Fábrica de partidos

0

Por que será que existem tantos partidos no Brasil, se boa parte deles poderia se fundir numa única legenda sem prejuízo ideológico para os demais? Registrados já são 27, porém outras duas dezenas estão em fase de coleta de assinatura para pedirem, em seguida, registro definitivo à Justiça Eleitoral. Alguém pode dizer que isso é resultado do pluripartidarismo. Não é. Na verdade, boa parte dessas legendas não passa de siglas de aluguel, que só aparecem nas campanhas eleitorais para negociar apoio a candidaturas e vender o tempo de propaganda no rádio e na televisão. Passado o pleito, os donos desses chamados partidos ‘nanicos’ conseguem bem remunerados cargos comissionados para eles, os familiares e agregados. Como se vê, além de confundir a cabeça do eleitor, essas legendas de aluguel servem apenas para políticos espertos se locupletarem com o dinheiro público.

Sem prestígio

Reportagem do colega Crístian Góes publicada pelo Jornal do Dia mostra que o governo de Sergipe anda sem prestígio no Palácio do Planalto. Segundo a matéria, faltando menos de quatro meses para encerrar o ano, o governador Marcelo Déda (PT) não conseguiu liberar nenhuma das oito emendas coletivas apresentadas pela bancada federal e que juntas somam R$ 106,3 milhões. Crístian escreve que no ano passado o quadro também foi de penúria. Dos R$ 253,9 previstos pelas emendas da bancada, o governo de Sergipe só liberou R$ 59,4 milhões, ou 25% do total. Uma lástima!

Vereador preso

Flagrado com um revolver calibre 38 dentro do carro, o vereador itabaianense Valmir de Francisquinho (PSB) foi preso pelo Pelotão de Choque da Polícia Militar. O fato aconteceu sábado passado, quando o parlamentar se encontrava na principal praça de Itabaiana. Segundo publica em seu blog o radialista Edvanildo Santana, o parlamentar foi conduzido à delegacia, onde pagou fiança por porte ilegal de arma e foi liberado em seguida.

Contra incentivos

A CUT é contra a concessão pelos governos de qualquer tipo de incentivo fiscal. Segundo o presidente da Central em Sergipe, “Professor Dudu”, muitas empresas utilizam o benefício e depois trocam o Estado por outro para conseguir novos incentivos. A relação do governador Marcelo Déda (PT) com a classe trabalhadora também é criticada pelo dirigente custista: “O governo dele tem se distanciado cada vez mais dos trabalhadores e de suas organizações”, reclama.

Tem energia

A Energisa informou que, sob hipótese alguma, vem dificultando a instalação de medidores e ligação de energia elétrica no novo Shopping Premium, localizado em Socorro. Segundo a empresa, todas as 112 lojas já tiveram instalados seus respectivos medidores de energia elétrica. A Energisa deve levar ao shopping uma unidade móvel para atender o maior número possível de solicitações.

Simples Nacional

Desta segunda até a próxima sexta-feira os auditores da Secretaria estadual da Fazenda  terão a oportunidade de ampliar os conhecimentos sobre o Simples Nacional. Eles vão participar de um seminário interno sobre a legislação tributária aplicável aos  contribuintes do ICMS, optantes pelo Simples Nacional. Também receberão informações sobre os procedimentos práticos de fiscalização.

Na muda

A proximidade do fim do prazo para quem pretende disputar as eleições de 2012 se filiar a um novo partido tem deixado a classe política agitada. Até o início de outubro vai haver muito corre-corre por parte daqueles que desejam trocar de legenda. Entre eles estão o deputado federal Almeida Lima, João Fontes, José Carlos Machado e todos os que pretendem ingressar no embrionário PSD. Almeidinha vai trocar o PMDB pelo PPS, enquanto Fontes, sem partido, busca um novo ninho partidário. Já Machadão estuda a hipótese de trocar o DEM pelo PSDB.

Dia de posse

Hoje é dia de posse na Associação Sergipana do Ministério Público (ASMP). Em solenidade marcada para as 16h, o promotor de Justiça Arnaldo Figueiredo Sobral substitui o colega Deijaniro Jonas na presidência da ASMP. “Temos o compromisso de comandar os rumos da Associação em um tempo de novas conquistas. O futuro pertence aos que acreditam em seus sonhos, e nós acreditamos”, afirma Arnaldo Sobral.

Já era

Mesmo sem jogar, o River Plate de Carmópolis está fora da disputa por uma vaga na série C do Campeonato Brasileiro. O sonho do time sergipano acabou ontem com a derrota do Vitória da Bahia para o Cururipe. O River vai jogar no próximo domingo contra o Cururipe apenas para cumprir tabela. E por falar em futebol, o nosso Flamengo voltou a decepcionar ontem a urubuzada ao ser goleado pelo Bahia por três a um. Sem comentários!

Do baú político

Tivesse a Lei da Ficha Limpa vigorando em 1954, ‘Zé de Julião’ não teria disputado a Prefeitura de Poço Redondo. É que ele era ninguém menos do que o ex-cangaceiro Cajazeiras. Quando a ‘Volante’ do tenente Bezerra cerca a Gruta do Angico e fuzila Lampião, Maria Bonita e outros 11 cangaceiros, entre os quais Enedina, esposa de Cajazeiras, ele foge para o Rio de Janeiro. Ao retornar a Poço Redondo, decide concorrer à primeira eleição do município. Filia-se ao PSD e, numa disputa acirrada, empata com o udenista Artur Moreira de Sá, mas este último assumiu por ser mais velho. Em 58, ‘Zé de Julião’ tenta novamente ser prefeito, mas o líder maior da UDN, Leandro Maciel, move paus e pedras para impedir sua a vitória. Os títulos de seus simpatizantes eram extraviados, a Polícia perseguia e a máquina estadual atuava em favor do candidato udenista Eliezer Santana. Diante de tudo isso, ‘Zé de Julião’, o ‘Cajazeiras’, resolve usar a força bruta. Reúne vários amigos que, montados a cavalos, invadem a cidade no dia da eleição, enfrentam a Polícia e roubam as urnas. Foi uma loucura! Somente 23 dias depois, uma nova eleição confirma a vitória de Elizer Santana.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais