Embolados atrás

0

Com João Alves Filho (DEM) nadando à frente de braçadas (41,2%), os prefeituráveis Valadares Filho (PSB), Almeida Lima (PDT) e Rogério Carvalho (PT) aparecem embolados na pesquisa divulgada hoje pelo jornal Cinform. Segundo a consulta, os três têm, respectivamente, 12,7%, 7,8% e 5,8% das intenções de votos dos aracajuanos. O advogado Henry (Psol) segura a lanterna com apenas 1,5%. Feita entre os últimos dias 28 e 30 e registrada pelo Instituto Dataform no TRE sob o número 00001/2012, a pesquisa mostra que três postulantes estão embolados no quesito rejeição. Almeida Lima lidera com 19%, seguido de João (17,7%) e Rogério (15,7%). Valadares Filho é rejeitado por 8,2% e Henry Clay por apenas 3,7% do eleitorado. Embora sirva de parâmetro para os prefeituráveis atraírem apoios, o estudo deve ter seus índices fortemente alterados quando forem definidos os candidatos e a campanha começar pra valer depois das convenções de junho.

De volta

Após uma semana na Índia, o governador Marcelo Déda (PT) reassumiu ontem o governo do estado. O cargo lhe foi passado pelo vice Jackson Barreto ainda no aeroporto de Aracaju. O petista viajou a Nova Delhi na comitiva da presidente Dilma Rousseff (PT) visando participar da 4ª Cúpula do Brics, grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Neste ano, o encontro teve como pauta principal a análise da crise mundial e seu impacto no comércio.

Desafino

Com o título acima, a colunista Sonia Racy, do jornal Estadão, publicou a seguinte nota: Marcelo Déda, excluído do jantar dos Brics com Dilma, atacou de cantor no restaurante do hotel onde a comitiva está hospedada, em Nova Délhi. Ao lado de um pianista português, soltou a voz, cantando Zeca Pagodinho, Garota de Ipanema e… desafinado. Depois, deliciou-se com lagosta no cogumelo. Estava tão boa que o governador de Sergipe ameaçou se ajoelhar em frente a Shiva para agradecer.

Mais lida

A Bíblia continua sendo o livro mais lido pelos brasileiros. É o que aponta pesquisa feita pelo Instituto Pró-Livro. A Bíblia foi citada por 42%, seguida pelos livros didáticos (32%), os romances (31%), os livros religiosos (30%) e os contos (23%). Entre as obras mais marcantes, depois da Bíblia aparecem O Sítio do Picapau Amarelo, O Pequeno Príncipe, Dom Casmurro e as coleções Crepúsculo e Harry Potter.

DEMóstenes

Já perceberam como de uns tempos pra cá o DEM só aparece na mídia de forma negativa? Agora o partido foi atingido no peito pelo escândalo envolvendo o senador DEMóstenes Torres com o bicheiro Carlinhos Cachoeira. Pior é que, pelo andar da carruagem, muita gente tida como boa em Brasília ainda vai aparecer nessa ópera bufa com a mão grande no bolso do contraventor. Uma lástima!

Luto

O meio musical nordestino está de luto. Morreu ontem no Hospital Cirurgia, em Aracaju, o cantor e compositor alagoano Roberto Becker. O artista deixa mais de mil músicas, entre marchinhas, serestas e forrós. Ele era alagoano de nascimento, mas já se considerava sergipano de coração. O corpo de Becker será sepultado nesta segunda-feira no Campo Santo Parque das Flores, em Maceió. Que a terra lhe seja leve.

Não demite

Em nota de esclarecimento, a Cencosud, empresa controladora do GBarbosa, desmente que vai promover demissões em massa em Sergipe por conta das alterações na estrutura de atuação da sua área comercial. Também informa que ainda este ano vai inaugurar três novas lojas em Aracaju, “e diversas outras serão reformadas, garantindo mais conforto e modernidade a nossas filiais aqui situadas”.

Muita grana

A Caixa Econômica Federal pretende financiar este ano cerca de R$ 1 bilhão para o setor da constrição civil de Sergipe. Segundo o superintendente regional do banco, Luciano Pimentel, esse montante representa um crescimento de 15% em relação ao volume de financiamentos feitos para o setor em 2011. Segundo ele, a credibilidade da Caixa facilita a comercialização dos produtos por parte das empreiteiras.

Crime ambiental

Hoje tem audiência do Ministério Público Estadual para tratar sobre os sucessivos aterros de lagoas naturais nos povoados Robalo, São José, Gameleira, Areia Banca e Mosqueiro, todos em Aracaju. Segundo denúncia da Associação Desportiva, Cultural e Ambiental do Robalo, esse crime ambiental tem sido responsável pelos grandes alagamentos ocorridos nos últimos anos naquelas localidades. As lagoas são aterradas pelo setor da construção civil.

Tem direito

O trabalhador que teve vínculo empregatício, mas não teve as contribuições mensais recolhidas para o INSS, deve ter o seu tempo de serviço reconhecido, para efeito de aposentadoria. Segundo o Conselho de Recursos da Previdência Social, para obter o direito basta que o empregado apresente, quando for se aposentar, a Carteira Profissional, com a anotação do contrato de trabalho, com as respectivas datas de entrada e de saída do emprego.

Do baú político

Essa quem contou foi o professor Luiz Alberto dos Santos: em 1983, logo no início da fantástica campanha pelas eleições diretas para presidente da república, era difícil atrair o público para as manifestações de rua. Para chamar a atenção das pessoas, o ex-vereador Rosalvo Alexandre contratou uma bandinha de música, que se encarregava de animar os comícios na periferia de Aracaju. Outra providência foi alugar um caminhão velho para servir de palanque. Certo dia, os defensores das Diretas Já estavam no bairro América, periferia da capital, fazendo um comício para ‘quatro gatos pingados’. Apesar do pouco interesse popular e do sol a pino, os discursos se sucediam. Ao ser chamado para falar, o advogado Carlos Alberto Menezes dirigiu-se à bandinha, que insistia em continuar tocando, e pediu: “Por favor, parem essa fanfarra!”. Repetiu o apelo uma, duas, três vezes, sem que os músicos lhe dessem ouvidos. Foi então que Jackson Barreto, com aquele seu jeito despachado, se aproximou do microfone e disparou: “Turma, pare esta porra!”. O pedido foi atendido na hora.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais