Só se fosse de areia

0

Há um certo exagero do ex-governador João Alves Filho (DEM) quando ele fala sobre a manutenção da ponte Aracaju-Barra. Construída pelo demista e inaugurada no final de 2006, a obra pode não está recebendo o tratamento de um cartão postal, mas daí a se afirmar que ela pode cair é um absurdo. A única explicação plausível para tão desqualificada denúncia é a de que Alves Filho está querendo criar factóides para ocupar espaços na mídia, como afirmou o deputado estadual Francisco Gualberto (PT). Ora, como uma obra daquele porte e com tão pouco tempo de inaugurada pode estar ameaçada de desabar? Ao levantar tal suposição, o ex-governador compromete, inclusive, a empreiteira que construiu a ponte, pois esse risco só seria real se a estrutura tivesse sido feita com areia da praia o que, convenhamos, não aconteceu.

Malas prontas

Esta semana será decisiva para o ex-deputado federal Albano Franco (PSDB). Ele tem até sexta-feira para informar se aceita integrar a nova Executiva Nacional Tucana, que será eleita no final de semana. Albano está chateadíssimo desde que a cúpula do PSDB promoveu a intervenção no diretório estadual da legenda horas antes da eleição de Adierson Monteiro como o novo presidente do partido em Sergipe. Há quem garanta que o ex-deputado já arrumou as malas para deixar o ninho tucano. Será?

Reunião-almoço

O Fórum Empresarial de Sergipe realiza nesta terça-feira uma reunião-almoço. Será no Hotel Aquários e terá como palestrante o superintendente do Sebrae Sergipe, Lauro Vasconcelos. Ele vai falar sobre os projetos desenvolvidos no Estado e direcionados para a classe empresarial. Entre os projetos estão o Sebrae Mais e o Sebraetec. O primeiro é um programa de capacitação e consultoria. Já o Sebraetec é um instrumento que permite às empresas de qualquer setor econômico o acesso subsidiado a serviços em inovação e tecnologia.

Semana da Saúde
 
O Serviço de Medicina Preventiva da Unimed Sergipe está realizando desde ontem a Semana da Saúde deste mês. O projeto aborda o tema “Amamentação”. Até a próxima sexta-feira, a equipe do Centro Assistencial da Unimed entregará material informativo, aferirá a pressão arterial e realizará busca ativa de patologias nos clientes e acompanhantes. Neste mês, a Semana da Saúde conta com a parceria do Banco de Leite Humano – Ministério da Saúde.

Venda de lotes

A Companhia Estadual de Obras Públicas (Cehop) promove no próximo dia 25 um leilão na modalidade concorrência, para a venda de lotes comerciais. Os lotes ficam em Nossa Senhora do Socorro.  A idéia é vender 118 lotes comerciais, com dimensões que variam entre 185,28m² e 427, 40 m2. Os lances iniciais variam de R$ 14.930,00 e R$ 47.364,00.

Condenado

O ex-prefeito de Aracaju, João Gama da Silva (PMDB), terá que indenizar o ex-deputado federal Pedrinho Valadares (DEM) em R$ 13 mil. Pelo menos foi isso que decidiram as Câmaras Cíveis Reunidas do Tribunal de Justiça. Pedrinho resolveu mover o processo após ter se sentido ofendido moralmente durante uma entrevista concedida pelo ex-prefeito. Naturalmente, João Gama deverá recorrer da decisão.

Fábrica pronta

Com um investimento de R$ 8 milhões, a Estrela vai inaugurar até o final de junho em Ribeirópolis sua primeira fábrica de brinquedos no Nordeste. O presidente da companhia, Carlos Tilkian, disse ao Portal G1 que a nova unidade será voltada para atender o crescente mercado consumidor da região em condições de competitividade com os produtos chineses. “O foco é ter uma linha específica de brinquedos grandes com preço unitário relativamente barato”, afirmou Tilkian.

Calote ecológico

Cinco anos após a criação do Parque Nacional da Serra de Itabaiana, o governo federal não pagou, nem disse quando pagará, às famílias que tiveram suas terras desapropriadas em favor da área de conservação.  Ocupando uma extensão de 7.966 hectares nas serras de Itabaiana, Comprida e Cajueiros, o Parque foi criado através de Medida Provisória que, segundo as vítimas do calote ecológico, já teria perdido a validade, sem que o governo federal tivesse reeditado uma outra MP. Que horror!

Olho da rua

Os jogadores do Estanciano, que foi rebaixado para a 2ª divisão após ter sido goleado pelo River Plate por seis a zero, foram despejado da pousada onde moravam em Estância. Sem receber pelo alojamento há três meses, o dono da ‘pensão’ colocou todo mundo no olho da rua. Agora, a diretoria do Estanciano espera o repasse do Governo referente à abertura dos portões no jogo de reinauguração do Francão para quitar uma parte da dívida do clube, que hoje beira a R$ 100 mil. Triste futebol sergipano!

Do baú político

Cassado na madrugada de 1º de abril de 1964, o ex-governador de Sergipe Seixas Dória foi levado pelo Exército para o Arquipélago de Fernando de Noronha, onde já estava preso o ex-governador de Pernambuco Miguel Arrais. Os dois, no entanto, não podiam conversar sem a presença de um, digamos assim, interprete. Seixas contou que ao sentarem à mesa para as refeições diárias, um oficial ficava entre ele e Arrais para garantir a marota lei do silêncio. “Tenente, por favor, pergunte a Seixas se ele conhece esse peixe”. O militar fazia a pergunta e repetia a resposta, embora os três falassem fluentemente a mesma língua. Quando indagado qual o motivo de um interlocutor, o oficial respondia educadamente que apenas estava cumprindo ordens superiores. Coisas do golpe militar.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários