Escurinho do cinema

0

Embora termine nesta sexta-feira o prazo de filiação para quem deseja disputar as eleições de 2012, até o próximo dia 14 ainda é possível entrar num partido, desde que a ficha seja assinada no ‘escurinho do cinema’ com a data de hoje. É que as executivas municipais têm até o final da semana que vem para entregar a Justiça eleitoral a documentação dos novos filiados. Naturalmente que alguns retardatários vão aproveitar essa elasticidade do prazo, porém o grosso das filiações termina mesmo nesta sexta à tarde, dando início aos preparativos para a disputa eleitoral do ano que vem. Os que mudaram de partidos pensando concorrer às prefeituras e câmaras de vereadores terão até junho de 2012 para construir suas candidaturas, sob pena de serem transformados em meros cabos eleitorais dos prefeituráveis aclamados nas convenções partidárias.

Cristão novo

O ex-deputado federal Pedrinho Valadares é o mais novo peixinho no aquário do PSC. Ele se filiou ontem ao novo partido, após ter deixado o DEM alegando falta de prestígio. A princípio, Pedrinho não pensa em participar como candidato das eleições de 2012, mas diz que chega ao PSC como um soldado disposto a cumprir as orientações dos irmãos Amorim, que controlam os peixinhos sergipanos.

Novo endereço

E quem mudou de endereço político foi o deputado estadual Augusto Bezerra (DEM). De olho nas eleições de 2012, ele transferiu ontem o domicílio eleitoral de Aracaju para Socorro, onde o DEM participa e apóia a administração do prefeito Fábio Henrique (PDT). Há quem diga que, ao trocar o domicílio, Bezerra seguiu orientação da cúpula demista, que pretende pressionar o pedetista a apoiar o candidato do DEM em Aracaju. Será?

Dúvida cruel

Embora tenha sido convidado por vários partidos, o ex-presidente da seccional sergipana da OAB, Henri Clay Andrade, ainda não sabe assina ficha de filiação ou continua um eleitor livre, leve e solto para votar em quem desejar. Tendo realizado um excelente trabalho à frente da Ordem, Henri Clay interessa à situação e à aposição, que desejam vê-lo nos palanques políticos de 2012. Ele promete anunciar sua decisão até o final da tarde desta sexta.

Azarado

Depois de ter enfrentado sérios problemas de saúde, o deputado estadual Paulinho da Varzinha (PT do B) teve os direitos políticos suspensos pelo juiz federal Edmilson Pimenta. O parlamentar é acusado de prática de improbidade administrativa no tempo em que foi secretário de Laranjeiras. Amigos de Paulinho já o aconselharam a participar de uma sessão de descarrego num terreiro de macumba. Pé de pato, mangalô três vezes!

Casa nova

O PMDB sergipano perdeu um antigo filiado. O ex-deputado Nelson Araújo mudou-se para o PPS depois que o vice-governador Jackson Barreto entregou o comando do PMDB de Riachão ao ex-prefeito José Lopes. “Achei uma falta de consideração comigo, que estou no partido há mais de 40 anos”, reclama Nelson.

Respeito é bom

A Assembleia Legislativa de Sergipe aprovou moção de apoio ao Projeto de Lei da deputada baiana Luiza Maia (PT) proibindo a contratação de artistas que em suas músicas, danças ou coreografias desvalorizem, incentivem a violência ou exponham as mulheres a situação de constrangimento. Pela proposta, que está tramitando no Legislativo da Bahia, o artista que cantar ‘Nega do cabelo duro’ jamais será contratado pelo poder público. Tá certo!

Precatórios

A regra que criou um novo regime de pagamento de precatórios, em vigor em todo o país desde 2009, sofreu o primeiro revés no Supremo Tribunal Federal (STF). O ministro Carlos Ayres Britto votou pela anulação total da PEC dos Precatórios, acolhendo o argumento de que a ela foi aprovada “a toque de caixa”. A PEC prolongou o prazo de pagamento das dívidas públicas para 15 anos e determinou que municípios e estados reservassem percentuais mínimos em seus orçamentos para honrar esses gastos.

Mais um

O recém criado Partido Pátria Livre (PPL) será controlado em Sergipe pelo dublê de empresário e político Edvan Amorim. Com mais este, ele passa a comandar 11 partidos diferentes. Os objetivos do PPL são completar o processo de independência do Brasil, especialmente no cenário de crise econômica internacional. Para atingi-los, o partido propõe o combate ao descontrole do mercado e o estímulo à produção nacional.

Do baú político

Na década de 70, quando era responsável pelas eleições em Aquidabã, o saudoso juiz de Direito José Emídio Nascimento resolveu passar a véspera do pleito recolhido no Fórum. No final da tarde, seu auxiliar entrou no gabinete para informar que o candidato a vereador João Araújo Monteiro, o "João de Nobrinha" queria lhe falar. Emídio mandou entrar. "O senhor vota em Aquidabã?", perguntou o rapaz, para ouvir a seca indagação do magistrado: "Claro. Qual o seu interesse nisso?" Foi ai que Emídio quase caiu da cadeira: "É que sou candidato e gostaria de contar com o seu voto". Diante da cara de pau de Nobrinha, o juiz prometeu o voto. "Posso dizer ao povo que o senhor vai votar em mim?". Emídio concordou e o ousado candidato saiu espalhando que o juiz era seu eleitor. "João de Nobrinha" não se elegeu, mas ainda hoje afirma que teve o voto mais qualificado daquela eleição.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais