Inquérito sobre morte de deputado é apresentado ao MP

0

A apresentação da conclusão do inquérito policial sobre a morte do deputado Joaldo Barbosa, realizada na tarde de ontem, no Palácio Adélia Franco, durou pouco mais de 3 horas. Nela, o secretário de Segurança Pública, Luiz Mendonça, entregou ao promotor Deijaniro Jonas e aos representantes da bancada Federal e Estadual de Sergipe, cópias do relatório sobre o crime ocorrido no dia 27 de janeiro. Após a leitura e análise pelos participantes, o secretário ouviu atentamente alguns comentários positivos. Os presentes, segundo a assessoria da Secretaria de Segurança Pública, manifestaram que era a primeira vez que viam um inquérito “ser confeccionado com tanta riqueza de detalhes, provas técnicas, científicas e materiais”. O deputado João Fontes (PT), porém, é cauteloso. “A exposição do Ministério Público, a parte técnica, convence que o crime está elucidado. Mas eu só opino depois que conhecer o processo. A exposição técnica não só pela Polícia Judiciária e o Ministério Público, leva a todos os indícios”, diz.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais