Ancelmo diz que Aracaju cresceu muito

0

Há mais de 36 anos morando fora de Sergipe, o jornalista Ancelmo Góis não esquece as raízes. Sempre que pode vem a Aracaju e hoje, isso ocorre, mais uma vez. Veio a convite da Secretaria de Saúde para participar de um seminário sobre o SUS e, a partir das 11h30 de hoje, fala sobre “O Sus e a Mídia”. Todas as vezes que vem a cidade prefere hospedar-se na casa da sua mãe ou de irmãos.

“A cidade cresceu muito e está bonitinha, muito limpinha”, diz Ancelmo Góes ao se referir aos ares de cidade grande que Aracaju já ostenta. Quando saiu de Aracaju foi tentar a sorte no eixo Rio-São Paulo fazendo o que sempre gostou. O jornalismo. Foi editor da coluna “Radar” na revista Veja, trabalhou no “Jornal do Brasil” e hoje edita a coluna do Ancelmo, no primeiro caderno do jornal “O Globo”. É o maior índice de leitura do jornal. A coluna é reproduzida em 17 jornais em todo o País.

Ancelmo diz que o jornalismo escrito passa por modificações em todo o mundo. “Aqui no Brasil, há algumas novidades para se ficar atento. O caderno Aliás, do jornal O Estado de São Paulo, é um exemplo disto. O outro é a interatividade com os leitores. Por causa destas câmaras de celulares muitos leitores flagram gente famosa em locais como bares e restaurantes e enviam estas fotos para as colunas. Naturalmente, não dá para publicar tudo, mas de qualquer forma é um modo de fazer o leitor se interessar e fazer ele próprio a notícia”.

Ancelmo diz que acompanha as coisas da terrinha através o Portal InfoNet. “Acesso-o quase sempre em busca de saber o que se passa por aqui. Acho que o trabalho da InfoNet na divulgação das coisas de Sergipe, muito interessante”, finalizou.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais