Vamos ser bi, Dragão!

0

O Confiança está caminhando a passos largos para ser Bi-Campeão sergipano de futebol. Comentaristas esportivos acreditam que se vencer o Sergipe hoje à noite no Batistão, o time proletário fica bem mais perto do título. Talvez seja por isso que alguns torcedores já cantam “vamos ser Bi, Dragão”, numa referência ao famoso refrão “Vamos subir Dragão”, entoado pelos sergipanos durante o campeonato brasileiro da série C. A conquista do campeonato pela equipe azul e branca seria uma coisa justa, pois o Confiança é a equipe melhor organizada do Estado, paga a folha de pessoal em dia e oferece todas as condições de trabalho aos seus atletas. Como futebol é uma caixinha de surpresas, vamos esperar o final do campeonato para saber se de fato o time do bairro Industrial conquistará o bicampeonato sergipano de futebol. Tomara!

 

Cimento em alta

 

Após dois meses de queda, as vendas de cimento voltaram a subir em março. Os 4,2 milhões de toneladas comercializados representaram alta de 11,5% sobre março de 2008. Na comparação da média por dia útil, houve aumento de 4,5% para 175,9 mil toneladas/dia. A indústria do setor acredita que com este resultado e as medidas de apoio do governo que será possível manter o nível de 2008 neste ano.

 

Dinheiro no banco

 

A Receita Federal abriu consulta ao quarto lote residual do Imposto de Renda Pessoa Física do ano passado. A relação dos beneficiados está disponível na página da Receita na internet. O valor será depositado na conta corrente do contribuinte no dia 15. O dinheiro virá com correção de 12,23%, correspondente à variação da taxa Selic entre maio de 2008 e março de 2009, mais 1% referente a abril. Faça bom proveito com a “grana”.

 

Páscoa a prazo

 

De acordo com a Pesquisa Serasa de Perspectiva Empresarial, 50% das compras desta Páscoa deverão ser pagas a prazo, contra o mesmo percentual à vista. No mesmo período de 2008, os percentuais eram de 53% e 47%, respectivamente. Considerando apenas os pagamentos a prazo, a expectativa é que 32% sejam feitos por meio de cheques pré-datados, 37% por cartão de crédito parcelado, 24% por financiamento ou crediário, 5% por cartão de débito parcelado e 2% por cartão de loja parcelado.

 

“Pinguços” irresponsáveis

 

A terceira rodada de uma pesquisa do Ministério da Saúde constatou que o brasileiro voltou a dirigir após consumo de bebida alcoólica, e com uma freqüência maior do que antes da Lei Seca entrar em vigor. Desde novembro passado, dobrou o número de pessoas que bebem antes de dirigir: a taxa passou para 2,1% e saltou, em dezembro, para 2,6%. É um índice alarmante, pois, seis meses antes da Lei Seca, 2,1% bebiam e dirigiam em seguida. Os homens dirigem dez vezes mais que as mulheres após consumo abusivo de bebida alcoólica. São uns irresponsáveis.

 

“Birita” mais cara

 

Depois da taxação do cigarro, agora será a vez da “birita”. O governo prepara a elevação do IPI cobrado sobre bebidas alcoólicas. O objetivo é elevar a arrecadação federal e permitir o corte de tributos sobre geladeiras, fogões e máquinas de lavar, a chamada “linha branca”. É possível também que haja uma segunda rodada de aumento da tributação sobre cigarros, ou então que sejam cortados da linha branca os impostos que não são repartidos com Estados e municípios, como PIS e Cofins.

 

CUT queima Judas

 

A CUT vai promover uma manifestação de protesto nesta Semana Santa. Na manhã do próximo Sábado de Aleluia, será realizada a tradicional Queima do Judas, no Calçadão da João Pessoa, centro de Aracaju. O objetivo é mandar ao fogo todas as injustiças sofridas pelo trabalhador e denunciar a corrupção política. Segundo o presidente da CUT/Sergipe, Antônio Carlos da Silva Góis, após pesquisa democrática às diversas entidades afiliadas, o ato revelará os Judas sergipanos eleitos neste ano. Quem ou o quê será que vai para a fogueira? Aguardemos, portanto, o nome do danado.

 

SPC treina

 

O maior banco de dados do país – o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) – começa nesta quarta-feira, em Sergipe, um treinamento com todas as CDL”s sergipanas para introduzir um novo sistema de consultas “via Java” para aperfeiçoamento tecnológico e melhoria na prestação de serviços aos lojistas. O novo sistema, além da modernização e acesso mais veloz e seguro por parte dos associados ao banco de dados SPC, vai propiciar aos usuários o que existe de mais avançado na atualidade em termos de tecnologia da informação.

 

Economia de preços

 

A Secretaria da Administração (Sead) assina logo mais às 8 horas um contrato com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) para a prestação de serviços de pesquisa e cálculo de preços médios de mercado de cerca de 2000 itens comprados pelo Estado de Sergipe. Com a criação do Banco de Preços Referenciais, as compras do Governo de Sergipe serão feitas de forma mais justa e transparente, pois os objetos terão seus preços previamente catalogados de acordo com as tendências do mercado.

 

Fugindo das dívidas

 

O consumidor está disposto a fazer sacrifícios com o objetivo de retirar o nome de cadastros de inadimplentes e assim garantir a obtenção de crédito para uma eventual compra futura. A conclusão é de uma pesquisa realizada junto aos consumidores que buscaram informações no balcão de atendimento do SCPC. Segundo o levantamento, cerca de 52% dos entrevistados pretendem quitar seus débitos nos próximos 30 dias. O percentual é o mesmo apresentado seis meses atrás.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários