E a saúde ó!

0

E a saúde ó!

 

Antes de se pregar a construção de um Hospital do Câncer, não seria mais plausível defender, por exemplo, a aquisição de um acelerador nuclear para reduzir a sobrecarga do equipamento existente no Hospital de Urgência de Sergipe? O propósito do autor da idéia pode ser louvável, porém cheia a demagogia. Ora, se o Estado não anda conseguindo recursos para manter o precário sistema de saúde, como obter a montanha de dinheiro necessária à construção de um hospital especializado? Alguém aí já levantou quanto custa manter uma unidade hospitalar deste porte? Triste nessa história é que, enquanto se discute quem é o pai da idéia, se esquece de lutar em defesa de mais recursos para a nossa falida saúde pública, onde falta de médico pediatra a esparadrapo, enquanto sobram bactérias mortais, que espreitam os pacientes nos corredores dos hospitais. Lastimável!

 

Nó cego

 

A decisão do Tribunal de Contas do Estado de determinar a suspensão dos contratos para manutenção e operação dos radares e lombadas eletrônicas apertou ainda mais o nó cego dos pardais que ‘deduram’ motoristas infratores. A coisa já estava feia depois que as empresas responsáveis por sua instalação e operação se recusaram a fornecer o software dos equipamentos à SMTT, por considerar que isso seria transferência de tecnologia. Resta saber como e quando este nó será desatado.

 

Mordomia

 

Os prefeitos sergipanos se preparam para participar de uma mega-mordomia no Hotel e Resort Dioro, na Barra dos Coqueiros. Será no próximo dia 8, quando eles participarão do I Fórum de Prefeitos de Sergipe, que objetiva defender os municípios e apresentar reivindicações ao governador Marcelo Déda (PT). O contribuinte precisa saber quanto vai custar o evento, que bem poderia ser realizado em um auditório público. Pior é que a despesa de mais esta farra vai ser paga pelo meu, seu o nosso dinheirinho. Alguém aí duvida?

 

De olho na Copa

 

‘Oportunidade de Negócios na Copa do Mundo de 2014’ é o tema da palestra que o presidente do Belo Horizonte Convention & Visitors Bureau, Roberto Noronha, fará em Aracaju. Será no próximo dia 31, como parte da programação do Encontro Abrasel, que acontecerá de 29 a 31, no Hotel Parque dos Coqueiros. O evento trará para a capital sergipana empresários do setor de alimentos fora do lar de todo o país.

 

Tempo quente

 

O tempo fechou ontem no Shopping Jardins depois que o delegado de Polícia, Leogenes Correia, quis devolver uma geladeira que comprou na loja Ricardo Eletro. Ele alega que o gerente se recusou a receber o produto e devolver o dinheiro. Também acusa o gerente e funcionários da Ricardo Eletro de tentarem agredi-lo. O delegado pediu socorro à Polícia que chegou e levou todo mundo para a delegacia plantonista. No twitter, Lucas Rosário, assessor de imprensa da SSP, informou que o secretário João Eloy pediu para o caso ser analisado tecnicamente, para saber se houve necessidade de o delegado dá voz de prisão o gerente.

 

Greve preocupa

A Petrobras, através da Unidade de Operações de Exploração e Produção de Sergipe e Alagoas, informa que as atividades da Parada de Manutenção Geral da Unidade de Processamento de Gás Natural(UPGN – Tecarmo) prosseguem normalmente, apesar do movimento grevista de alguns trabalhadores da empresa Tenace. Participam da Parada 1200 trabalhadores revezando em dois turnos. Destes, 455 são da Tenace, com 120 participando do movimento grevista. A Petrobras já solicitou à empresa que adote as medidas cabíveis para a solução imediata, para que não ocorram atrasos nas atividades contratadas.

 

Planejamento

O Governo do Estado realiza nesta sexta-feira o Seminário de Planejamento Estratégico para o quadriênio 2012-2015. O evento, que contará com a presença do governador Marcelo Déda (PT), será ministrado no Hotel Parque dos Coqueiros, pela professora e ex-secretária estadual do Planejamento, Lúcia Falcón. Segundo ela, a vantagem de ter um plano é que ele unifica a administração, constrói uma visão de futuro para sociedade, e orienta a ação dos órgãos do setor público.

Novo partido

 

Está marcado para às 15h desta sexta-feira, o 1º Encontro Mobiliza Sergipe, realizado pelos movimentos sociais e que tem como principal objetivo a fundação de uma nova agremiação política, o  Partido da Mobilização Popular (PMP). O evento vai acontecer no auditório do Cotinguiba Esporte Clube, ali na avenida Augusto Maynard nº 13, bairro São José. Maiores informações sobre o novo partido podem ser obtidas pelo email pmpsergipe@hotmail.com.

Muita grana

Até 2014 a Petrobrás vai investir US$ 2.8 bilhões na exploração e produção de petróleo em Sergipe. A boa notícia foi dada ontem aos empresários sergipanos por Ubirajara de Brito Cruz, coordenador de gestão local de fornecedores da Petrobras no Estado. Ele fez palestra sobre “Oportunidades de Negócios em Bens e Serviços, sendo Fornecedor da Petrobras em Sergipe” durante o programa ‘Conversando com o Lojista’, organizado mensalmente pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Aracaju (CDL). Ubirajara estimulou os empresários a serem fornecedores da estatal em Sergipe.

 

Do baú político

 

No final da década de 80, o então deputado estadual Djenal Tavares de Queiroz (PDS) acabou uma discussão entre colegas com uma explicação simples. Três parlamentares discutiam porque um deles decidiu votar contra um projeto do Governo. O mais agitado disse não entender o comportamento do aliado: “Só pode ser burro o sujeito que fica contra um governo que sempre o ajudou”. A insinuação fez o tempo esquentar de vez. Ao ouvir tal declaração, o experiente Djenal entrou na conversa: “Para votar contra o governo, o colega deve saber o que faz, pois aqui na Assembléia não entra animal de quatro patas. Quem conquista pelo voto uma das 24 vagas de deputado estadual não pode ser chamado de burro. Aliás, na porta da Assembléia tem um mata-burro invisível (tipo de passarela com vãos que impedem a passagem de animais) justamente para evitar que jumentos tenham assento nesta Casa”. A explicação provocou risos e pôs fim à discussão.

 

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais