Cress/SE encaminha carta aberta a senadores pela aprovação da PLC 152/2008

0

Os senadores Almeida Lima (PMDB), Maria do Carmo Alves (DEM) e Antônio Carlos Valadares (PSB) receberam no último domingo, 21, uma carta aberta encaminhada pela diretoria do Conselho Regional de Serviço Social (CRESS/SE) diante da inclusão da PLC 152/2008, que prevê redução de carga horária dos assistentes sociais para 30 horas sem redução de salário, para votação no Senado Federal no próximo dia 23 de junho desse ano. Os assistentes sociais sergipanos solicitam o apoio dos senadores.

Leia mais sobre a PLC 152/2008

Leia a carta:

O Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) e Conselhos Regionais de Serviço Social (CRESS), em especial o Conselho Regional de Serviço Social 18ª Região – Sergipe (CRESS/SE), representantes de mais de 84 mil assistentes sociais em todo o Brasil, dirigem-se a Vossa Excelência para solicitar sua aprovação ao PLC 152/2008, que prevê redução de carga horária dos assistentes sociais para 30 horas sem redução de salário, o qual está incluído na Ordem do Dia dessa Casa para o próximo dia 23 de junho desse ano.

O projeto proporciona uma adequação essencial ao desenvolvimento das funções de trabalho dos profissionais da assistência social, já que tratamos aqui de uma categoria cujo trabalho leva rapidamente à fadiga física, mental e emocional. Os assistentes sociais são profissionais que atuam junto às camadas mais frágeis da sociedade, junto a pessoas que enfrentam os mais diversos problemas sociais, seja em escolas, hospitais, presídios, clínicas, centros de reabilitação ou outras entidades destinadas ao acolhimento e à reinserção da pessoa na sociedade. A adequação da jornada de trabalho é uma necessidade real para a melhoria substancial do serviço prestado.

A sociedade brasileira como um todo, e não só a comunidade atendida pelos profissionais da área social, será contemplada com a alteração, ao passo que poderá se beneficiar do exercício profissional de alguém que não enfrenta fadiga e tem condições de constante aperfeiçoamento. Defendendo a aprovação do referido Projeto de Lei Complementar, saberemos todos que os assistentes sociais têm efetivamente representantes sergipanos no Senado Federal, saberemos que o Brasil tem representantes verdadeiramente preocupados com o social.

Por essas razões, e em nome do compromisso público de Vossa Excelência com a garantia do direito a um serviço público social de qualidade, solicitamos o seu apoio pela aprovação do PLC 152/2008.

Atenciosamente,

Conselho Regional de Serviço Social 18ª Região (CRESS/SE)

Comentários