Adema interdita lixões de Canindé de São Francisco e Poço Redondo

0
Lixões de dois municípios foram interditados na manhã desta quarta (foto: Adema)

A Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) interditou na manhã desta quarta-feira, 6, os lixões dos municípios de Canindé de São Francisco e Poço Redondo por não obedecerem às políticas nacionais do Meio Ambiente e de Resíduos Sólidos. A ação faz parte de uma programação do Governo do Estado em atender a legislação 12305/10 de erradicar os lixões.

“Temos uma programação para fechamento de todos os lixões de Sergipe, por não respeitarem a lei que visa acabar com lixões e a implementação de aterros sanitários. Nós estamos notificando o tempo inteiro as prefeituras, mas elas nada têm feito. Hoje já temos consórcios públicos para isso”, alega o presidente da Adema, Gilvan Dias.

A ação contou com a parceria das instituições que fazem parte da Fiscalização Preventiva Integrada em Sergipe (FPI/SE). A Frente tem o objetivo de proteger o meio ambiente natural e cultural da Bacia do Rio São Francisco e melhorar a qualidade de vida do povo da região por meio de ações planejadas e integradas de conservação e revitalização.

Empresas em Carmópolis

Em paralelo, a Adema constatou que cinco empresas no município de Carmópolis estavam operando sem possuir licença ambiental e também as interditaram nesta manhã.  “Em Carmópolis, uma série de empresas que tem suas matrizes no Rio de janeiro e Vitória (ES) e que prestam serviço a grandes empresas nacionais estavam operam no Estado de Sergipe sem devida licença para o funcionamento e precisam se ajustar”, explica.

A equipe de jornalismo tentou contato com o prefeito interino de Canindé de São Francisco, Weldo Mariano, e com o prefeito de Poço Redondo, Ademilson Chagas Júnior, sem êxito. A redação continua à disposição pelo e-mail jornalismo@infonet.com.br ou (79) 2106-8000.

por Raquel Almeida

Sergipe tem mais de 100 lixões clandestinos
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais