Internet na rede elétrica

0

Um evento que promete movimentar bastante o mercado de internet foi a notícia que a Anatel iria regulamentar o uso da Broadband over Power Lines (BPL), ou também conhecida como internet sob a rede elétrica. Atualmente, a nossa conexão é através de redes de telecomunicações, fazendo com que a abrangência seja bastante limitada. Para vocês terem uma idéia, até pouco tempo atrás, a zona de expansão de Aracaju, uma área de alto poder aquisitivo, não tinha disponibilidade do Velox. Veja que estamos falando de uma região bem próxima da região metropolitana. Imagine agora como é ter acesso de banda larga no interior do estado.

 

A regulamentação proposta pela Anatel foi publicada nesta segunda-feira e segue um conjunto de normas e definiu que a comunicação de dados será feita por radiofreqüência na faixa entre 1.705 kHz e 50MHz. A velocidade estimada é de 200 megabits por segundo. Para ter acesso a internet será necessario ter um conversor que será ligado na tomada. Mais simples impossível. Embora hoje se conectar na internet já não seja segredo para ninguém, ligar na tomada é uma ação que todos realmente conseguem fazer sem dificuldade.

 

Além disso, a capilaridade da rede de telecomunicação é infinitamente menor que a rede elétrica. É incrível a quantidade de possibilidades que se abrem quando ao conectar um computador automaticamente se tenha acesso à grande rede. Inclusão digital, ensino a distância, e-gov, mobilidade. Prometo falar disso em outra oportunidade.

 

Até o dia 11 de maio, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deverá fazer uma consulta pública para saber quem tem interesse na prestação de serviços de banda larga pela rede elétrica. Pela quantidade de reclamações com relação aos nossos provedores atuais, vocês têm dúvida que teremos dezenas de interessados?

 

A única coisa chata vai ser a seguinte frase: Maêêê… A internet me deu choque!

 

 

 

Briga pelo VoIP 

Conforme comentei na semana passada sobre a briga (lá na Europa) entre as operadoras e diversas empresas de VoIP. Parece que as coisas naquelas bandas andam a passos largos. Um dos membros da Comissão Européia iniciou uma ação contra as operadoras, que segundo ele “usam seu poder de mercado para bloquear serviços inovadores”. Os serviços de VoIP sempre foram o ponto de discórdia das operadoras de telefonia já que trazem perda de receita.

Só o tempo dirá, mas acho que caminhamos para um mundo que precisa radicalmente mudar seus planos de negocios. Veja, por exemplo, o que está acontecendo com a forma de distribuição de músicas. As gravadoras tinham todo o poder de distribuição nas mãos (e ganharam fortunas com isso). Foram décadas de vendas de LPs, fitas-cassete, CDs e DVDs. Os programas P2P acabaram com essa “farra” e hoje ou elas mudam de estrategia de negocio ou irão perder cada vez mais receita.

 

 

Enquanto isso, na sala de justiça… 

Números divulgados pela Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES): 58 ações em todo o Brasil resultaram na apreensão de 200 mil midias contendo softwares piratas. Além disso, foram tirados do ar 20 sites que comercializavam programas piratas e mais de mil anúncios que faziam divulgação de produtos ilegais.

 

 

Oferta de cursos pela Software Team 

A Software Team – Empresa Júnior de Informática da UFS – em parceria com o CALICOMP lança para os meses de maio e junho dois novos cursos voltados para o público em geral: Linux para Iniciantes, com carga horária de 20 horas, aos sábados pela manhã e Desenvolvimento Web 2.0 com AJAX em PHP, Carga horária de 35 horas, aos sábados pela tarde.
As inscrições podem ser feitas pelo através do site www.softeam.com.br/cursos ou na sede da Softeam. Os cursos tem início no dia 09 de maio.

 

 

O twitter pode ser útil? (Por Hugo Dória)

O twitter é uma das “novas” modas da internet. Ele funciona como uma espécie de micro-blogging onde um usuário posta, em até 140 caracteres, o que está fazendo. Outras pessoas podem escolher seguir estas postagens e até respondê-las. Ao mesmo tempo, este mesmo usuário também pode seguir outras pessoas e ficar por dentro dos updates delas.

 

Eu comecei a usar o twitter há poucos meses. No começo eu o achava extremamente inútil e não entendia o porquê de tanto alarde sobre ele. Tudo o que via era usuários dizendo coisas como “estou indo tomar banho”, “dei comida ao meu cachorro”, “o palmeiras é o melhor time do universo”. Totalmente descartável, certo?

 

Felizmente hoje penso diferente e vejo que o twitter pode, sim, ser útil. Um bom exemplo disso é que várias empresas (Submarino, por exemplo) estão usando o twitter para divulgar promoções exclusivas e ganhar ainda mais dinheiro. Mas ficar por dentro das promoções não é a única utilidade do twitter. O serviço também é ótimo para se acompanhar notícias, entrar em contato com algum SAC e divulgar sua empresa.

 

Eu recomendo você experimentar o serviço. Só tente usá-lo da forma mais útil possível e evitar perder tempo com bobagens. No final das contas você vai perceber que o twitter, assim como o Orkut, é um serviço bem interessante. O que estraga são os usuários.

 

Ah, meu login no twitter é hdoria. Se quiser pode me adicionar por lá.

 

 

Festival Latinoamericano de Instalação de Software Livre (por Hugo Dória)

No próximo dia 25, sábado, vai acontecer o Festival Latinoamericano de Instalação de Software Livre na FANESE, à partir das 09h. Para quem ainda não conhece, o FLISOL é um dos maiores eventos de divulgação de Software Livre na América Latina, acontecendo simultaneamente em diversas cidades. Ele acontece desde 2005 e seu principal objetivo é promover o uso de software livre, apresentando sua filosofia, seu alcance, avanços e desenvolvimento ao público em geral.

 

No festival haverá diversas palestras interessantes e de vários temas diferentes. Além das palestras haverá um InstallFest, um evento onde as pessoas se reúnem para realizar instalações em massa de sistemas operacionais de computador ou software, principalmente o sistema operacional Linux e outros softwares de código aberto. É uma ótima oportunidade para você conhecer um pouco mais sobre o tema.

 

A grade completa do evento pode ser vista aqui. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site do evento. Te vejo por lá. 🙂

 

Até a próxima semana!

 

em tempo: Nem vou falar do Flamengo… Deixe passar esses três (???) jogos contra o Botafogo

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários