O roubo da porca

0

Três soldados da Polícia Militar estão em maus lençóis. É que a Justiça Militar condenou a seis e quatro anos de reclusão o trio acusado de ter roubado uma porca em Porto da Folha. Segundo o processo, os PM’s trafegavam pelo município quando se depararam com a porquinha na estrada e resolveram roubá-la. Colocaram o animal na viatura e o esconderam no quintal do primo de um dos presos da delegacia. Posteriormente venderam por R$ 150. Antes do abate, contudo, o dono do animal conseguiu reconhecê-lo e prestou queixa na Delegacia. Graças a um acordo verbal, os policiais devolveram a ‘grana’ ao comprador, que entregou a porca ao verdadeiro dono. Porém este, numa atitude cidadã, não retirou a queixa, que virou processo e terminou na condenação dos soldados. O roubo da porca seria cômico se fosse uma peça de teatro ou coisa parecida, mas é trágico, principalmente porque os acusados pelo crime são três agentes públicos, pagos pelos contribuintes justamente para proteger o patrimônio do cidadão. Uma lástima!

De volta

O governador Marcelo Déda (PT) reassume hoje o governo após ter passado quase duas semanas de férias na Europa. Ao desembarcar ontem em Aracaju, o petista evitou falar sobre temas polêmicos, como as críticas feitas à sua administração pelo deputado federal Almeida Lima (PMDB). Déda disse que durante as férias não leu nada sobre Sergipe. “Primeiro vou me inteirar sobre os fatos para só depois emitir opinião”, afirmou. Almeidinha disse na semana passada que o governo é medíocre.

Solidário

Questionado pelo colega Chico Freire, do Jornal do Dia, sobre a provável renúncia de Zé Eduardo Dutra da presidência nacional do PT, o governador Marcelo Déda foi lacônico: “Seja qual for a decisão dele, contará com o absoluto apoio da minha parte”. Vítima de uma forte crise hipertensiva e depressão, Dutra anunciará amanhã, na reunião da Executiva nacional, que não continuará no comando do partido. Deverá ser substituído pelo senador Humberto Costa (PT/PE).

Ande rápido

Termina amanhã o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda, e a Receita Federal já avisou que não estenderá esta data. Aqueles que pensam que a não entrega resulta apenas em multa devem rever seus conceitos e correr para cumprir com a obrigação. É que os contribuintes que não entregarem o documento terão obstáculos econômicos futuros. Esses empecilhos vão desde problemas na hora de alugar ou mesmo financiar um imóvel até conseguir um financiamento estudantil ou mesmo uma viagem para o exterior.

Couro de fole

Depois de ter praticamente decidido que o mandato pertence ao partido, o Supremo Tribunal Federal (STF) deu uma guinada e aprovou ontem que a vaga aberta com o afastamento do titular pertence à coligação partidária. Isso significa que muita gente que assumiu liminarmente uma cadeira parlamentar terá que se afastar em favor do suplente da coligação. Em Sergipe, a decisão do STF beneficia diretamente o radialista Gilmar Carvalho (PR), que assumiu a vaga aberta pelo deputado e hoje secretário da Indústria e Comércio Zeca da Silva (PSC).

Plano Diretor

Apesar de ser um assunto de total importância para os empresários, a maioria deles não tem conhecimento do conteúdo do Plano Diretor de Aracaju que está tramitando na Câmara de Vereadores. Visando informar seus associados sobre o tema, a Associação Comercial e Empresarial de Sergipe vai promover amanhã a sua segunda edição do Almoço com Empresários. Será a partir das 12h30 no Mercure Hotel, tendo como palestrante o secretário municipal de Planejamento Dulcival Santana.

Viva a Caatinga

Para comemorar o Dia Nacional da Caatinga, nesta quinta-feira, a Secretaria estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos promove a educação ambiental. Estudantes de Canindé e Poço Redondo vão conhecer o projeto “A Pesquisa vai ao Clube e à Escola”. O objetivo é mostrar a dinâmica das pesquisas feitas no Monumento Natural Grota do Angico, nas áreas de botânica, zoologia e ecologia. Haverá ainda a exposição fotográfica “Um Olhar sobre a Caatinga”, que será montada amanhã no salão externo do restaurante da Universidade Federal de Sergipe.

Cofres abertos

As empresas que fizeram doações a campanhas eleitorais acima do limite previsto em lei devem colocar as barbas de molho. É que o Tribunal Superior Eleitoral identificou 3.996 doadoras com indícios de terem aberto os cofres em excesso. Nos próximos dias, o TSE enviará aos tribunais regionais eleitorais os nomes de quem extrapolou os limites de doação. A punição para os infratores vai desde multa a proibição de participar de licitações e assinar contratos com órgãos públicos por cinco anos.

Santo de casa

A organização da Feira da Indústria e Inovação Tecnológica, que acontecerá de 26 a 29 de maio, espera que mais de 10 mil pessoas visitem o Centro de Convenções de Sergipe, onde acontecerá o evento. Os visitantes vão conhecer toda a variedade da linha produtiva de Sergipe e as dezenas de produtos que são fabricados no Estado. O objetivo da Feira é incentivar os sergipanos a consumirem produtos fabricados em Sergipe, contribuindo assim para a geração de emprego e renda.

Do baú político

Professor da Universidade Federal de Sergipe, o economista Rafael de Oliveira usou parte de seu mandato de vereador por Aracaju (1983-1988) em defesa do meio-ambiente, tema muito pouco discutido naquela época. Uma de suas campanhas de conscientização ainda hoje é respeitada pela grande maioria dos aracajuanos, principalmente donos de bares. O slogan “não coma as fêmeas”, cunhado pelo vereador, provocou muita discussão e, naturalmente, brincadeiras de toda a sorte, porém teve uma grande importância para a preservação do caranguejo, que já era tido como ameaçado de extinção em Sergipe. Com este polêmico apelo, Rafael de Oliveira conseguiu disseminar entre a população que, para preservar o crustáceo, era importante não se caçar e muito menos comer a fêmea do caranguejo, principal responsável pela reprodução da espécie. Desde então, ninguém em Aracaju come as fêmeas. Do caranguejo, é claro!

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais