O Banese anuncia no Exterior

0

Geralmente nos finais de semana, o escriba tem o costume de fazer tour por sites estrangeiros, em busca de noticias ou informações que pouco circularam no Brasil. Acesso principalmente os sites da indústria cinematográfica, como os do jornal “Variety”, americano, considerado a “biblia” do cinema, “Allocine”, do cinema francês, “Semsacine”, do cinema espanhol, etc. Esta semana, no site do Allocine chamou-me a atenção um anuncio que algumas vezes interrompia o texto mas que ficava pouco tempo no ar dentro do formato original de 3 x 5cm. A ilustração era de uma festa junina típica, inclusive com o casal que ilustrava a peça vestido à caráter, de caipira. Que empresa assinava a peça? O Banco do Estado de Sergipe, tendo por mote a campanha que está no ar em Sergipe: “O Banco do Estado de Sergipe é tudo, menos igual”.  Fiquei a me perguntar: a qual público era endereçado o anúncio, se publicado em site de língua francesa? Estaria o Banese almejando conquistar clientes entre o público francês? Ou sensibilizar o mesmo público a vir ao São João de Sergipe? Só vi mesmo o anuncio no site francês. Mesmo os sites de cinema de outros países, como Canadá, Itália, México, etc., não havia rastro do anuncio do Banese. Fica o registro, portanto, com uma questão: não seria mais produtivo se o Banese gastasse o dinheiro investido na França em sites brasileiros?

Desculpas  a Moritos Matos

O deputado Moritos Matos, aquele que se veste de “pirata’ para participar das sessões normais da Assembleia Legislativa, conseguiu esta semana uma proeza, digna dos maiores veteranos da Casa Legislativa. Ele levou a deputada Ana Lúcia, a mais aguerrida  da bancada do PT, a pedir-lhe desculpas por um engano que teria sido cometido pelo Sintese, mas em verdade foi do seu gabinete, conforme confessou. É que, na 4ª feira, a Assembleia ouviu a palestra da professora Ivonete Cruz sobre o “desmonte” da Educação, patrocinado pelo governo do Estado. Antes de se iniciar a sessão, Moritos, de público, pediu desculpas porque teria que se ausentar por conta de compromisso assumido anteriormente. No dia seguinte à palestra, os deputados que não assistiram a palestra receberam um calhamaço de papel que era justamente o texto da palestra, inclusive chamando a atenão de que o parlamentar só estava recebendo aquele material porque esteve ausente da sessão. Uma espécie de reprimenda pela ausência. Moritos acha que foi injustificado no seu caso, porque ele justificou a ausência do plenário. Criticou a presidente do Síntese pelo ofício. A deputada Ana Lúcia pediu-lhe desculpas dizendo que o material foi recebido por sua assessoria e providenciou a distribuição com os deputados faltosos. Não deveria ter feito assim mas esperado um orientação da própria parlamentar. Já que agora era tarde, ela pediu desculpas a Moritos e  outros parlamentares que se sentiram ofendidos.

Bons resultados na feira Off-shore

Prospecção de novos parceiros, troca de contatos e expectativa de realização de novos negócios nos próximos meses. Esse é o resultado da participação dos empresários sergipanos na Brasil Off-Shore, a terceira maior feira da cadeia de petróleo e gás do mundo. O evento foi realizado em Macaé, no Estado do Rio, durante 4 dias da semana passada. Quatro empresas –  Wellcom, Engepet, Tecnologia Railton Faz e Marine Oil nd Gas Energye Solucition – além do Sebrae e da Secretria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, todos integrantes da Rede Petrobas.  Participação dos sergipanos foi mais um ação do projeto Energias de Sergipe, desenvolvido pelo Sebrae. Durante a Feira, os sergipanos tiveram a oportunidade de divulgar seus serviços, trocsr experiências com outras empresas, participar de palestras e seminários sobre atividade petrolifera e identificar as demandas de grandes companhias do setor. Para incentivar a realização de negócios, o Sebrae, em parceria com a Organização Nacional da Indústria do Petróleo e  Federação das Industrias do Rio de Janeiro, promoveu uma Rodada de Negócios com a presença de dezessete empresas ancoras e dezenas de ofertantes. Até setembro deverão ser leiloados quase 300 blocos de exploração nas bacias sedimentares de Sergipe-Alagoas, Campos, Espírito Santo, Santos e Pelotas Diferentemente de outros leilões, quando  a Petrobras manteve o monopólio da extração  do petróleo, desta vez será permitida a participação de empresas estrangeiras no processo.

       …e para encerrar…

Recesso – A Assembleia Legislativa nos preparativos para a última semana de sessões ordinárias da Casa. Na terça e na quarta tem sessões de comissões e plenárias para a votação das matérias. Na quinte-feira ocorre  sessão derradeira deste semestre

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais