Jucese e Instituto combatem irregularidades no registro de empresas

0
Ideia é unir os sistemas dos dois órgãos para poder checar, em caso de dúvidas na hora da análise do processo de abertura ou alteração de uma empresa (Foto: ascom Jucese)

Sempre atenta às possibilidades de irregularidades no registro de empresas, a Junta Comercial do Estado de Sergipe (Jucese) se reuniu com o Instituto de Identificação de Sergipe com a finalidade de buscar uma futura parceria, no tocante ao combate a fraudes de carteiras de identidades – RGs.

“Hoje tivemos uma primeira conversa com o Instituto, mas a nossa intenção é firmar uma parceria. Nossa ideia é unir os sistemas dos dois órgãos para poder checar, em caso de dúvidas na hora da análise do processo de abertura ou alteração de uma empresa, se o RG apresentado pelo cidadão é verdadeiro mesmo”, explica o presidente da Jucese, Marco Freitas.

O diretor do Instituto de Identificação, Jenilson Gomes, colocou-se à disposição da Jucese para buscar a melhor maneira de firmar um futuro convênio que beneficiará a sociedade sergipana, evitando a abertura de empresas com algum tipo de irregularidade.

“O Instituto de Identificação é o órgão que fornece o documento primário para a vida do cidadão, a carteira de identidade. Ela é utilizada em diversas situações, como abrir um negócio. Por isso, é do nosso interesse validar os RGs que são apresentados e arquivados na Jucese no momento de se registrar uma empresa”, informa Jenilson Gomes.

Deotap e DDCP

Vigilante às ações criminosas de estelionatários, a Jucese já possui parceria com o Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap) e o Departamento de Defraudações e Combate à Pirataria (DDCP), ambos órgãos da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE).

Quando há suspeita de fraude em processos, a Jucese comunica, imediatamente, ao Deotap e ao Departamento de Defraudações, entregando também provas para investigações, como documentos digitalizados e imagens de câmeras de segurança.

Fonte: Jucese

Comentários