Moto passeia pelos ossos do Velho Chico

0

Repetindo aqui o que foi publicado em outro comentário na semana passada: realmente o rio São Francisco está mostrando os ossos. Nesse caso, como se comportará o processo de transposição de suas águas já escassas e agora inexistentes na sua foz, para outros estados, através dos canais que irão custar bilhões aos cofres públicos.

 

O Jornal Nacional (Rede Globo) de ontem, 29, mostrou uma cena inusitada: dois rapazes em uma moto atravessaram o leito do rio, bem debaixo da ponte que liga Propriá/Colégio (AL). Não seria de todo mal se levassem na garupa não outro rapaz, mas algum “técnico” que participou desse estranho e megalomaníaco projeto da transposição das águas do Velho Chico. Aliás, notou-se que a Globo nem falou no projeto, apenas mostrou a cena, como inusitada e curiosa. E por que não falou da transposição? Ninguém sabe.

 

E por que também a mídia do Centro-Sul nem liga um assunto ao outro quando mostra que cidades situadas no baixo São Francisco, local de onde vão retirar as águas do Velho Chico para bem longe, os seus habitantes não possuem água nem para beber, morando bem pertinho das margens do rio? Sem resolverem esse e outros problemas toca-se um projeto que nem mesmo com o fim da CPMF, que diminuiu a arrecadação do Governo, pensa-se em paralisar, à espera de outro tempo.

 

É o compromisso com as empreiteiras ou não? Ou com as grandes empresas do agronegócio que estão esperando implantar projetos de plantação de soja, cana e uma usina siderúrgica tudo visando à exportação e não o consumo interno?

 

Sobre petistas e alvistas juntos em Poço Redondo

Ao ler uma nota publicada ontem, 29, neste espaço da aliança dos petistas com os alvistas em Poço Redondo, o ex-deputado e atual secretário da Articulação Política, Jorge Araújo lembrou que frei Enoque, do PSB, não está jogado para o escanteio, já que o governador Marcelo Déda disse que apoiará quem estava com ele em 2006. Jorge entende que é legítimo o direito do petista Roberto Araujo ser candidato a prefeito em Poço Redondo, porém ele está mal acompanhado porque fez uma aliança com a atual prefeita, Iziane, que foi eleita pelo grupo de frei Enoque, mas no dia da posse rompeu com ele e depois foi para o grupo de João Alves Filho.

 

Seguro-safra para Poço Redondo e Porto da Folha

O ministro interino da Integração Nacional, Luiz Antonio Souza da Eira, secretário-executivo da pasta, garantiu nesta terça-feira, 29, ao governador de Sergipe, Marcelo Déda, em Brasília, o reconhecimento imediato do estado de emergência dos municípios de Poço Redondo e Porto da Folha. Os dois municípios terão seus reconhecimentos do estado de emergência publicados no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 30. Eira confirmou, ainda, que falta apenas o parecer da consultoria jurídica do Ministério da Integração Nacional para incluir Poço Verde nesta lista. Com este reconhecimento, os agricultores destes municípios, atingidos pela seca, passam a ter acesso ao seguro-safra. Ao mesmo tempo, o Exército pode retomar o trabalho de abastecimento de água à população por meio de carros-pipa, o que deve ocorrer ainda nesta semana. Ao ministro, Déda lembrou que Sergipe já sofre com a estiagem e a conseqüente falta de água, especialmente no semi-árido.

 

Inclusão de outros municípios

O governador solicitou a inclusão de outros municípios sergipanos, também castigados pela seca, na lista de reconhecimento do Ministério da Integração Nacional. O secretário-executivo informou que, tão logo sejam cumpridas exigências legais e burocráticas, adotará a mesma providência. Os municípios que estão com a documentação incompleta são Canindé, Pinhão, Monte Alegre e Nossa Senhora da Glória. A documentação é exigência legal para que o estado de emergência seja decretado. Da audiência participou, ainda, o secretário nacional de Defesa Civil, Roberto Costa Guimarães. O governador foi acompanhado pelo representante de Sergipe em Brasília, Pedro Lopes. (ASN).

 

Reunião dos governadores do Nordeste

Marcelo Déda retornou a Aracaju ainda, 29, no final da noite. Hoje, 30, pela manhã tem uma agenda administrativa e à tarde se reúne com a equipe que está cuidando da organização do encontro dos governadores do Nordeste, que acontecerá na última semana de fevereiro em Aracaju. A data ainda será definida por conta da agenda de todos os governadores.

 

Boicote existe mesmo da TV Sergipe ao futebol sergipano

A coluna ontem, 29, disse que ia apurar a denúncia do leitor e comprovou. Tem mesmo boicote da TV Sergipe ao campeonato sergipano deste ano só porque a TV Atalaia vem transmitindo os jogos ao vivo. Ontem este jornalista conversou com quatro dirigentes de times de futebol e tomou conhecimento que as equipes da emissora não estão indo nem mesmo cobrir os treinos como faziam sempre. Está limitando-se a exibir os gols e mais nada. Este jornalista coloca as duas mãos no fogo: o boicote não partiu de nenhum jornalista da TV Sergipe. Com certeza foi da cúpula. É algo vergonhoso que deixa indignada e revoltada a população. A coluna vai continuar apurando e quando descobrir de quem foi a ordem, pode ser quem for, terá um tratamento “especial”. Só uma pergunta: será que o sócio da emissora, Albano Franco está sabendo deste boicote?

 

Querem transformar processo de Floro em show business

A tática de Floro Calheiros em contratar o ex-deputado Roberto Jeferson como advogado é uma só: transformar o processo dele em um show business com o intuito de desviar a atenção para a verdade. Roberto Jeferson com o estilo fanfarrão será uma atração a parte, chamará a atenção da imprensa e, se a juíza deixar, ele até cantará quando fizer a defesa do seu inocente cliente no fórum. A intenção é clara: mangar da Justiça e dos sergipanos.

 

Demora para desmontar o corredor da folia

A coluna aguardou só para constatar: A ASBT demorou 14 dias para desmontar o corredor da folia em frente ao parque da Sementeira. Os primeiros dias, logo após o Pré-Caju, é usada a estratégia de contratar muitos caminhões. Quem passa pelo local na segunda-feira tem a impressão que o desmonte será rápido. Porém, nos dias subseqüentes, os caminhões somem, ficam poucos num total desrespeito à comunidade e às pessoas que utilizam aquele espaço diariamente, tanto para esperar ônibus – tem dois pontos no trajeto – como para fazer caminhadas ou até mesmo usar a ciclovia como meio de ir para o trabalho. A Prefeitura deveria fechar um acordo para que o desmonte fosse feito em uma semana, sob pena de pagamento de multa por parte da ASBT.

 

Quem paga o estrago no calçadão?

Outro detalhe é que boa parte do calçadão onde são colocados os bares estão cheios de buracos sem as pedras. Quem paga o prejuízo? Neste caso a Prefeitura tem que ser responsabilizada já que os bares pagam uma taxa a Emsurb para a instalação.

 

Continua o uso indiscriminado das viaturas da SSP I

De uma leitora: “Parece que a polícia não está nem um pouco preocupada com o uso indiscriminado das viaturas fora do expediente. Há anos observo, por ser usuária dos meios de transporte urbanos, que as viaturas não apenas são usadas para levar as famílias e amigos dos policiais para passear como também para burlar a entrada nos terminais de integração. É muito comum as viaturas entrarem na área do terminal DIA e Atalaia e deixarem, placidamente, suas mulheres, crianças e agregados na parada específica da linha, evitando a roleta e por fim, a cobrança da passagem. Se os fiscais ligam? Nem um pouco. É uma grande camaradagem. Tenho muito amigos policiais, pessoas honestas e inteligentes, mas as velhas práticas podres das instituições policiais acabam deturpando o modo como esses trabalhadores enxergam esse tipo de atitude. Interpelado sobre a legalidade do ato, um amigo me respondeu: “qual é o mal em querer ajudar alguém, já que passamos o dia todo rodando?”.”

 

Continua o uso indiscriminado das viaturas da SSP II

De um leitor, devidamente identificado: “Venho deixar todo o meu descontentamento em ver o mal uso dos carros públicos, principalmente da Polícia Militar do Estado de Sergipe. Hoje pela manhã, 29, flagrei uma viatura da polícia militar GOL deixando o conjunto Augusto Franco sentido centro da cidade pela Av. Beira Mar, sendo utilizado como veículo próprio para levar pessoas queridas na escola e no trabalho. Além disso, desrespeitando todas as leis de trânsito com excesso de passageiros sendo uma criança pré-adolescente no colo de uma senhora, no total iam seis pessoas no carro sendo três policiais fardados o que caracteriza-se que estavam de serviço. Pena não estar munido de uma câmera fotográfica para dar validade a essa denúncia. Mais deixo minha revolta e o desejo de ver as coisas mais sérias nesse Estado. Entro na briga com vossa senhoria em tentar construir um mundo mais justo sem privilégios e abuso de poder”.

 

Fotos começarão a ser publicadas

A coluna vai começar a publicar fotos de veículos dos poderes públicos, em todas as esferas, que estão sendo utilizados indevidamente. O leitor, que tiver interesse pode enviar a foto.

 

Servidores da saúde com a cuia na mão

E-mail de uma servidora pública: “O Sr. Jorge Alberto, Secretário Estadual de Administração pregou uma peça muito desagradável nos servidores da Saúde do Estado! Pois bem, existindo Lei estadual que permite dois vínculos a estes servidores públicos, o senhor secretário resolveu mesmo assim bloquear os salários dos funcionários que estão regulares, sem um aviso, sem uma convocação, sem sequer motivo que justifique. Se o servidor está dentro da lei, por que seu salário foi bloqueado? Final de mês, as pessoas com compromissos a honrar e a falta de consciência deste Secretário é de assustar!!! Conforme ele mesmo divulgou na imprensa, apenas 50 servidores foram convocados a prestar satisfação, mas, no entanto, quase todos ficaram sem dinheiro no dia 29.  Isso é no mínimo falta de respeito aos servidores”.

 

Salários foram liberados

Depois da reclamação dos servidores da saúde, através do Sintasa e os outros sindicatos da área, os salários foram liberados para os servidores que têm apenas um vínculo no Estado. A justificativa da Secretaria da Administração é que existem muitos servidores com mais de dois vínculos no Governo do Estado e na prefeitura, o que é ilegal. Tem médico com quatro vínculos, dois em Sergipe e dois em Alagoas. Só pode acumular no máximo dois. A SEAD explicou que enviou correspondência para cerca de 1.800 servidores e só apareceram 300.

 

Qual o motivo do Hemolacen comprar oito máquinas de calcular?

Está no portal Compras Net desde o dia 28 e se encerra hoje a compra: “08 Máquinas de calcular contendo: 12 dígitos, display azul fluorescente com 17 mm de altura, contador de itens, relógio e calendário, cálculo de média, função de grande total com seletor, funciona 110 volts, 4,8 linha/segundo, função conversão, cálculo de tempo, impressão em 2 cores: preto e vermelho, display grande de fácil visualização, teclas grandes, indica e imprime o número de vezes que as teclas foram acionadas, display de cristal líquido fluorescente com pontuação de 03 dígitos, possui uma função para calcular impostos 12/02/2008”. Quem está comprando é o Hemolacen. Muito estranho até porque o Hemolacen não cobra impostos, ou cobra?

 

Repasses para assistência social

Prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, assina hoje, 30, o decreto de homologação da rede sócio-assistencial para 2008. Ao todo, 26 instituições irão receber repasses para a área da Assistência Social. A assinatura será às 8h30, no Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos. São, ao todo, 20 instituições para prestação de serviços da Proteção Social Básica, totalizando recursos de R$ 581.900; e seis para serviços na Proteção Social Especial, no valor total de R$ 436.200. Em seguida, o prefeito fará o lançamento da sétima edição do Projeto Verão 2008, que acontece de 9 a 18 de fevereiro, na Orla da Atalaia.

 

Posse hoje de Osório Ramos como desembargador

O Juiz Osório de Araújo Ramos Filho será empossado no cargo de Desembargador do Tribunal de Justiça de Sergipe hoje, 30, às 17h, no auditório do Palácio da Justiça Tobias Barreto. Ele ocupará a vaga deixada pela Desembargadora Josefa Paixão de Santana, que se aposentou compulsoriamente no dia 27 de dezembro. “Tenho certeza de que ele prestará nesta Casa um serviço sem igual. Saúdo-o com as boas-vindas e desejo que sua contribuição nos traga uma nova luz ao Direito”, disse o Presidente do TJSE, Desembargador Artêmio Barreto. Para o Juiz Osório de Araújo Ramos Filho chegar ao TJ é motivo de alegria e certeza de ter alcançado o ápice de sua carreira. “Tenho a convicção de que continuarei exercendo minha profissão com dedicação e amor”, relatou.

 

Assembléia geral do Sinpol

A Diretoria do SINPOL/SE, no uso de suas atribuições estatutárias, convoca todos os associados para Assembléia Geral, a ser realizada no dia 30 de janeiro de 2008, a partir das 14h no auditório da ACADEPOL, onde serão tratadas as seguintes pautas: Apresentação da nova diretoria; situação encontrada no SINPOL; Situação da sede localizada na rua Simão Dias; Esclarecimentos sobre a Mesa Setorial de Negociação; Início da campanha pelo Correto Enquadramento e pelo Nível Superior para o Agente de Polícia e calendário de mobilizações; Ações judiciais a serem impetradas; gratificação por Evento e Aposentadoria Especial; O que ocorrer.

 

Lei dos 15 minutos: Banese não tem jeito

Um ano se passou e a presidência do Banese não mudou muita coisa. Por exemplo, o Banese é o banco que mais descumpre a lei dos 15 minutos. A agência da Atalaia é um exemplo de desorganização. Ontem, 29, por exemplo logo após a abertura do banco só tinham dois caixas para atender os clientes. Uma cliente pegou a senha às 9h12 e só foi atendida às 9h45. Foi reclamar ao gerente geral, cadê ele? Para variar não estava na agência.

 

Alguns dados da balança comercial positiva

O governo do Estado comemorou ontem que pela primeira vez, em 13 anos, a balança comercial fechou um ano com superávit. Em 2007, a diferença entre as exportações e importações realizadas pelo Estado chegou a um resultado positivo de US$ 4,551 milhões. O superávit não era alcançado desde 1994. Também cresceram os indicadores em relação aos outros estados nordestinos. Uma ação importante foi que o governo, logo nos primeiros meses do ano passado, instalou uma Comissão de Comércio Exterior com a participação de 12 entidades, realizando cursos e seminários para estimular o empresariado.

 

Prédio do Município abandonado no Robalo I

Correspondência recebida dos moradores do Robalo: “Os moradores do Robalo estão revoltados com a Prefeitura de Aracaju. Um prédio do município está fechado há dois anos sem que algum órgão público municipal ofereça no espaço qualquer atividade ou serviço para o povo. O prédio originalmente era da Secretaria de Educação e funcionava a Escola Municipal Tênisson Ribeiro. Em 1998, a Prefeitura adquiriu um novo prédio para a Escola Tênisson Ribeiro e o prédio passou a ser usado pela Secretaria Municipal de Saúde, quando implantou no Robalo o PSF e o prédio recebeu o Unidade de Saúde Santa Terezinha. Em fevereiro de 2006, a Secretaria de Saúde inaugurou o novo prédio da Unidade de Saúde e de lá para cá o prédio encontra-se fechado. Antes mesmo da mudança do Posto Médico foi realizada uma pesquisa na Comunidade a fim saber como os moradores gostariam que a Prefeitura de Aracaju usasse o prédio. A opção por realização de cursos foi a mais citada, seguida de atividades culturais, posto policial, creche, entre outras”.

 

Prédio do Município abandonado no Robalo II

Continua a correspondência: “Nesses dois anos vários ofícios foram protocolados nas diversas secretarias. Logo que foi inaugurado o novo prédio para a Unidade de Saúde, a Secretaria de Saúde devolveu o prédio à Secretaria de Educação. A Secretaria de Educação por sua vez, provocada pela Comunidade passou o prédio para a FUNDAT. Nesses dois anos os moradores do Robalo têm batido às portas de vários órgãos públicos municipais e têm percebido um grande descaso com o patrimônio público. A FUNCAJU não teve interesse em usar o espaço para as atividades culturais e artesanais. A FUNDAT não teve interesse em ofertar os cursos para a juventude e informou que o prédio teria sido transferido para a Secretaria de Ação Social.

A Secretaria Municipal de Ação Social disse que não interessa a ela o uso do prédio e devolveu oficialmente à FUNDAT. As entidades representativas do Robalo já registraram o fato até junto do Gabinete do Prefeito Edvaldo Nogueira, mas não obtiveram qualquer resposta. O que deixa os moradores do Robalo indignados com a forma como o Poder Público Municipal trata a questão é que, além da necessidade do povo do Robalo, está a deteriorização do prédio público. Os moradores do Robalo até concordam que o prédio poderia ser usado por mais de uma Secretária ou Órgão Público, a fim de racionalizar as despesas com a manutenção do prédio, só não concordam em ver um prédio fechado e a demanda do povo sem atendimento”.

 

Revolta de um pai

E-mail de um pai de uma formanda: “Dia 26, sábado ocorreu às 20h a colação de grau curso de enfermagem/Uint no auditório do hotel Parque dos Coqueiros. Tudo bonito. Após colação às 22h15 os formandos dirigiram-se ao salão do Pedro Cabeleireiro na Avenida Jorge Amado como ficou acertado e chegando lá cadê o dito cujo, tudo fechado – aí começou o choro, a agonia das mães/pais, pelo sonho acalentado por suas filhas de uma festa linda compensando as noites mal dormidas de estudo, estágios – tudo isso quebrado pela irresponsabilidade, falta de compromisso do famoso Pedro Cabeleireiro. O cheque pago como caução foi sustado pelas vítimas para acerto posterior, devido parte do serviço ter sido prestado por outro profissional. As vítimas do enrolado Pedro Cabeleireiro chegaram ao CIC local de  realização da festa somente às 24h”.

 

Frase do dia

“Amar, não com as grandes palavras / usadas como se elas fossem dinheiro, / e sim com a humildade dos que reconhecem / um porque milhões existiram e existem”. Moacir Félix, poeta.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários