Floro acredita em Papai Noel

0

Como o Natal passou há pouco tempo tem gente grande acreditando que ainda pode contar estórias para ludibriar algumas pessoas. Por outro lado, as pesquisas publicadas ao longo dos anos demonstram que muitos profissionais, principalmente psicólogos, defendem que os pais não devem se preocupar em contar a verdade para os filhos. Como a criança deposita na figura do Papai Noel toda sua fantasia, não é benéfica que haja uma ruptura nesta crença. Com o passar do tempo, a própria criança vai passar a elaborar seus questionamentos. Diante da consciência da realidade, ela mesma vai começar a perceber que não é possível, por exemplo, que uma única pessoa ouça – e atenda – o desejo de todas as crianças do mundo.

 

Assim, o acusado injustamente por alguns, pela Justiça e por pequena parte da mídia, Floro Calheiros, exerceu ontem, 28, ao depor no Fórum Gumercindo Bessa, o seu direito sagrado à imaginação e de defender até a morte a existência de Papai Noel. Ele continuou acusando o sargento Nailton de facilitar a fuga dele da 1ª Delegacia Metropolitana em 2003 e que negou qualquer envolvimento dos policiais que trabalhavam no local, entre eles a delegada Meyre Mansuet e a policial, Eliene, conhecida como Lico.

 

Uma das testemunhas, Vilson Pacífico, às fls. 563/565, diz: a existência das visitações das pessoas de Petrúcio, a irmã de Floro, Francisca, e sua esposa, Marisa, e alega ainda, que a policial Lico, chefe de custódia, era a responsável por tirar Floro Calheiros do xadrez, e quem tinha as chaves, sendo preciso sua retirada era necessário telefonar para a mesma. Já a testemunha Paulo Vital de Lima, às fls. 559/562, informa que a delegada Meyre e a policial civil Lico eram as únicas que detinham as chaves do xadrez de Floro Calheiros e que nos finais de semana a policial Lico vinha na delegacia para ver os presos. Aduzindo também, “Que o preso Floro Calheiros tinha um tratamento especial, pois recebia visitas a qualquer hora, tendo a delegada, Drª Meyre, autorizado verbalmente, que parentes ou amigos realizassem visitas a esse preso, mesmo quando não se encontrava na delegacia”. “(…) Que quando estas pessoas visitavam o preso Floro, geralmente não pediam à delegada, Drª Meyre, a autorização, pois esta já havia dito que parentes ou amigos de Floro Calheiros poderiam entrar livremente”.

 

Em uma das partes do relatório, o Coronel Iunes diz: “que nunca participou de qualquer tentativa para matar Floro Calheiros Barbosa e a vez que fora convocado pelo Secretario de Estado da Segurança Pública, reunindo-se com a Superintendente e a Delegada Meyre para tratar sobre reforço na 1ª DM, ao preso acima, visto que Dr. Luis Mendonça viajaria para um outro Estado da Federação e preocupava-se com um possível resgate do preso. Alega, o Coronel Iunes, ter achado estranho, os policiais civis, terem sido retirados da 1ª DM pela Drª Meyre e esta lhe disse textualmente: “que mandou os policiais civis ausentarem-se da 1ª DM, a fim de se evitar mortes, visto que haveria o resgate do preso Floro Calheiros””.

 

E não adianta nada documentos, gravações e fatos que possam comprovar o contrário. Papai Noel existe e ponto final. Nem mesmo o relatório, bastante amplo da corregedoria da época, não vale nada. Mesmo não valendo nada é bom que a juíza responsável dê uma lida no mesmo. Tem alguns fatos e argumentos que refutam qualquer imaginação que Papai Noel existe mesmo. A coluna na semana passada publicou alguns trechos, sobre o dia da fuga, quando a delegada Meyre Mansuet, almoçou com Floro e as regalias dele na delegacia.

 

Se você, caro leitor, já cresceu e tiraram do seu imaginário a crença no Papai Noel, parabéns. Mas existem aquelas crianças que crescem e ficam chocadas quando descobrem que Papai Noel não existe, não aceitam a desilusão e partem para tentar mudar a história e a verdade. Por isso Floro acredita em Papai Noel. Acredita que ele ainda virá e mudará a história e a verdade dos fatos. Há, há, há, ho, ho, ho…

 

Exame pericial de reprodução simulada da fuga

A coluna tem mais detalhes: no relatório, às folhas 623 a 649, anexou-se o laudo pericial de reprodução simulada da fuga, no qual afere-se que Floro Calheiros Barbosa, fugiu pelo cartório da 1ª DM, pulando a referida janela, com o auxílio de sua irmã Francisca, Petrúcio, policiais Eliene, Raimundo e Assis.

 

SSP: carros continuam sendo usados para fins particulares

Na Rua Dom José Thomaz, ontem, às 18h30, em frente a um cursinho, na galeria 708, tinha uma viatura da polícia – um Siena branco identificado pelo nº 032 – com ar condicionado ligado até às 19h. De dentro dessa galeria saiu uma senhora loira pegou uma bolsa com algumas coisas na mala do carro e levou para um salão de beleza que existe dentro dessa galeria. Ou seja, continuam usando os carros para compromissos particulares…

 

Agora é a vez da Prefeitura de Aracaju…

Durante o programa Jornal da Ilha, ontem, 28, o radialista Gilmar Carvalho falou sobre a notícia de que o empresário Edvan Amorim estaria articulando uma aliança com o ex-governador João Alves Filho (DEM). Segundo Gilmar, Edvan Amorim ainda não se posicionou sobre o apoio dos partidos PSC, PR e PTdoB para as eleições 2008. Na verdade, depois de tentar, sem sucesso, colocar na base do governo dois parlamentares envolvidos em escândalos, agora a tentativa é colocar Edvaldo Nogueira na parede. Deste grupo não sai nada, inclusive candidatura a prefeito. Se aparecer em algum lugar, é tudo blefe, com interesses bem definidos…

 

Melancia podre: Alvistas e petistas juntos

Em Poço Redondo, a prefeita, Iziane Deonório, que apoiou a candidatura à reeleição de João Alves Filho, já está com uma chapa montada e deve contar com o apoio do atual governo. Ela conseguiu um artifício político: indicar o vice, na chapa encabeçada pelo petista Roberto Araujo do MST. O vice, indicado pela prefeita alvista, será o vereador Zé Oliveira. Ou seja, uma melancia podre às avessas, já que a atual prefeita e o vice indicado não só trabalharam na campanha de João Alves, mas são alvistas de carteirinha. E o pior: o líder do município, frei Enoque, que apoiou a candidatura de Déda foi jogado para escanteio.

 

Quem precisa recompensar Albano?

Deu na imprensa: “O deputado federal Albano Franco (PSDB) quer ser recompensado pelo sacrifício feito em 2006, quando abriu mão da candidatura ao Senado. Em outras palavras: o deputado federal Albano Franco demonstra que já pensa nas eleições de 2010. Quer disputar o Senado”. As perguntas: Quem precisa recompensar Albano? João Alves, o candidato que ele apoiou? Ou Maria do Carmo que foi a maior beneficiada com a retirada da candidatura dele? Quem precisa recompensar Albano?

 

15 agentes de segurança são também guardas municipais

Chegou a coluna que existe o acúmulo ilegal de cargos públicos na Fundação Renascer e na Guarda Municipal de Aracaju. A informação é que existe nas quatro unidades de medidas educativas (Cenam, Usio, Case e Unidade feminina) aproximadamente 15 (quinze) agentes de segurança que são, ao mesmo tempo, guarda municipais de Aracaju, prática ilegal perante a Constituição do Brasil. Este acúmulo já está sendo apurado pela Controladoria Geral do Estado.

 

Maratona no carnaval de São Cristovão

Após participar, no último domingo, 27, da prévia carnavalesca do Bloco Resgate, no conjunto Augusto Franco, em Aracaju, e da lavagem do Largo do Amparo, em São Cristóvão, o deputado Wanderlê Correia viajou para Maceió, acompanhado de familiares. Segundo a sua assessoria, o motivo da viagem para a capital alagoana é para descansar e recarregar as energias para a maratona que se inicia no próximo final de semana, com o carnaval de São Cristóvão, no qual desfilam vários blocos de frevo, em diferentes locais da cidade.

 

Wanderlê precisa de energia para explicar requerimento

O deputado Wanderlê Correia precisa explicar se já recebeu o que foi solicitado no requerimento aprovado na AL sobre o TC. Foi uma polêmica, onde ele denunciou o uso político do órgão. O requerimento pediu a relação dos servidores do órgão, como também das empresas terceirizadas e seus funcionários. Cadê Wanderlê? Ou será que fizeram algum acordo de bastidores…

 

Anderson Farias, candidato a prefeito de Umbaúba

Na última sexta-feira, foi realizada a festa de posse do novo presidente do PT de Umbaúba, professor Anderson Farias. Foi um ato bastante prestigiado com diversas lideranças políticas. O governador Marcelo Déda foi representado pelo secretário da Articulação Política, Jorge Araújo. Anderson Farias é pré-candidato a prefeito de Umbaúba e deve contar com o apoio do atual prefeito, Zé de Francisquinho, que é do PDT.

 

Concurso da saúde acaba em fevereiro

A Secretaria Municipal de Saúde abriu um novo concurso para a área, mas os aprovados do concurso anterior, que não foram chamados lembram que o mesmo termina em fevereiro. Pensam em recorrer a Justiça para garantir suas vagas.

 

Leitor denúncia boicote de emissora com campeonato sergipano

Do leitor Antônio: “Você sabe que eu há muito tempo publiquei nesse seu espaço um projeto de recuperação do nosso futebol, que passava pela ajuda do Estado, da federação e dos empresários sergipanos. Algumas ações, embora tímidas, já se percebe que estão sendo implementadas, outras se fazem necessárias para alavancar de vez esse futebol tão sofrido e carente de apoio. Pois bem. Diante de tudo isso é revoltante ver a pequenez de espírito da TV Sergipe, que pelo fato da Co-irmã, TV Atalaia estar transmitindo os jogos, brilhantemente diga-se, ela, a TV Sergipe, simplesmente ignora a competição. É de uma falta de respeito sem precedentes para com os telespectadores em geral. Gostaria de lembrar a esses filhotes da ditadura que o absolutismo ficou lá atrás, na idade média, e que em pleno século 21 não se concebe tal comportamento. Para eles só resta o meu desprezo e gostaria que fosse também de todos os que gostam de futebol sergipano”.

 

Coluna vai procurar informações sobre possível boicote

Sem entrar no mérito se a transmissão ao vivo de jogos do campeonato sergipano prejudica ou não o futebol, este jornalista não vai emitir opinião sobre o que escreveu o leitor no e-mail acima porque, por absoluta falta de tempo, não assiste diariamente ao telejornal local sobre esporte. Porém, vai procurar mais informações para ver se realmente está existindo um boicote. Se tiver é lamentável, até porque a emissora não iria transmitir os jogos locais porque não tem horário na sua grade de programação que é tomada pela transmissão nacional.

 

Tabela que circula entre os policias militares do Brasil inteiro

A tabela é da graduação do soldado PM, mas tem outra, dos oficiais, que não chegou a este jornalista, que coloca os salários de Sergipe entre um dos piores do país. Corresponde a realidade:

 

Corporação / Salário de Soldado PM

 

1. Polícia Militar do Distrito Federal – R$ 3.618

2. Polícia Militar do Estado do Amapá – R$ 1.770

3. Polícia Militar do Estado de Goiás – R$ 1.745

4. Polícia Militar do Estado do Paraná – R$ 1.700

5. Polícia Militar do Estado de Santa Catarina – R$ 1.600

6. Polícia Militar do Estado do Amazonas – R$ 1.546

7. Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul – R$ 1.500

8. Polícia Militar do Estado de Alagoas – R$ 1.487

9. Polícia Militar do Estado de Tocantins – R$ 1.455

10. Polícia Militar do Estado de Minas Gerais – R$ 1.332

11. Polícia Militar do Estado da Bahia – R$ 1.264

12. Polícia Militar do Estado de Rondônia – R$ 1.251

13. Polícia Militar do Estado de São Paulo – R$ 1.240

14. Polícia Militar do Estado do Espírito Santo – R$ 1.237

15. Polícia Militar do Estado de Roraima – R$ 1.201

16. Polícia Militar do Estado do Maranhão – R$ 1.200

17. Polícia Militar do Estado de Acre – R$ 1.200

18. Polícia Militar do Estado do Ceará – R$ 1.147

19. Polícia Militar do Estado de Mato Grosso – R$ 1.114

20. Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte – R$ 1.111

21. Polícia Militar do Estado de Sergipe – R$ 1.111

22. Polícia Militar do Estado da Paraíba – R$ 1.080

23. Polícia Militar do Estado do Pará – R$ 1.015

24. Polícia Militar do Estado do Piauí – R$ 1.000

25. Brigada Militar do Rio Grande do Sul – R$ 965

26. Polícia Militar do Pernambuco – R$ 900

27. Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro – R$ 799

Média de todas as 27 Polícias Militares do Brasil: R$ 1.342,40.

 

Frase do Dia

“Em meio a tanta informação, cuidado com o que enxerga: cada vez mais o olhar se torna menos democrático e mais fascista”. Márcia Tiburi, filósofa.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários