Ostensivo: chamando o feito a ordem

0

Diante da gravidade dos desvios (desviados mesmos da sua função primordial, já que policial não pode ficar sentado em birôs, guardando bancos e prédios públicos e outras coisas) de função praticados na Policia Militar, juntando isso a total falta de controle do atual comando da Polícia Militar de Sergipe do seu efetivo (comprovado através de ofícios aos órgãos públicos pedindo informações sobre policiais), não restou outra posição ao governador Marcelo Déda, mesmo com licença médica, reuniu-se com alguns auxiliares para retomar o controle da situação. Ou seja, chamar o feito a ordem.

 

Na reunião o governador determinou o imediato retorno ao policiamento ostensivo, em caráter imediato, de cerca de 120 policiais militares que estão em secretárias, órgãos da administração direta e indireta e do Banese. O governador pediu um levantamento detalhado dos policiais militares cedidas as prefeituras. Se fizerem um levantamento realmente detalhado terão muitas surpresas, entre elas, de policiais que não estão prestando serviço em lugar algum.

 

Enfim uma medida de pulso neste caso. O blog espera que a mesma disposição republicana do governador seja seguida pelas demais autoridades titulares de poderes públicos, uma vez que todos os segmentos do estado, dos municípios ou da união, dispõem de recursos próprios para serviços de vigilância. Parabéns governador, a sociedade agradece.

 

4 PM´s na Justiça Federal

Começam a surgir os primeiros PMs desviados de função, esses tem a situação bastante agravadas, pois estão a disposição da justiça federal. será que a justiça federal não dispõe de recurso para vigilância. obvio que sim. se explique comandante. Publicado no BGO número 215, de ontem, 30: Gabinete do chefe do EMG – Frequencias de praças – Informação – A Diretoria da Secretaria Administrativa da Justiça Federal, Seção Judiciária do Estado de Sergipe, informa através de Ofícios que os Policiais Militares abaixo relacionados, prestaram seus serviços durante 31 (trinta e um) dias, no período de 01 a 31 de outubro de 2009: no quadro tem o nome de 4 (quatro) policiais militares cedidos a Justiça Federal.

 

Ideia “admirável” I

Se a indignação da sociedade não serviu para cancelar a viagem a Bélgica de policiais militares, serviu para que tivessem uma ideia admirável: vão ensinar as crianças do bairro Santa Maria a jogar futebol de salão. Incrível. Essa viagem estimulou as ideias dos nossos campeões. Isso tudo foi revelado ao chegarem no aeroporto de  Aracaju, com direito a banda de musica, escolta de motocicletas etc.Tudo com dinheiro público. Parece que não vive um caos na segurança pública, com falta de policiamento ostensivo e com vários crimes por desvendar.

 

Ideia “admirável” II

Segundo o comandante os atletas campeões repassarão a experiência vivida para crianças carentes. Só vendo pra crer. Espera-se que os PMs atletas tenham aprendido no mínimo a não desertar, há rumores de que um dos atletas viajou para a Bélgica sem permissão da justiça, uma vez que o mesmo cometeu o crime de deserção. Mais essa é outra história de muitas da PM que o blog tem para contar…

 

Ato contra os próprios colegas

Ontem, 30, quando da chegada dos “atletas” da PM do torneio que participaram na Bélgica tentaram fazer um grande ato de apoio ao time por conta da contestação deste espaço pelo gasto de recursos públicos com uma viagem desnecessária. Durante a eleição para a Caixa Beneficente, também ontem, diversos policiais disseram que foram convidados, mas não iriam a manifestação. Os policiais que foram a Bélgica esquecem que o ato não foi contra este jornalista, mas aos colegas que na sua esmagadora maioria foram contra a viagem. Aliás, alguns policiais militares cobraram da imprensa o motivo do silêncio neste caso. Sem falar em radialistas…

 

Para o ano tem mais Europa

O bom de tudo isso é que para o ano tem mais, o campeonato mundial. Tudo normal com dinheiro público. Como o atual comando sabe onde estão todos os PM`s este espaço vai publicar nos próximos dias uma relação interessante. Tem até oficial que é chefe no interior, mas atua em prefeituras. E a PM tem dedicação exclusiva, imagine se não tivesse…

 

Só falta Jackson

Nos últimos dias o senador Almeida Lima vem conversando com diversas lideranças do bloco governista. Procura se consolidar no bloco da situação. Já conversou com Edvaldo Nogueira e ontem longamente com o governador Marcelo Deda. Só falta Jackson Barreto, para quem considera impossível, pode rasgar esta palavra do dicionário dos dois.

 

Entidades fortalecidas

As lideranças da PM saíram fortalecidas nas últimas eleições das seis entidades. Em três delas os candidatos foram aclamados em chapas únicas e em outras três foram reeleitas as diretorias. A última eleição foi ontem, quando foi reeleita a diretoria para a Caixa Beneficente, com cerca de 70% dos votos.

 

Demolição em Pirambu

A Justiça Federal determinou a demolição de parte dos imóveis construídos no Loteamento Praia do Sol em Pirambu em área de preservação permanente. A sentença atende a pedido formulado pelo Ministério Público Federal em Sergipe em ação movida juntamente com o Ibama e a União Federal. A demolição terá de ser feita por conta e risco do município de Pirambu e da LB Empreendimentos Construções e Incorporações Ltda, réus na ação de civil pública.

 

Sem licenciamento

 De acordo com a procuradora Regional da República Gicelma Santos Nascimento, o loteamento foi criado sem o devido licenciamento ambiental, em área de preservação permanente. O MPF tentou por diversas vezes resolver o problema administrativamente, mas as partes não chegaram a um acordo.Em 2005, o Ibama chegou a embargar a obra por conta de tais irregularidades. O laudo pericial constante no processo aponta que parte dos imóveis foram erguidos em área de zona costeira e Mata Atlântica, com a presença de dunas e áreas alagadas.

 

Recomposição da área

O município de Pirambu e a LB Empreendimentos Construções e Incorporações Ltda também terão que promover a recomposição da área degradada e pagar indenização pelos danos causados aos ecossistemas afetados. Nas áreas que não são de preservação permanente e podem ser ocupadas, só poderão ser comercializados os lotes após o devido licenciamento ambiental e apresentação aos órgãos competentes novo projeto de ocupação da área. O juiz Federal Edmilson Pimenta determinou ainda que sejam anuladas as escrituras dos imóveis que foram construídos em área de preservação ambiental. (MPF/SE).

 

Feriados estaduais

Na tabela publicada ontem, 30, sobre os feriados e pontos facultativos para 2010, não tinha o 8 de dezembro, porque o mesmo é feriado municipal, dia da Padroeira de Aracaju. O mesmo acontece para 17 de março dia da mudança da capital. Porém os órgãos estaduais em Aracaju não funcionam nestes dias.

 

Falta de energia no sertão I

Os constantes desligamentos de energia elétrica programados pela Energisa têm provocado interrupção no abastecimento de água em vários pontos de Sergipe. Segundo a Assessoria de Comunicação da Deso, uma nova falta de energia, verificada domingo passado na captação de água localizada no povoado Ilha do Ouro, em Porto da Folha, deixou desabastecidos vários municípios atendidos pela Adutora do Alto Sertão. “A situação só deverá ser normalizada nesta terça-feira”, diz o assessor Fernando Fontes.

 

Falta de energia no sertão II

A Energisa programou um desligamento das 5 às 9h30 do domingo, mas só conseguiu religar a energia às 11h45 daquele dia. “O problema é que a água não retorna às torneiras assim que a energia é religada, pois antes é preciso que haja pressão para encher toda a tubulação que, neste caso, tem uma extensão superior a 150 quilômetros quando somamos todos os trechos da adutora”, explicou Fontes.

 

Ar na tubulação

O último desligamento de energia elétrica deixou sem água municípios como Poço Redondo, Frei Paulo, Pedra Mole e Pinhão. “A Deso tem mantido contatos com a Energisa para que os desligamentos programados não ocorram em espaços de tempo tão curtos como vem acontecendo. No caso de domingo, como a energia não voltou no tempo programado, entrou ar na tubulação, dificultando o trabalho de nossa equipe técnica para normalizar o abastecimento de água”, concluiu Fernando Fontes.

 

Natal do Judiciário será aberto hoje, 01

Os janelões do centenário prédio do Memorial do Judiciário, localizado na Praça Olímpio Campos, no Centro de Aracaju, receberão convidados especiais para a abertura do Natal do Judiciário, nesta terça-feira, dia 1º, a partir das 18 horas. A exemplo do que já foi feito no ano passado, o Coral Canarinhos de Aracaju entoará canções natalinas. O Palácio Silvio Romero, construído em meados de 1892 para sediar o Tribunal de Relação, terá iluminação especial e a rua estará fechada para que a população e os servidores do Judiciário possam prestigiar o evento.

 

Estacionamento nos canteiros

Moradores das imediações do posto Petrox em frente ao posto dos cajueiros, na região de diversos bares reclamam que o canteiro central da Avenida Sizino Fontes está sendo usado como estacionamento. E o pior que o estacionamento irregular está sendo controlado por flanelinhas com apitos fazendo o maior barulho para todos que moram na região. Isso não tem hora, é a noite, de madrugada e até aos domingos a tarde. A SMTT que tem obrigação de fiscalizar silencia quando tem que cumprir sua obrigação.

 

Feijão estragado: Estado pede ressarcimento

O Estado de Sergipe, através da Procuradoria-Geral ajuizou Ação de Reparação Por Danos Materiais e Morais contra a empresa HS&J Comércio Serviços e Refeições LTDA (Processo nº 200911202028), visando o ressarcimento pelos prejuízos causados pela empresa, por ter fornecido mais de nove toneladas de feijão carioquinha- tipo I, estragado.

 

Produto era para merenda escolar

Segundo o Procurador do Estado Kleidson Nascimento, que subscreveu a Ação, o produto era destinado à merenda escolar e estragou-se antes do final do prazo de validade, em condições impróprias para o consumo, atestados por análises realizadas pela EMDAGRO e pelo ITPS.Ao detectar o problema, a Secretaria de Estado da Educação instaurou procedimento próprio para apurar os fatos, devolvendo os produtos à empresa e aplicando as sanções previstas na Lei nº 8.666/93 e no próprio contrato. (PGE/SE).

 

Fórum das Microempresas

Entidades públicas e privadas que integram o Fórum Regional das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte de Sergipe se reúnem nesta terça-feira, 1°, às 10h, na sede da Junta Comercial de Sergipe (Jucese). Entre os pontos da pauta estão a apresentação das mudanças do funcionamento do Fórum Permanente, de acordo com recomendações nacionais, e a discussão/aprovação do novo regimento interno do Fórum.

 

Coordenação dos Comitês Temáticos

Deverá haver ainda a escolha dos coordenadores dos Comitês Temáticos e a constituição do Grupo de Assessoramento Técnico (GAT). Também consta na pauta a aprovação do cronograma geral de reuniões 2010. Um dos integrantes do Fórum é a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia e do Turismo (Sedetec), responsável pela coordenação da reunião.

 

Show “Delas” encerra atividades de 2009 do “Viva Ara Café”

Canções que marcam a trajetória de grandes compositoras brasileiras e que fazem parte da história musical do país estão reunidas no show “Delas”, do artista sergipano Paulo Lobo.  No espetáculo, Paulo canta, a seu modo, sucessos de estrelas nacionais, como Ana Carolina, Cássia Eller, Zélia Duncan, Adriana Calcanhoto, Marisa Monte, Marina Lima. O show acontece na próxima sexta-feira, 4, no “Viva Ará Café”,  às 22h. 

 

Valorização das compositoras

Segundo o artista, “Delas” é uma oportunidade de valorizar as compositoras brasileiras, quase todas elas conhecidas muito mais como intérpretes do que autoras. “Além de ser uma grande homenagem às artistas, é um momento de compartilhar com o público um pouco da história dessas mulheres traduzidas nas suas composições”,  argumenta. No palco, Paulo será acompanhado por Serginho Santana nos baixos fretles e tradicional, Pequeno na percussão e Matheus Carvalho na guitarra e violão de aço. A direção artística é do próprio Paulo Lobo e a produção executiva, de Maria Tereza Andrade.

 

Grande espetáculo em Aracaju

Um encontro inédito promete fazer o Teatro Tobias Barreto pulsar mais forte na noite da próxima quinta-feira, dia 3. A partir das 21 horas, ninguém menos do que o norte-americano Stanley Jordan, peso-pesado do jazz contemporâneo, entra em cena para um duo de guitarras com o baiano Armandinho Macedo, um dos maiores músicos do País. O encontro, promovido pela Falcão Produções, apresenta para o público sergipano verdadeiros ícones da música, conhecidos mundialmente pelo pioneirismo e ousadas técnicas de guitarra.

 

Parceria firmada no Pelourinho

Essa parceria firmada em show no Pelourinho, em Salvador (2008), ganhou o formato maior nessa tour pelo Brasil. Nesses encontros repetirão a mágica que encantou o público na brasileiríssima “Tico-tico no Fubá”, em “Eleanor Rigby”, que Stanley eternizou em uma versão pessoal em seu disco de estréia de 1985, “Magic Touch”; e a clássica canção que todo grande guitarrista já apreciou do mestre Jimi Hendrix, “Little Wing”. “Parte da razão porque fiz este álbum foram as revelações que tive em minha viagem, tentando tornar-me uma pessoa melhor. A outra razão é que descobri algumas informações sobre questões ambientais perturbadoras, como o aquecimento global, a degradação do nosso planeta e o papel do homem na natureza”, explica Stanley, sobre o seu novo trabalho.

 

Exames de faixas do Clube União

Foi sucesso o exame de faixas do Clube de Karatê União, com a participação de 29 atletas de diversas escolas, sob o comando do atleta e professor Yoakan Jocélis – patrocinado pela empresa Progresso. O professor José Menezes elogiou mais uma vez o trabalho realizado pelo clube que tem à frente os professores Edson de Souza e Yoakan. Além do esporte o clube faz um trabalho voltado a conscientização dos jovens contra a droga, através da educação, disciplina e respeito ao próximo.

 

21 anos de trabalho

O Clube de Karatê União já está no mercado há 21 anos, com muito sucesso e ajudando os pais na formação de seus filhos. Hoje o clube já tem alunos do primeiro ciclo, formados em direito, medicina veterinária, pedagogia, entre outros.

 

Copa Interna em dezembro

No  dia 06 de dezembro o Clube de Karatê União realizar a sua Copa Interna reunindo alunos das escolas que o professor Yoakan leciona. O clube fará uma festa de confraternização e uma homenagem aos melhores de 2009.

  

TJSE abre seleção para estágio I

O Tribunal de Justiça de Sergipe – TJSE lança edital de seleção de estágio para estudantes de nível médio e técnico. As inscrições podem ser feitas no período de 27 de novembro a 07 de dezembro, pela internet, no site do TJSE ou no Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE. O Edital foi publicado no Diário da Justiça do dia 27.11.2009.

 

 

TJSE abre seleção para estágio II

Para participar, o estudante deve ter entre 16 e 18 anos (incompletos) e estar cursando o ensino médio ou nível técnico em informática. Estão sendo ofertadas 16 vagas para o nível médio e 177 vagas para formação de cadastro reserva em 37 municípios do Estado. Já para nível técnico em informática, a seleção irá formar cadastro reserva para 2 vagas na capital.O estágio terá carga horária de 20 horas semanais. O estudante receberá bolsa de estágio no valor de R$ 370,00, além do auxílio-transporte de R$ 78,00 por mês. A seleção terá validade de 1 ano, a contar da data de homologação do resultado podendo ser prorrogada uma vez por igual período.

 

 

Artigo – A Incoerência no turismo sergipano – Irma Karla

 

A atividade turística é importante para qualquer economia, seja ela nacional, regional ou local, pois o deslocamento constante de pessoas aumenta o consumo, motiva a diversidade de produção de bens e serviços, possibilitando o lucro e a geração de emprego e renda.  Um dos efeitos causados na comunidade a partir do desenvolvimento do turismo é a melhoria de sua infra-estrutura, à medida que o local vai aumentando sua receptividade de visitantes há uma necessidade de melhoria de sua infra-estrutura para poder acomodar e receber seus visitantes, melhorias essas que são revertidas para a comunidade que acaba se beneficiando.

 

Esses fatores beneficiam as destinações receptoras, atraindo mais turistas, gerando mais renda aos habitantes através das aberturas das oportunidades de trabalho, por conta desses novos postos de trabalho o comércio se desenvolve gerando o efeito cascata ou multiplicador do turismo. Este fenômeno de aquecimento da economia local através do turismo se deve pelo fato em que a partir do momento que o turista gasta na região com bens e serviços oferecidos pela localidade, este dinheiro é convertido aos habitantes e conseqüentemente para o comércio.

 

Entretanto, em Sergipe parece que algumas setores andam em marcha-ré com relação ao Turismo. Nas últimas semanas muito se tem falado sobre o uso da Praça de Eventos da Orla da Praia de Atalaia.  Assunto tão polêmico que o Ministério Público Estadual, resolveu interferir tendo em vista a denúncia de uns poucos inconformados com as ações do turismo sergipano, mas pensando sempre no próprio “umbigo”.

 

Já faz algum tempo que a Orla da Atalaia é utilizada para eventos, seja em janeiro com a “Feira dos Municípios” organizada pelo SEBRAE, seja em junho com o “Arraial do Povo” organizado pelo Governo do Estado e em outras épocas do ano onde empresas produtoras de eventos, utilizam o espaço para atrair turistas, movimentar a tão propagada indústria sem chaminé – o Turismo e incrementar um pouco a vida do sergipano com shows e atividades culturais.

 

Tudo começou a partir de alguns shows promovidos pela Central do Samba, onde um dos seus organizadores (um conhecido policial militar), permitia que o horário fosse extrapolado, em benefício próprio, sem respeito as leis existentes sobre poluição sonora, que ele como policial conhece muito bem.  O evento começou a partir das 18 horas e continuou bem após o sol raiar, ou seja, até as 09 horas da manhã do dia seguinte.

 

Com isso algumas pessoas das imediações e alguns donos de restaurantes que não atrai este tipo de público para lotar seu estabelecimento, fizeram várias reclamações no Ministério Público Estadual, generalizando todo tipo de evento que era realizado naquele espaço.

 

A sociedade é conhecedora da importância de um espaço como aquele para o turismo e cultura sergipana. Não podemos em hipótese alguma nos deixar levar por picuinhas pessoais em detrimento do coletivo sobre a não realização de shows artísticos, culturais e folclóricos na região da orla.

 

Precisamos sim, criar um regulamento de utilização do espaço para que todos, todos sem exceção, saibam seguir as regras e procedimentos de utilização do espaço. Seria como uma cartilha, onde deveriam constar os órgãos com suas respectivas taxas de utilização e depois as regras e procedimentos, bem como, as punições/multas no caso de descumprimento de alguma das cláusulas constante no regulamento.  Desta forma, todos estariam em condições de igualdade para utilização do referido espaço.

 

Quando se fala em organização de shows e eventos, a grande maioria tende sempre a referir-se a Fabiano de Oliveira. E geralmente criticando-o. Quando ele fazia os shows nos bares da Rodovia José Sarney, logo apareceram uns poucos para criticar. Criticavam o acesso ao local alegando a questão da distância ou alguma outra bobagem. Hoje quando ele faz em um acesso mais perto de fácil localização, ainda surge as críticas, só que desta vez, com relação a poluição sonora, a engarrafamento no local, enfim, sempre no intuito de desfazer o que é nosso e que é muito elogiado pelos turistas que visitam nossa cidade. Precisamos ser mais “bairristas” e dar mais valor ao que acontece na nossa cidade que atrai tanta gente de fora que não pára de elogiar nosso modo de viver. 

 

Outro fato que recentemente chamou a atenção foi o Ministério Público Estadual em conjunto com a Prefeitura Municipal, proibir o funcionamento do Bar e Restaurante Coqueiral com música ao vivo. Fico pensando… o Governo do Estado em parceria com o Trade Turístico e a FUNCAJU, vem trabalhando na divulgação do turismo e cultura de Sergipe e especificamente Aracaju por ser portão de entrada dos nossos visitantes, e aparece uns e outros para jogar areia em todo este processo. Existem vários bares e restaurantes em toda orla de Aracaju que possui música ao vivo e nenhum deles foi impedido de funcionar com música ao vivo. Por que será?  Toda esta problemática específica ao Bar Coqueiral, até parece uma questão de interesse particular e não propriamente coletivo. Será que tem “gente grande” incomodada com o sucesso do estabelecimento de Carlito???

 

Como Guia de Turismo, ouço constantemente os turistas que nos visitam fazerem a pergunta típica que todos nós fazemos quando viajamos. O que se tem para fazer na cidade hoje?  Ou …Qual a melhor opção da noite aqui na cidade?

 

Precisamos acabar com as intrigas e picuinhas pessoais que alguns insistem em cultivar, muitas vezes com inveja do sucesso alheio. Vamos trabalhar gente!

 

Precisamos que mais sergipanos pensem no coletivo e não em interesses individuais. Assim nos faz crescer enquanto seres humanos, nos sensibilizando com causas nobres. Cordialmente, Irma Karla F. Barbosa, Presidente do SINGTUR/SE.

 

Participe ou indique este blog para um amigo: 

claudionunes@infonet.com.br

 

Frase do Dia

“Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, pois o triunfo pertence a quem se atreve…  A vida é muita para ser insignificante”. Charles Chaplin. 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários