Os taxis param na 2ª e 3ª feira

0

A situação não está boa para ninguém, isso está mais do que claro, diante da profunda crise que se abate sobre o País desde o governo daquela anta chamada Dilma Rousseff. Mas, para os motoristas de taxi parece estar bem pior. Eles sofrem na pele o desaparecimento de clientes, movidos pela falta de grana para pagar até corridas pequenas – algo em torno de R$ 10 reais. Corrida acima de R$ 30, é um sonho acalentado diariamente pelos taxistas, mas que raramente chega. Um taxista dizia ontem ao escriba que saiu de casa às 7h da manhã e até àquela hora – era por volta do meio-dia – estava fazendo apenas a segunda corrida. Esperava concluir o dia com cinco corridas, mas no caixa dormitando não mais do que R$ 60. Segundo ele, isto não dá para todas as despesas que um taxi legalizado tem de tal maneira que a profissão está afastando muita gente das ruas. E para completar tudo isso, “os americanos exportam este tal de Uber que jogou todo mundo no chinelo”. Para ele, esse uber não deixa de ser criminoso: não paga impostos, não sofre fiscalização, os seus motoristas estão livres do pagamento de muitas outras coisas. “É uma concorrência inteiramente desleal”, segundo ele, que os taxistas estão enfrentando em todo o País.

Protesto – Por isso mesmo os taxistas resolveram fazer um protesto de ordem nacional, que começa nesta segunda-feira. Em todo o território nacional está sendo convocada uma greve dos taxistas para segunda-feira, inclusive com protesto à porta das autoridades encarregadas da circulação dos taxis pelo País afora. Aqui em Sergipe, esta greve – ou ‘lock-out” como preferirem – vai se estender até terça-feira, porque os motoristas daqui levaram ao Sinditaxi a reivindicação de que a manifestação fosse vista pelos vereadores. Como a Câmara de Aracaju não tem sessões ordinárias na segunda-feira, o ideal é que a manifestação seja feita também na manhã de terça-feira. E é isso que se pretende fazer.
Então ficam avisados os usuários de taxis: na 2ª e na 3ª feira pode faltar carros para aluguel na cidade.

Vá de ônibus – Os consumidores dos serviços de taxi parecem não ligar muito para a paralisação. Segundo dois ou três usuários de taxis, ouvidos pelo escriba, o grande culpado por toda esta situação é o próprio taxista. “A bandeirada por aqui é muito cara. Mal você abre a porta do taxi para ir até ali ou acolá, já paga R$ 5,20. No final, uma corrida mesmo pequena termina ficando muito cara”. Mas, de qualquer maneira os três se mostraram bastante preocupados: como vou chegar ao trabalho naqueles dois dias?. “E não me venha passar na cara, vá de ônibus. De ônibus não dá. Evidentemente, é muito mais barato, mas também terrivelmente desconfortável…”

Deputado quer música sergipana no rádio

O deputado Gustinho Ribeiro, que é homem da base aliada do governo do Estado, apresentou projeto de lei que pode dar muito o que falar nos próximos dias. Estabelece que as empresas de radiodifusão destinem cinco por cento de espaço da sua programação diária para músicas e/ou composições sergipanas. Já tramita entre as comissões da Casa. Como as emissoras de rádio e televisão reagirão ao Projeto é o que vai se ver de agora por diante. Como Sergipe não tem produtora de disco fica difícil se abastecer de disco novo. Não temos hoje, sequer, empresas que explorem o comércio de discos… E quem vai fiscalizar o cumprimento da lei pelas emissoras de rádio e televisão? Homem, vai ser complicado mesmo…

BNB seleciona para a função de Coordenador

O Instituto Nordeste Cidadania realizará processo seletivo para a função de Coordenador de Unidade do Programa Agroamigo para a cidade de Neópolis. Os candidatos devem ter maioridade, ensino superior completo, experiência em gestão de equipe rotinas administrativas, vendas, cobrança, negociação e conhecimento em informática. O Salário base é de R$ 1.094,20, com uma gratificação de função no valor de R$ 2.211,47, mais remuneração variável, além de um pacote de benefícios (plano de saúde médico/odontológico, auxílio alimentação e cesta básica, de R$ 758,92, seguro de vida, previdência privada, auxílio creche, treinamentos internos e externos). Para participação da seleção, os interessados deverão enviar currículo  até o próximo dia 12, para o e-mail rhagro_se@inec.org. br.  Outras informações poderão ser obtidas pelo e-mail inec.org.br ou pelo fone (079) 9.8843-7336.

As viagens do dr. Sotero

Um dos grandes endocrinologistas sergipanos, não adianta procurar pelo Dr. Raimundo Sotero nos próximos dias. É que até o dia 14 próximo, isto é, quarta-feira, ele está em San Diego, na Califórnia, nos Estados Unidos,  participando do Congresso Americano de Diabetes. E no dia 15, quando chegar dos “States”  vai ao Rio de Janeiro, participar do Congresso Americano de Tireoide. Só depois disto estará no seu consultório da rua Guilhermino Rezende atendendo a clientela.

Aplicativo melhora a vida do policial

O deputado Capitão Samuel hoje é um ferrenho defensor de um aplicativo desenvolvido pela Polícia de Santa Catarina que facilita a vida dos policiais que atendem nas delegacias. O aplicativo foi desenvolvido por um policial da corporação e, pela colaboração que a Polícia local deu, ele cedeu os direitos à Polícia de lá. O Conselho Nacional de Justiça já disponibiliza o aplicativo para o mundo policial brasileiro, a preços bem em conta. Entre outras coisas, o aplicativo pode recolher as queixas policiais em qualquer canto de rua e passá-las imediatamente para as delegacias de polícia sem custo adicional. Facilita a vida de todo mundo mas principalmente do policial que serve na rua

 …e para encerrar…

Palestra – O Secretário de Educação, Dr. Jorge Carvalho do Nascimento, estará 2ª feira no almoço do Rotary Clube de Aracaju-Norte para falar e debater sobre o sistema educacional do Estado. Ao que tudo indica não haverá um só professor por perto…

Caminhão – O caminhão do Hospital de Câncer de Barretos está em Itabaiana, estacionado na praça de eventos de Itabaiana, atendendo a todos que o procurarem, mas é preciso fazer um cadastro na Secretaria de Saúde do município. Para tal, o interessado deverá levar Carteira de  Identidade, CPF, Cartão do SUS e comprovante de residência.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários