperarem a candidatura de Albano ao Senado em 2006, até o último minuto das convenções, o grupo comandado por Déda fragilizou a candidatura de Zé Eduardo, que foi a última a ser lançada. O petista perdeu para Maria do Carmo apenas por 26 mil votos. Lembrando que Déda venceu João Alves por uma diferença de 74 mil votos.

E o estimulo a Albano continuou ainda este ano. Quando ele decidiu não apoiar João Alves o grupo de Déda comemorou muito. Albano criou um “lenga lenga” tão grande que deixou muita gente “aperriada”. Mas o que o grupo de Déda não esperava é que Albano tivesse “invocado” e coloca-se sua candidatura na rua “na vera”. Pelo “alvoroço” criado parece que era para ser apenas um “engodo” e nada mais. Pensavam que ele ia “pedir pinico”, ou seja, pedir para sair.

Porém, Albano “tomou gosto”, e agora está, como se diz “nem xite” para os outros candidatos. Então, está claro que o estimulo maior para ser candidato ao Senado, Albano Franco tem desde 2006 do atual grupo da situação. Ou este jornalista está mentindo?

Déda e seu grupo estão “avexados” porque não esperavam que Albano Franco levasse a candidatura “na vera”. E o tucano “tá com a gota-serena” no interior, passando por cima de tudo e de todos.

Uma coisa é certa, esse “salseiro” todo gerado pela candidatura de Albano, levantou a campanha para o Senado que parecia definida antes mesmo da campanha eleitoral. Eitá que a eleição “tá pai d`égua”, ou seja, tá boa demais…

Frase para reflexão

Para os candidatos este ano: “Como seríamos melhores sem o receio de sermos enganados!”.  Jules Renard.

 

Sessões reiniciadas

Alguém precisa avisar aos deputados João da Graças, Armando Batalha e Conceição Vieira que as sessões na Assembleia Legislativa já foram reiniciadas. Eles passaram a primeira semana de trabalho todinha sem colocar os pés no plenário.

 

TRE defere todas as candidaturas ao governo.

O Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe, atualizou neste sábado, 07, o site com a divulgação dos registros de candidaturas. Para o governo estadual, todos os sete candidatos foram deferidos, assim como seus respectivos candidatos a vice-governadores.

 

Para o Senado, dois têm problemas.

Para o Senado Federal, doze dos quatorze candidatos tiveram suas candidaturas deferidas.  O candidato do PSTU, Leandro, teve a candidatura indeferida, mas ainda tem um recurso para ser julgado. Já Antônio Leite, do PV, tem impugnação.

 

Deputados federais

Para deputado federal, dos 65 candidatos, apenas  cinco tiveram suas candidaturas indeferidas. São eles Claudionor Pequeno (PV), Flávio (PCB), Manoel Marcos (DEM), Andrea Braccho (PP) e Suzanni (PRTB). O deputado estadual Rogério Carvalho teve sua candidatura deferida, mas com recurso. Três deles renunciaram suas candidaturas: Cláudia Rodrigues (PV), Evaldo Campos (PV) e sargento Valfran (PSDB).

 

Deputados estaduais

Dos 140 candidatos registrados para a Assembleia Legislativa oito foram indeferidos: Timoteo (PSDB), Cristovão Cordeiro (PV), Nado do Coco (PRTB), Jadeckson (PSDC), Adriano Cruz (PCB), Renatinho (PMDB), Rola (PRB), Rubens Exator (PTdoB). Um deferido com recurso: Costa (PRB) e um indeferido com recurso, Toeta (PSTU).

 

Sukita atrapalha aliança

O prefeito de Capela, Sukita, do PSB, trabalha para que a aliança governista seja rompida. No último sábado convidou Albano Franco para a inauguração do comitê com a presença de Déda, Jackson e Valadares. Os três não aceitaram a presença de Albano no local e não foram para a inauguração do comitê.

 

Sukita é ligado a André Moura

No município comenta-se que Sukita tem um grande amizade com André Moura e apóia Valadares Filho, mas liberou várias lideranças para apoiar a candidatura dele a deputado federal. Há poucas semanas a mulher de Sukita, foi indicada para a superintendência da Codevasf em Sergipe, fato que desgastou bastante o senador Valadares, já que ela não tem experiência na área, como os técnicos anteriores.

 

Valadares surpreso

Do senador Valadares, no twitter: “Sukita me disse, quinta-feira, que abriria o comitê no sábado em Capela só c/a minha presença Valadares Filho, JB e Déda.Fomos surpreendidos”.

 

Água retorna do povoado Saco da Camisa

A população do povoado Saco da Camisa, em Poço Verde, já tem água nas torneiras. A Deso vem investigando um boicote no local, inclusive com o fechamento de um registro por maldade para prejudicar a empresa.

 

O Cacho do Negão

Amigos de Emanoel Cacho, candidato ao Senado pelo PPS, numa roda com a presença dele, no Shopping Riomar, na última sexta-feira, à noite, sugeriram que ele mude o slogan para confrontar com o de Machado que é “O senador do Negão”. Os amigos sugeriram “O Cacho do Negão”.

 

Os Prelos que “Gemem” e os gemidos” do jornalista

O jornalista Luiz Eduardo Costa escreve sobre o senador Almeida Lima e os textos agressivos contra os jornalistas Ivan Valença e Cláudio Nunes. http://bit.ly/b5wiqP

 

Agenda João Alves

Inauguração do Comitê Central de João Alves, nesta segunda-feira, às 19 horas, na Av. Barão de Maruim, próximo à Praça da Bandeira.

 

Agenda Marcelo Déda

Grande Plenária de Mobilização, às 15h, no Iate Clube, em Aracaju.

 

Carreata na Barra

Carreata da coligação ‘Pra Sergipe Continuar Seguindo em Frente’ passou pelas ruas do município da Barra comandados pelo governador Marcelo Déda (PT), acompanhado de seu vice-governador Jackson Barreto e dos candidatos ao Senado Federal Eduardo Amorim (PSC) e Antônio Carlos Valadares (PSB), além do coordenador da campanha de Déda e Dilma em Sergipe e vice-prefeito de Aracaju Silvio Santos.O governador iniciou a carreata em frente ao Fórum do município fazendo uma homenagem ao Dia dos Pais.  “Aos pais que estão na mobilização, aos que estão em casa, minha oração a todos, em especial ao meu pai, Sr. Manuel Celestino, de 85 anos”.

 

Desapontado

Com um ar de desapontamento, o vereador Emerson Ferreira (PT) disse na sua volta aos trabalhos da Câmara Municipal de Vereadores que o poder econômico está sendo o grande definidor deste processo eleitoral. ?Infelizmente, quando este decide uma eleição, os interesses da população ficam em último lugar?, disse Dr. Emerson. Ele enfatizou ainda a importância do voto livre e consciente do cidadão politizado para mudar esse processo.

 

Enganação

Pelo visto, entra semestre e sai semestre e os deputados do DEM na Assembleia Legislativa, Augusto Bezerra e Goreti Reis, continuam injetando doses de enganação em dezenas de senhores e senhoras que há 15 anos aderiram ao PDV do Estado e agora tentam voltar ao trabalho. Os deputados sabem que o projeto é inconstitucional, já que o acesso ao quadro funcional do Estado é através de concurso público. Mesmo assim insistem na tese e todos os dias levam alguns velhinhos e velhinhas para o plenário da Assembleia a fim de pressionar os demais parlamentares.

 

Caso diferente

Mas isso não passa de uma enganação. Quem saiu no PDV não tem direito ao retorno. E não adianta dizer que em outros Estados isso já aconteceu, porque no caso do Piauí, onde centenas de servidores demitidos regressaram, a forma foi totalmente diferente. Lá, os servidores demitidos tinham uma causa trabalhista tramitando na Justiça e o governo achou por bem reintegrá-los. Em Sergipe não existe sequer uma ação trabalhista referente ao PDV, até porque a validade judicial já teria expirado há muito tempo.

 

Projeto Estratégico de Gestão Efetiva de Comarcas e Varas

Garantir a excelência na gestão de Comarcas e Varas Judiciais. Este é um dos principais objetivos do Projeto de Gestão Efetiva de Comarcas e Varas Judiciais, desenvolvido pela Corregedoria Geral da Justiça – CGJ e integra o Planejamento Estratégico do Tribunal de Justiça de Sergipe – TJSE. O projeto visa também a uniformização de procedimentos no Poder Judiciário e a capacitação das unidades judiciárias com práticas de gestão cartorária, com a finalidade de garantir celeridade nos trâmites judiciais.

 

Revisão dos procedimentos

De acordo com o gestor do projeto e assessor de juiz da CGJ, Emerson Carvalho Santos, o foco inicial do projeto é revisar os procedimentos cartorários, permitindo a visualização de problemas para propor as correções necessárias. “A atividade jurisdicional não se restringe apenas aos julgamentos e despachos, o processo completo contempla também a efetividade das secretarias e cartórios”, esclareceu o gestor. Emerson Santos informou que após a aprovação do projeto de lei que criou a equipe de inspeção do projeto, que será formada por um chefe de divisão de apoio à Justiça, dois assessores de juiz e quinze técnicos judiciários, serão iniciados os trabalhos de levantamento das unidades jurisdicionais que apresentam taxas elevadas de congestionamento. “As equipes serão desmembradas em 05 subequipes com 03 integrantes para que a distribuição dos trabalhos e visitas in loco atinjam uma maior número de comarcas e varas”.

 

Inscrições no Programa BNB de Cultura 2011

 Termina na próxima sexta-feira, 13, o prazo para inscrições de projetos no Programa BNB de Cultura – Edição 2011 – Parceria BNDES. O Programa é uma linha de patrocínio direto do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), com a parceria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com dotação orçamentária de R$ 6 milhões, para apoio à produção e difusão da cultura do Nordeste e Norte de Minas Gerais e do Espírito Santo (área de atuação do BNB), mediante seleção pública de projetos. O edital contendo o regulamento do Programa e os respectivos formulários eletrônicos para inscrição de projetos, bem como as instruções para preenchimento e o modelo de relatório para prestação de contas, estão disponíveis no portal do BNB (www.bnb.gov.br).

 

DO LEITOR

 

O segundo voto

Do leitor Narcizo Machado Filho: “Nunca se viu na história política de Sergipe, uma disputa tão acirrada para o Senado da Republica. Sem sombra de dúvidas o prato “TraiKiwi” já faz parte do cardápio palaciano, não será servido com vinho e sim com “germantrair” (germana/traira) o problema é não tomar de mais e cambalear, cambalear, cambalear e cair no dia 3 de outubro. A nós, eleitor resta usar a coerência, sensibilidade e espírito democrático na hora de exercermos o nosso direito cívico de votar. São quatro candidatos com reais chance de vitória no pleito em 3 de outubro, e agora que o prato já foi bem degustado por ambos, é preciso acender o cachimbo da paz para não ser necessário falar em trairagem, crocodilagem ou coisa parecida, a campanha seguirá em frente todos atrás do seu próprio voto,vai sobrar para quem menos se espera. As coisas não estão fáceis nem para a situação e tão pouco para a oposição, vejam, durante a copa do mundo em um Bar bem frequentado da nossa capital, durante os jogos da seleção brasileira, foi feita uma pesquisa entre os assistentes e para surpresa, o resultado não foi melancia, deu kiwi, com poucas calorias e bastante vitamina C, com fim do inverno e a chegada do verão, essa fruta poderá se tornar a favorita dos sergipanos. A verdade é que com a candidatura de Deputado Federal Albano Franco ao Senado, trouxe dificuldade para a situação e oposição, não será fácil para o candidato a reeleição Marcelo Déda unificar o voto para o Senado, Albano é o segundo voto, onde tem Amorim tem Albano, ande tem Valadares tem Albano, onde tem Machado tem Albano. As intrigas dentro da chapa majoritária governamental vão facilitar e concretizar o segundo voto. O grupo Amorim continua firme na campanha, por lá o cachimbo da paz passou cedo, enquanto do lado do governo é preciso acender varias vezes, se não, alguém vai dormir eleito e acordar derrotado”.

 

Valadares e a situação em São Cristóvão

Da leitora Mel Viana: “Com a desistência do deputado Armando Batalha, em concorrer a sua reeleição para deputado estadual, a cidade de São Cristóvão ficou apenas com um candidato natural, que é o professor Wanderlê. Diante deste fato, mais que natural que o grupo do deputado, ficasse com a chapa ?puro sangue? para o senado. Valadares e Amorim. Só que às vezes, a experiência parece que vira prepotência ou arrogância. O fato é que vendo que poderia ter a sua candidatura impugnado e impedido de disputar uma vaga, Armando tratou de desistir e, achando que enganaria os seus eleitores, tomou como desculpas a sua preparação para em 2012, tentar voltar a prefeitura daquela cidade. Inclusive antecipando a própria disputa. E Valadares entrou direitinho nesse jogo e com isso perdeu em São Cristóvão a chance de ter o apoio do grupo de Wanderlê. Amorim e Albano serão os dois candidatos do grupo para o senado. E o pior de tudo, é que ainda Armando está levando Valadares para mais um suicídio, quando aceitou que o seu correligionário anunciasse apoio para Gilmar Carvalho, um dos articulistas em favor dos Amorins, contra o próprio Valadares em diversas cidades. Foram através do programa de Gilmar na Ilha FM e no NENOTICIAS, que muitas das vezes, ficou demonstrado as articulações contra Valadares.Se ao menos o candidato fosse o próprio Armando, se justificaria não querer ter o apoio de Wanderlê, mas para terceiros, e que terceiros, é mesmo muito esquisito querer cobrar coerências alheias. Erra três vezes. Erra quando aceita Armando tentar querer transferir votos para o hoje seu desafeto, erra quando permite que o seu correligionário antecipe as eleições de 2012 e erra quando ignora e subestima a força e o poder do grupo de Wandrelê. Quem deve está agradecido com certeza é Albano Franco”. Mel Viana.

 

O dono do posto não está nem aí pra vocês!!!”

Da leitora Waldênia Menezes, acadêmica de direito: “Recordo-me que há um tempo atrás um leitor fez uma queixa acerca da “sabedoria” de alguns postos de gasolina.Pois é, neste sábado também fui premiada com uma atitude dessas que merecem o carimbo “Made in Sergipe”. Fui abastecer o meu veículo no Posto Veneza, localizado na Avenida Santa Gleide e pedi à frentista que pusesse 30 reais de gasolina comum e avisei que era no cartão de crédito ,ao que a mesma respondeu que , de acordo com ordens expressas do dono do posto, no cartão só poderia ser gasolina aditivada,que por coincidência,era mais cara ( a comum custa 2,37 e a aditivada, 2,45 ) … Questionei o porquê e avisei que procuraria os meus direitos , ao que a debochada atendente usou a pérola ” O DONO DO POSTO NÃO ESTÁ NEM AÍ PRA VOCÊS!!!” , numa certeza férrea de que não existe punição a esse tipo de abuso para com o consumidor. No meu parco entendimento , sei que tenho o livre-arbítrio de escolher se compro o produto ou não , porém não havia publicidade de qualquer espécie indicando essa diferença, como também que a gasolina comum só seria vendida a dinheiro. Me senti ludibriada, pois fui literalmente induzida ao erro . Minha parte como consumidora consciente farei , atrasada ainda, pois por ser sábado à noite não pude acionar nem o Procon nem a Delegacia do Consumidor . Parece que em Sergipe todos são iguais perante à lei ,mas uns ,como os donos de postos , são mais iguais que os outros…”

 

 

Blog no twitter: www.twitter.com/blogclaudionun

Frase do Dia

“O primeiro homem que inventou de cercar uma parcela de terra e dizer “isto é meu”, e encontrou gente suficientemente ingênua para acreditar nisso, foi o autêntico fundador da sociedade civil. De quantos crimes, guerras, assassínios, desgraças e horrores teria livrado a humanidade se aquele, arrancando as cercas, tivesse gritado: Não, impostor.” Jean-Jacques Rousseau.  

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários