Cenam: menor de 20 anos continua foragido

0

 

Dentre os internos que conseguiram escapar na manhã de ontem, 8, do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam), um deles é considerado muito perigoso. “Ele é acusado de homicídio, furto, assalto… a ficha dele é extensa”, afirmou o presidente da Fundação Renascer, Gicelmo Albuquerque.

Um fato curioso é que, segundo Gicelmo, o menor estava detido no Complexo Penitenciario Manoel Carvalho Neto (Copemcan) e recentemente foi transferido para o Cenam, pois ainda não completou 21 anos. “Ele faz 21 anos em setembro”, informou. Ainda segundo ele, o jovem foi detido aos 19 anos e deveria ter sido encaminhado à unidade de menores.

De acordo com o presidente da Renascer, mais de 30% dos internos tem entre 18 e 20 anos de idade. E ele atribui as constantes rebeliões a esses menores. “Eles chegam lá dentro e ensinam de tudo aos adolescentes”, declarou.

Gicelmo também acredita que as constantes manifestações dos agentes também contribuem para fragilizar a unidade. “Por exemplo, hoje que era pra ter 15 agentes trabalhando, nos temos apenas cinco. Quem está lá dentro quer sair, e sempre acha uma brecha nesses momentos”.

Greve

Os agentes ameaçam paralisar as atividades a fim de pressionar o Governo para dar o reajuste salarial pleiteada pela categoria. A assembléia para definir a data da paralisação por tempo indeterminado acontece na manhã desta terça-feira, 9.

Comentários