Fecomércio fala sobre sucessão

0

Há poucos dias, através destas mal traçadas linhas, repercutimos os boatos que circulavam nas áreas empresariais segundo as quais a sucessão Laercio Oliveira, na Federação do Comércio, encaminhava-se para o Sr. Marcos Andrade, um dos integrantes da atual diretoria do órgão. A proposito desta nota, recebemos nota vazada nos seguintes termos: “O Presidente Laércio Oliveira sente-se decepcionado com a infeliz manifestação explicitada na vossa coluna do dia 11/09, pelas razões a seguir:  1) O colegiado da Fecomércio, formado por 11 diretores, participa espontaneamente de todas as atividades e/ou  iniciativas demandadas por esta presidência: 2) Diariamente, dirigentes tem-se disponibilizado para contribuir com a gestão descentralizada desta presidência, em todas as áreas de representatividade sindical legal;3) Não fazem parte da gestão do presidente Laércio Oliveira “manobras escusas ou… surpresas” visando alcançar interesses “alheios” aos princípios institucionais da Fecomércio.

4) Todos os dirigentes da Fecomércio, indistintamente, são íntegros e plenamente qualificados para representar esta presidência em qualquer instância; 5) Esta presidência tem avocado o estatuto da entidade, estimulando a participação de cada dirigente, indistintamente, para verdadeiramente corresponderem com as atribuições para as quais foram devidamente eleitos; 6) Esta presidência  combaterá com veemência essas notinhas plantadas, cujo propósito serve apenas a interesses privados , aquém da grandeza da Fecomércio”.
Até aí a nota, na íntegra. Agora dois rápidos comentários: 1) Em nenhum momento o Sr. Laércio Oliveira desmente o comentário que fizemos antes, nem aponta para o nome de um sucessor. 2) Este blog não é dado a receber “notinhas plantadas”. Tudo que aqui se publica tem um autor: o jornalista Ivan Valença. E mais ninguém.

Jucá anuncia André no PMDB

Um dos integrantes do “quadrilhão” do PMDB no Congresso Nacional, o Senador Romero Jucá deu entrevista a uma emissora de rádio de Sergipe e anunciou que o Deputado Federal André Moura vai se abrigar no PMDB e será o candidato ao Governo do Estado pela sigla que ocupa o Palácio do Planalto. Quem não gostou de ouvir essa intromissão no seu terreiro foi o governador Jackson Barreto. E agora, Jackson, como é que fica?
Lição de Boas Normas e Etiquetas

Na próxima audiência que mantiver com o Juiz Sérgio Moro, a peça chave da Operação Lava Jato, o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva deveria tomar aulas de etiqueta e protocolo, para não ficar chamando a Procuradora que atua ao lado de Moro de “minha querida”. Foi chamado a atenção por isso, um fato menor que poderia muito bem ser evitado. As manifestações populares nas ruas de Curitiba foram pequenas  de modo que, com mais dois ou três depoimentos de Lula ao juiz Sérgio Moro, ninguém vai se se lembrar mais disso.

Igual a um terremoto

Por aqui não passou nenhuma tempestade tropical ou tufão, como lá nos Estados Unidos. Mas, as ruas de Aracaju estão infestadas de crateras, como se a cidade tivesse sido abatida até por terremoto ou maremoto. O ilustríssimo senhor prefeito Edvaldo Nogueira, diz que aguarda um empréstimo para que possa comprar asfalto para proceder as obras por toda a cidade. Espera-se que seja verdade. Ninguém aguenta mais de tanta buraqueira.

Meio Aracaju foi buscar seu livro

A sociedade sergipana, e o mundo intelectual, souberam prestigiar o dr. Manuel Pascoal Nabuco D´Avila, quando do lançamento do seu último livro. Um apanhado da visão política de Sergipe de 1964 até os dias de hoje. Pelo salão principal desfilaram gente da importância e do calibre do dr. Albano Franco, acompanhado da ex-vereadora Miriam Ribeiro;  dr. Heráclito Rollemberg; dr. Jefferson Fonseca de Morais, um dos mais importantes advogados do Estado; ativista Marcélio Bomfim;  jornalista Euler Ribeiro; dr. Lúcio Prado Dias; jornalistas Claudio Nunes , Luiz Eduardo Costa, Carlos França e José Raymundo Ribeiro, entre tantos e tantos outros. O dr. Albano Franco procurou minimizar, junto a amigos,  a despedida que fez de seus colaboradores diretos na TV Sergipe ao meio-dia de quinta-feira, confirmando assim a venda do Canal 4 para um grupo mineiro, indicado pela própria Rede Globo. A fila para adquirir o livro do dr. Pascoal Nábuco e receber o autografo era enorme durante toda a tarde, entrando pela noite. Há muito tempo não se via uma noite de autógrafos tão bem frequentada…

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários