Mulheres na eleição

0

Proibidas de votar até 1932, as mulheres são hoje a maioria do eleitorado brasileiro e sergipano. Dados da Justiça Eleitoral mostram que em 2010 existiam no Estado 744.406 eleitoras contra 681.278 votantes do sexo masculino. Portanto, nada mais justo que as eleições municipais deste ano sejam comandadas por uma mulher, a desembargadora Maria Aparecida Gama. Ela foi eleita ontem para presidir o Tribunal Regional Eleitoral até 2014, em substituição à também desembargadora Suzana Maria Carvalho Oliveira. Magistrada cordata, séria e competente, Aparecida Gama tem tudo para comandar sem sobressaltos o processo eleitoral que se avizinha e que vai eleger os futuros prefeitos e vereadores de Sergipe. Como dizem os colunistas sociais, bola branca para a nova presidente do TRE.

Novo dono

O Grupo Celi adquiriu em leilão o Hotel Parque dos Coqueiros, em Aracaju. Segundo publica hoje a coluna Periscópio do Jornal da Cidade, o pregão ocorreu porque os acordos para quitação da dívida junto à Caixa Econômica Federal não foram cumpridos pelo hotel, que devia R$ 19 milhões. O Parque dos Coqueiros tem 109 apartamentos, cinco suítes, 11 salas para eventos, uma área de lazer com 60 mil metros quadrados, quadras, campo de futebol e sauna.

Centralização

Centralizar a regulação de todo o Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) nas instalações do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). Esta é a proposta do vereador aracajuano Emerson Ferreira (PT) para reduzir os trotes e aumentar a eficiência do Samu. Segundo o parlamentar, com todo o sistema centralizado no Ciosp, será possível, por exemplo, evitar que uma viatura do Samu e outra do Corpo de Bombeiros se desloquem para o mesmo local sem necessidade.

Prepare o bolso

A Lei de Mobilidade Urbana sancionada pela presidente Dilma Rousseff (PT) estabelece que os municípios podem cobrar pedágio para diminuir o trânsito de automóveis, estimular o transporte coletivo e reduzir a emissão de poluentes. A nova lei determina que a receita gerada pelo pedágio deve ser destinada ao transporte coletivo, como a concessão de subsídio público à tarifa. Quer apostar como a maioria dos municípios vai cumprir a lei?

Quer aparecer

O deputado federal Almeida Lima (PPS) ataca os pré-candidatos a prefeito de Aracaju para tentar figurar no debate político em torno da sucessão municipal. Quem pensa assim é o também deputado federal Rogério Carvalho (PT). Entrevistado ontem pelo jornalista Jason Neto, na Liberdade/FM, o petista disse que Lima procura a todo custo chamar as atenções para si na tentativa de ser incluído no debate sucessório da capital. Em outras palavras, Almeidinha só quer aparecer.

Pedras ao mar

Na tentativa de impedir o avanço do mar na praia da Atalaia Nova, a Secretaria de Estado da Infraestrutura está realizando obras de manutenção e proteção do molhe ali existente. Estão sendo feitas a limpeza e a recomposição da área do molhe com pedras soltas de grande porte. As brechas restantes serão fechadas com pedras menores. É o poder público gastando nosso dinheirinho para ‘alimentar’ a boca da barra com enormes pedregulhos.
Teto sobe

Já está em vigor a portaria conjunta dos ministérios da Fazenda e da Previdência Social fixando o piso e o teto dos benefícios dos aposentados e pensionistas. O reajuste do salário mínimo no dia 1º de janeiro, de R$ 545 para R$ 622, estabeleceu o valor mínimo que será pago. O teto dos benefícios subiu de R$ 3.691,74 para R$ 3.912,20. Os valores intermediários entre o teto e o piso pagos pelo INSS estão automaticamente corrigidos pelo INPC do ano passado, que foi 6,08%.

Biometria

Os eleitores que não fizeram ainda o cadastramento biométrico têm até o dia 9 de maio deste ano para fazê-lo. Este é o prazo final, e quem não comparecer aos cartórios eleitorais estará impedido de votar nas eleições municipais de outubro próximo. Segundo a Justiça Eleitoral, 86% dos sergipanos fizeram o cadastramento biométrico.

Quórum contestado

O Sindicato dos Professores Estaduais quer anular a sessão da Assembléia que aprovou a Lei que extingue o nível médio do quadro permanente do magistério. Segundo a entidade, o secretário e deputado Zeca da Silva (PSC) não poderia ter participado da votação porque não foi exonerado da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia. O Sindicato já deu entrada numa Ação Direta de Inconstitucionalidade, alegando que não houve quórum qualificado para aprovar a Lei.

Do baú político

Indicado prefeito de Aracaju graças a um acordo entre as lideranças arenistas, o médico Gileno Lima foi ‘fritado’ pelo governador Lourival Baptista. No livro ‘Julio Leite, o chefe invisível’, o jornalista Ricardo Leite fornece detalhes sobre a jogada arquitetada pelo governador. Primeiro, este não foi à solenidade de posse na Prefeitura. Meses depois, a Câmara de Vereadores aprovou um projeto isentando o Banco de Fomento de Sergipe – hoje Banese – do pagamento de impostos municipais. O prefeito sentiu o golpe e vetou o projeto. Chateado, Lourival o convoca para uma conversa e propõe: “Gileno, você viaja, o prefeito interino assina a lei e você não se desgasta”. Na bucha, Gileno Lima se demite. Era o que o governador mais desejava. Deixa por vários meses comandando da Prefeitura o presidente da Câmara José Teixeira Machado. Depois, sem respeitar o acordo com a turma dos ex-PSD e ex-PR, indica como prefeito o economista Aloísio de Campos, nome tirado do bolso do colete. No dizer do então deputado estadual Jaime Araújo, peemedebista oriundo do PR, o ato de Lourival “foi um esbulho, uma usurpação”.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários