Monitor de Secas aponta aumento da seca moderada em SE em janeiro

0
Entre dezembro e janeiro, a área com seca moderada no nordeste de Sergipe teve leve aumento. Todo o território sergipano registra seca (Foto: Arquivo Portal Infonet)

A última atualização do Monitor de Secas, que é coordenado pela Agência Nacional de Águas (ANA), aponta que Sergipe registrou um leve aumento de sua área com seca moderada com base em indicadores de curto prazo.

O estado apresentou volumes mensais baixos de chuva com valores variando de menos de 30mm na porção centro-oeste do estado até valores superiores a 80mm no sul e centro-leste sergipano. Mesmo assim, os valores observados giraram em torno da média histórica de janeiro. O oeste sergipano possui áreas com seca grave e o leste registra seca fraca.

Disponível em monitordesecas.ana.gov.br, o Monitor de Secas tem uma presença cada vez mais nacional, abrangendo os nove estados do Nordeste, Espírito Santo, Minas Gerais e Tocantins. Os próximos estados a se juntarem ao Monitor serão Goiás e Rio de Janeiro, que já estão em fase de testes e treinamento de pessoal. Esta ferramenta realiza o acompanhamento contínuo do grau de severidade das secas no Brasil com base em indicadores de seca e nos impactos causados pelo fenômeno em curto e/ou longo prazos. O Monitor vem sendo utilizado para auxiliar a execução de políticas públicas de combate à seca.

Coordenação

O Monitor de Secas é coordenado pela Agência Nacional de Águas (ANA), com o apoio da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (FUNCEME), e desenvolvido conjuntamente com diversas instituições estaduais e federais ligadas às áreas de clima e recursos hídricos. Em Sergipe, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS) é o órgão que atua no Monitor de Secas. Por meio da ferramenta é possível comparar a evolução das secas nos 12 estados a cada mês vencido.

Com informações da ANA

Comentários