Criança morre afogada em condomínio na Av. Augusto Franco

0

O acidente ocorreu em um condomínio na Av. Augusto Franco
Um garoto de nove anos foi encontrado morto na tarde da última terça-feira, 25. O menino estava na piscina do Condomínio Praias do México, localizado na Avenida Augusto Franco, quando foi encontrado sem vida por moradores do prédio.

De acordo com o síndico do condomínio, Sr. José Bezerra, o menino era filho de uma diarista que trabalhava em um dos apartamentos. “Por volta das 16 horas, o garoto entrou na piscina do prédio e ficou brincando até o acidente”, diz o síndico.

Durante o ocorrido, uma professora de natação contratada por um condômino para dar aulas particulares encontrava-se na piscina. De acordo com a professora Josicleide Vieira, ela estava dando assistência a um aluno mais novo. “Havia mais cinco crianças na piscina e quatro pessoas do lado de fora. Não fiquei controlando as outras crianças, mas cheguei a pedir pra elas irem mais pro raso”, afirma a professora.

Josicleide afirma que, por um momento, notou que o garoto não estava mais na piscina. “Pensei que ele houvesse saído. Ninguém notou nada”, disse. Aproximadamente 20 minutos depois, notaram que o garoto se encontrava submerso.

 “Eu e um funcionário do prédio tentamos reanimar a criança. Em seguida, um casal de médicos moradores do condomínio prestou socorro e aguardou a chegada do Samu”, disse a professora.

Após a chegada do Samu e da Polícia, o corpo do garoto foi levado ao IML para o registro de falecimento. Nenhum membro da família foi encontrado para dar declarações.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais