Um Ciro no escuro

0

Além da pandemia, a pré-candidatura a presidente do novo aliado Ciro Gomes (PDT) tem tirado o sono do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT). E não é pra menos: forjado no PCdoB e tendo sempre militado mais à esquerda, Nogueira terá que montar palanque para um Ciro que caminha, a passos largos, na direção da direita brucutu. Para um ex-comunista, apostar nessa imprevisível candidatura é tão arriscado quanto atirar no escuro. Derrotado três vezes na disputa pela Presidência, o ex-governador cearense escolheu como principal adversário o ex-presidente Lula da Silva (PT) que, até um dia desse, era aliado de Edvaldo Nogueira. Pior é que a estratégia de Ciro parece que não tem dado certo. Está fazendo água até em seu curral eleitoral: a última pesquisa do Instituto Paraná mostra o pedetista patinando em 3º lugar no Ceará, bem atrás de Lula. Aliás, são os números que mais causam arrepios em Edvaldo, pois seu presidenciável nunca se deu bem eleitoralmente em Sergipe. Em 2018, por exemplo, o destemperado Ciro Gomes teve apenas 13,02% dos votos no estado, ficando muito atrás do 2º colocado Jair Bolsonaro. Pelo visto, essa insônia do prefeito vai incomodá-lo por muito mais tempo. Marminino!

Volta ao batente

E quem está de volta à labuta parlamentar é o deputado estadual João Marcelo (PTC), recém curado da covid-19. Ele teve comprometimento de grande parte dos pulmões, elevados índices inflamatórios e queda na saturação, tendo ficado internado por dias no Hospital São Rafael, em Salvador. Na sessão remota de ontem, João Marcelo agradeceu o apoio recebido dos colegas deputados e as orações e mensagens de recuperação dos amigos e eleitores. Saúde, deputado!

Vacina no braço

Sergipe recebe, hoje, 9.360 mil doses da Pfizer. Ontem, chegaram em Aracaju 52 mil doses da vacina AstraZeneca. Graças à chegada dessas novas remessas de imunizantes, a Prefeitura da capital retoma hoje a vacinação de pessoas com 38 e 37 anos de idade. Nesta etapa, além do drive-thru do Parque da Sementeira e dos pontos fixos, a população contará com a unidade itinerante instalada no 28º Batalhão de Caçadores, na zona norte da cidade. Portanto, preparem os braços para a bendita seringada. Legal!

Abaixo a intolerância

Enquanto igrejas católicas e evangélicas se espalham por Sergipe, centros afrodescendentes estão reduzindo suas atividades, se transferindo para áreas menos povoadas ou fechando as portas por conta da perseguição principalmente dos evangélicos. Isso mostra como ainda é forte a intolerância religiosa, apesar de a Constituição Brasileira deixar claro ser este um país laico, que respeita todas as manifestações dos credos e da fé. Só Jesus na causa!

Alegre e triste

O deputado estadual Luciano Bispo (MDB) revelou ter ficado alegre e triste ao mesmo tempo. A estranha sensação ocorreu, ontem, quando o emedebista tomou a segunda dose da vacina contra o coronavírus: “Fiquei feliz por ser imunizando e, ao mesmo tempo, triste pelos mais de 500 mil brasileiros que não tiveram a mesma oportunidade e morreram vítimas da covid”, confessou o presidente da Assembleia. Crendeuspai!

Cobrando promessa

E o deputado estadual Zezinho Guimarães (MDB) cobrou mais empenho da bancada federal na luta pela conclusão das obras de duplicação da BR-101, trecho de Sergipe. Ele lamentou que o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, não tenha cumprido a promessa de concluir a duplicação da rodovia em 2020. Zezinho lamentou que tal situação já perdure por 26 anos: “Continuamos sofrendo, perdendo vidas, enquanto a economia de Sergipe afunda”. Misericórdia!

Vai à luta

O médico e ex-senador Eduardo Amorim (PSDB) está mesmo disposto a participar das próximas eleições. O tucano já deixou claro que a saúde será sua bandeira política. Pré-candidato ao Senado, Amorim diz que a necessidade de buscar caminhos para garantir uma saúde de qualidade aos sergipanos “nos dá a certeza de que a nossa missão na política ainda não acabou”. Segundo o ex-senador, a pandemia escancarou a fragilidade do sistema público de saúde, “sendo preciso pensar também no pós-pandemia”. Ah, bom!

Vidas perdidas

A sociedade precisa se sensibilizar com a dor de milhares de pais, impotentes com os efeitos maléficos que o crack causa em seus filhos. A ação dessa droga violenta vem se alastrando em Sergipe. Na medida do possível, a Polícia tem feito a sua parte, prendendo traficantes e retirando boas quantidades de crack do mercado, porém isso não tem sido suficiente. É preciso que todos se unam contra esse terrível mal, antes que nada mais possa ser feito para salvar nossa juventude. Ó Céus!

Emprego novo

O prefeito de Itabaiana, Adailton Sousa (PL), nomeou 26 candidatos aprovados no concurso público realizado no município em 2020. Os novos servidores municipais vão atuar como agentes de limpeza e conservação; de coleta de lixo; de manutenção, conservação e limpeza; comunitários em saúde; de monitoria social; médico; e terapeutas ocupacionais. O prefeito disse que os novos servidores vão contribuir com as ações da Prefeitura, dando celeridade e dinamismo à administração. Supimpa!

Deputado operado

O deputado federal Valdevan Noventa (PL) se submeteu hoje a uma cirurgia de cateterismo, no Hospital Leforte Liberdade, em São Paulo. Ele se sentiu mal na semana passada e, após uma bateria de exames, os médicos decidiram operá-lo. A assessoria de imprensa do parlamentar informou que manterá todos informados e atualizados sobre o quadro clínico de Valdevan Noventa. Desejamos pronta e recuperação ao deputado!

Grana na frente

Não é segredo para ninguém que na campanha passada boa parte dos cabos eleitorais recebeu dos candidatos mais promessas de ajuda financeira do que dinheiro em espécie. Dizendo-se escaldadas, as lideranças interioranas prometem que em 2022 vão exigir as “verdinhas” adiantadas. Do contrário, não negociam o gado ou o revendem para os adversários dos tratantes. Fale-se nas esquinas de Sergipe que alguns candidatos vão inundar o estado de dinheiro. É com esta expectativa que estão vivendo os vendedores de consciência. Home vôte!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã, em 31 de março de 1915

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais