Belivaldo pode decidir se deixa PMA ainda no dia de hoje

0

Belivaldo Chagas pode definir, ainda hoje, se deixa a Secretaria Extraordinária de Relações Institucionais e Articulação Política da Prefeitura Municipal de Aracaju. Pelo menos foi a informação que o mesmo passou ao programa “Comando Geral”, da rádio Jornal AM. “É possível devo conversar com Déda hoje para resolver se fico ou não”, disse Chagas.

Para justificar a saída, o secretário relembrou o pronunciamento do prefeito Marcelo Déda, no retorno de José Eduardo Dutra a Sergipe. Na ocasião, o administrador da capital disse que Dutra poderia escolher a secretaria que quisesse ocupar na PMA. “Eu faço parte de um bloco que dá sustentação ao prefeito e sou amigo de Déda. Fui convidado por ele para ser secretário e uma vez que Zé Eduardo saiu da Petrobras, a Secretaria que mais se encaixa no seu perfil é a da Articulação Política por isso me coloquei a disposição para deixar o cargo”, explicou Chagas.

O secretário argumentou que o prefeito de Aracaju não tem como estar o tempo todo em Brasília, atrás de recursos e que José Eduardo cumpriria bem esse papel, já que o mesmo já ocupou uma vaga no Senado e comandou a Petrobras. “Zé Eduardo é um nome de peso que tem tráfego pelos ministérios e pelo Senado e Câmara Federa, é uma homem respeitado”, completou.

Chagas continuou: “Além disso, meu retorno a Assembléia Legislativa não vai prejudicar nada, nem ninguém. Vamos continuar atuando para o bem do Estado de Sergipe”, disse Chagas, acrescentando que a decisão de deixar a secretaria foi única e exclusivamente dele, não tendo sofrido qualquer tipo de pressão, nem solicitação do prefeito para que o fizesse. “Esta é uma posição unilateral de Belivaldo Chagas e meu relacionamento com Déda está cada vez mais estreito”, concluiu o ainda secretário.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais