OVER TRAINING (EXCESSO DE TREINAMENTO)

0

Quando exercícios inapropriados são repetidos em grande quantidade, por um longo período de tempo, a possibilidade de se desenvolver a síndrome do over training, que é o exercício de treinamento. Conseqüentemente a isso teremos a diminuição na performance, devido a má adaptação a um determinado estímulo (exercício). O atleta ou a pessoa que treina com pesos na atualidade tem que ter conhecimento que aquela velha teoria, “quanto mais se treina, melhor”, acabou, e poderá, se continuar assim, obter conseqüências físicas seríssimas principalmente na sua saúde. Para que isso não ocorra, é necessário que haja uma periodização estudada e bem elaborada, através do seu professor ou técnico, que esteja lhe acompanhando. É aí que o descanso, a intensidade e o volume de treinamento devem respeitar essa periodização, que tem como objetivo a melhoria da performance para um determinado período. A individualidade biológica de cada pessoa deve ser respeitada, na prescrição do treinamento, porque cada pessoa responde diferente a cada estímulo. No programa de treinamento deve-se considerar as seguintes variáveis: escolha dos exercícios e sua ordem, intensidade, número de séries, repetições e tempo de intervalos entre as séries e os exercícios. Se seu treino for intenso, acompanhado a fatores estressantes do dia-a-dia, pode-se levar a processos de fadiga crônica. Caso não seja restaurada essa situação com uma boa alimentação, descanso e treino adequado, você poderá chegar aos sintomas de over training. PRINCIPAIS SINTOMAS DE OVER TRAINING 1- Fadiga crônica; 2- Insônia, distúrbios no sono; 3- Irritabilidade; 4- Tremor nas mãos; 5- Sensação de tontura; 6- Diminuição do apetite; 7- Diminuição da performance; 8- Diminuição da força muscular; 9- Aumento da freqüência cardíaca de repouso 10- Resfriados; 11- Incidência de lesões musculares; 12- Diminuição da energia e vigor. Boa malhação e até a próxima! * Araujinho Qualificação: Instrutor Técnico registrado pelo Confef – Conselho Federal de Educação Física – nº 000072/T-SE, CREF – Conselho Regional de Educação Física – e pela FSCMF – Federação Sergipana de Culturismo Musculação e Fitness – reconhecida pelo COB – Conselho Olímpico Brasileiro e filiada a IFBB – International Federetaion Of Body Building -; árbitro de Culturismo e Fitness da FSCMF; vice-campeão sergipano de Musculação, Técnico em musculação pela NABA, Federação Paulista de Musculação. Dúvidas e Sugestões: araujinhopersonal@infonet.com.br (0xx79) 9978-6799

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários