Índios Xocós recebem visita do MPF/SE

0

O Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE), através da procuradora da República Lívia Nascimento Tinôco, realizou visita à aldeia dos índios Xocós nesta terça-feira, 9 de fevereiro, na Ilha de São Pedro, município de Porto da Folha. Na ocasião, foram discutidos com a comunidade assuntos relativos à saúde, educação, transporte, telecomunicações entre outros temas.

Os índios Xocós reclamam assistência aos seus jovens que estão cursando o ensino superior. Há aproximadamente vinte índios Xocós estudando em faculdades nos município de Nossa Senhora da Glória (SE) e Pão de Açúcar (AL), e a comunidade gostaria de contar com alguma colaboração do Estado ou da Fundação Nacional do Índio (Funai) para o transporte desses alunos da aldeia aos municípios vizinhos.

Outra demanda importante dos índios Xocós é a necessidade de água tratada. Atualmente, a água de que dispõem vêm diretamente do rio São Francisco, que, em algumas épocas do ano, fica com aspecto turvo, barrento, sendo imprópria para beber.

A conservação do meio ambiente também ocupa as preocupações dos Xocós. Para eles deveria ocorrer maior fiscalização dos órgãos ambientais na terra indígena, que vem sendo alvo de desmatamento promovido por não-índios que, clandestinamente, adentram as terras indígenas para retirar madeira.

Ao lado desses problemas, há também ótimas notícias. Na comunidade Xocó, há mais de 10 anos, não há casos de mortalidade infantil. A comunidade não sofre de desnutrição, pois possui produção agrícola e cria animais, o que tem se revelado suficiente para a sustentabilidade nutricional do grupo. A igreja, monumento histórico presente na Ilha de São Pedro, está na fase final de sua restauração, o que alegra especialmente a comunidade.

Fonte: MPF/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais